28/04/08

À CAMPEÃO !

Se dúvidas havia quanto ao empenho dos jogadores do F.C.Porto na sua visita a Guimarães, a exibição realizada, e o impressionante resultado conseguido, encarregaram-se de as dissipar em absoluto.
Num jogo em que tinham quase o país inteiro a torcer por eles, os campeões foram iguais a si próprios, deram uma lição de profissionalismo a todos os que deles desconfiavam, e arrasaram a equipa vimaranense, demonstrando uma vez mais a inequívoca superioridade que passearam ao longo de toda esta edição da Liga.
A segunda parte portista foi avassaladora, sendo desta vez Quaresma o impulsionador maior da torrente de futebol que foi levando, golo após golo, a um resultado para a história. Se não se ouviu tango em Guimarães, ouviu-se fado, e umas sevilhanas aciganadas do melhor que soou pelos relvados portugueses esta época.
Sem nada a ganhar nem a perder, o F.C.Porto tem conseguido um registo espantoso de vitórias, encontrando, sabe-se lá onde, a motivação necessária para se manter a alta velocidade, rumo a uma diferença pontual que não pode deixar de envergonhar a concorrência.
O Vitória de Guimarães, que se desloca ao Restelo no próximo domingo, tem agora vida difícil para alcançar o sonho de uma presença na liga milionária. Recorde-se que, ao contrário de Sporting e Benfica, os vimaranenses não poderão ser cabeças de série numa eventual pré-eliminatória, o que, em teoria, os afasta ainda mais do ambicioso objectivo de se juntar à elite europeia de clubes.