NÚMEROS IMPRESSIONANTES

O Benfica de Bruno Lage está esmagador.
À 18ª jornada, em termos de vitórias e pontos, só é ultrapassado por Jimmy Hagan em 1972-73 (e por mais nenhuma equipa de nenhum clube em nenhuma temporada). Então, o Benfica só tinha vitórias, vindo a terminar o campeonato com apenas dois empates e zero derrotas.
Quanto a golos marcados, os tempos antigos são incomparáveis: 79 golos em 1944-45, a uma média impressionante de 4.39 golos por jogo. E nesse ponto, até houve quem fizesse ainda melhor: o Sporting de Peyroteo, em 1947, marcou 87 golos nos mesmos 18 jogos (média de 4,83).
Já quanto a golos sofridos, este Benfica, aí sim, iguala os melhores de sempre (77-78 e 88-89), com seis golos sofridos. O recorde absoluto é do FC Porto, que em duas ocasiões, sofreu apenas dois golos nos primeiros 18 jogos (83-84 e 91-92).
Se somarmos a sequência trazida da época anterior (18 vitórias e um empate em 19 jornadas), as médias são estratosféricas. E aí nem Jully Hagan resiste. Obviamente que Bruno Lage é, de longe, o mais ganhador treinador do Benfica nos campeonatos, com 95% de vitórias.
A saga continua...


Sem comentários: