NOITE DE GALA

Foi, porventura, a melhor exibição da época.
Desde o apito inicial o Benfica mostrou velocidade, vontade e criatividade suficientes para resolver a partida bem mais cedo do que viria a acontecer. 
Parece encontrado o duo de meio-campo ideal para esta fase: Gabriel e Taarabt, que oferecem a fluidez e a verticalidade de que a equipa parecia carente até há bem pouco tempo. E, na frente, Vinicius não pára de marcar, sendo já o artilheiro do campeonato.
Um penálti sobre Cervi transformado num cartão amarelo por simulação, e alguma permissividade ao jogo violento dos axadrezados, fez com que só na segunda metade o jogo se resolvesse. Mas ainda a tempo de uma vistosa goleada.

1 comentário:

Anónimo disse...

32 Jogos
-----------
30 Vitórias
1 Empate
1 Derrota