PORTUGAL OLÉ!

A Liga das Nações, sendo uma competição nova, terá ainda de fazer o seu caminho.
O próprio Europeu começou com pouca pompa e uma final-four semi-clandestina (Portugal, então, só via fases finais pela TV e a preto e branco). E até o primeiro Mundial, em 1930, teve participações por convite, e muitas selecções a desistirem por causa da longa viagem.
Nestes casos há sempre muita gente a desvalorizar vitórias, mesmo quando seríamos nós, portugueses, os mais interessados em dar-lhe luz.
Pois a Equipa das Quinas venceu, sem espinhas, uma prova onde, recordo, também estavam França, Alemanha, Espanha, Itália, Bélgica e Croácia, além dos quatro finalistas. Ou seja, onde estavam todas as principais selecções do continente. Foi, portanto, uma grande vitória, não igual à do Europeu, mas quase.
Fernando Santos não é o melhor seleccionador do mundo - eu sou dos que custa a entender algumas das suas opções -, mas é certamente o mais feliz, e os resultados falam por ele. Já lá vão dois títulos. Os únicos no escalão sénior do país.
Parabéns a todos! Viva Portugal!

1 comentário:

contra-benfica disse...

GAYFICAAAA = FILHOS DA PUTAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!!