04/10/11

CLASSIFICAÇÃO REAL

BENFICA-PAÇOS DE FERREIRA

Este foi um jogo cheio de casos, e o grande prejudicado foi o Benfica.

O golo anulado a Cardozo é um lance extremamente difícil de analisar. Mas uma coisa é certa: no momento em que o fiscal levanta a bandeira, não existe qualquer fora-de-jogo, podendo, na melhor das hipóteses, existir bem antes (quando o paraguaio recebe a bola pela primeira vez). Depois desse primeiro momento (em que subsiste a dúvida, pois nenhuma imagem é conclusiva), nada há que possa justificar a interrupção da jogada.

Creio que Aimar é derrubado na área, no último minuto da primeira parte, ficando um penálti por assinalar (faria o 3-0, ou o 4-0 se o tal golo de Cardozo não tivesse sido invalidado), e um cartão vermelho por mostrar.

Ficou ainda um outro penálti por assinalar, em derrube a Matic, enquanto no lance de possível corte com a mão (que Cardozo ficou a reclamar) não vi imagens que possam tirar dúvidas.

Resta falar num atraso ao guarda-redes Cássio, em que este agarrou a bola, cometendo falta para livre indirecto, muito perto da sua baliza.

Ou seja, temos um golo mal anulado, dois penáltis e meio, e um livre indirecto. Coisa pouca, portanto.

O penálti cometido por Luisão é igualzinho ao que um jogador do FC Porto (Otamendi?) cometeu no jogo com o Feirense, e que ficou por sancionar. Ambos existem, só um foi assinalado.

Resultado real: 7-1


V.GUIMARÃES-SPORTING

Muito se tem discutido a expulsão de Rinaudo. Naturalmente que os sportinguistas não se esquecem das primeiras jornadas, e acentuam a ideia de perseguição que tem sido alimentada. Uma coisa não está dissociada da outra.

Devo dizer que se fosse eu a apitar, mostraria apenas um cartão amarelo. Em lances onde os jogadores disputam a bola, ou, dizendo de outra forma, em lances normais de futebol (excluo assim as agressões), creio que só se justifica uma expulsão directa em caso flagrante de golo evitado. Entradas mais duras, como é o caso, devem ficar-se pelo amarelo, pois futebol não é propriamente para bailarinos, e a luta faz parte do jogo. Os jogadores ganham milhões, e são os espectadores que pagam. São estes que devem ser protegidos em primeiro lugar.

Não é esse o entendimento generalizado, havendo tendência para expulsar levianamente por tudo e por nada, estragando os jogos, e criando iniquidades de critério. E de árbitros excessivamente zelosos como Bruno Paixão (que é capaz de interromper um jogo minuto a minuto), não se pode esperar outra postura.

Em todo o caso, não se trata de um erro grave. Trata-se apenas de um critério com o qual eu não concordo.

Tive dúvidas num lance perto do final, em que me parece haver penálti na área do Sporting. Como não fiquei totalmente esclarecido, dou o benefício da dúvida à decisão tomada.

Resultado real: 0-1


ACADÉMICA-FC PORTO

Não vi o jogo. Como sabem, normalmente não vejo os jogos do FC Porto (nesta época só vi com o Benfica, e com o Zenit). E dos resumos, não me apercebi de qualquer erro grave do árbitro. Houve outros erros, de outros protagonistas, mas esses não são para aqui chamados.

Nenhum benfiquista lúcido esperava que o FC Porto perdesse pontos neste jogo contra o quarto classificado. Eu não fujo à regra, e até teria apostado que ia ganhar por três de diferença. O futebol português é assim, e já não nos surpreende.

Resultado real: 0-3


CLASSIFICAÇÃO REAL

SPORTING 18 (prejudicado em quatro pontos)

Benfica 17 (em casa)

FC Porto 15 (beneficiado em dois pontos)

Etiquetas:

6 Comments:

Blogger Manuel said...

LF, penso que o penalty não foi foi do Otamendi mas sim do Bellushi. E continua o aviso de malwear. Abraço.

4.10.11  
Blogger Tiago Franco said...

Este filme dos jogos comprados é um mistério. Não pela sua existência mas sim pela duracão. São décadas de corrupcão, nas barbas de qualquer ser pensante com a justica a olhar de cadeirão. Somos terceiro mundo e não é por acaso.

http://albarcuel.blogspot.com/2011/10/e-agora-coisas-importantes.html

4.10.11  
Anonymous FranciscoB said...

Não é penalti o do Luisão... É sempre necessário ver QUEM PROVOCA O CONTACTO... neste caso é o jogador do Paços que, propositadamente, tropeça na perna do Luisão, qd podia perfeitamente não o fazer e seguir com a jogada...

Pena que não tenha visto o jogo do fócuporko... na dúvida, nunca é fora-de-jogo... no Benfica-Paços - na dúvida é sempre fora-de-jogo - 4 foras-de-jogo mal assinalados na 1ª parte em Lisboa

4.10.11  
Anonymous Anónimo said...

Estou curioso por saber até qdo vai durar a azia.
OBVIAMENTE, o LF ia ter esta opinião a n ser q a Académica ganhasse pontos ao Porto, e mesmo assim...
O Melgarejo, jogou bem?

5.10.11  
Blogger Pedro said...

"O Melgarejo, jogou bem?"

Yep...foi o melhor jogador do Paços.

7.10.11  
Anonymous Anónimo said...

O Melgarejo até tentou cavar um penalty na área do Benfica. Não se pode dizer que não tenha tentado.

7.10.11  

Enviar um comentário

<< Home