10/02/11

DERROTA INJUSTA

Tal como tantas vezes acontece neste tipo de partidas, as múltiplas substituições, servindo os intuitos de observação dos técnicos, acabam por destruir a qualidade do futebol jogado. Foi isso que aconteceu na segunda parte do Portugal-Argentina, após um primeiro período bastante vivo e agradável.
Há que dizer que a derrota portuguesa não espelha aquilo que se passou em campo. As equipas equivaleram-se, e o empate a uma bola que se registava a um minutos do final fazia honras à justiça. A haver um vencedor, talvez até a equipa de Paulo Bento – mesmo desfalcada de três quartos da sua defesa titular (Bosingwa, Ricardo Carvalho e Pepe) - estivesse mais perto de o ser, mas em futebol só os golos contam, e a Argentina marcou dois.
No despique entre os dois melhores jogadores do mundo, Messi, com um golo e uma assistência primorosa, levou ligeiramente a melhor.

3 Comments:

Anonymous Peter said...

Concordo a derrota e injusta no entanto tenho que levantar aqui varias questoes.1º A transmissao da RTP que comentarios miseraveis do antonio tadeia e dos restantes comentadores, sinceramente nao sabem ler o jogo so dizem disparates e sao bem o sinonimo da mediocridade do jornalismo desportivo actual.2º Acho minimamente estranho que os primeiros jogadores de campo a serem substituidos sejam 2 jogadores do Real Madrid o CR7 e o Di Maria, sou fa do Mourinho mas acho que houve aqui uma submissao dos 2 selecionadores aos interesses do Real, com claro prejuizo para a selecçao Portuguesa, o Messi ficou ate ao fim.Sobre o astro argentino toda a gente reconhece a sua genialidade, no entanto tb nao gostei muita da sua atitude perante os adeptos portugueses quando marcou o 2º golo da equipa das pampas.3º Voltando aos comentadores da RTP considerar que o penalty do Coentrao e desconcentraçao do jogador e no minimo estupidez, o Coentrao faz im desarme dificil e depois se tivesse o apoio dos colegas que nao teve nunca faria aquele penalty.Pela negativa o desperdicio de golos do Hugo Almeida, ate o Nuno Gomes faria melhor.

10.2.11  
Blogger Mandrake said...

O Coentrão pensava é que estava em Portugal, com as nossas arbitragens, e aí não havia penalty para ninguém, lol...

Agora mais a sério, Portugal até jogou melhor, mas, como dizem os teóricos da bola, é futebol...

Três notas finais:
- a arbitragem até foi boa.
- o relvado era péssimo, mais a mais para um jogo entre duas boas equipas cheias de bons jogadores.
- o preço dos bilhtes, de 55 a 285 Euros, uma loucura, para não dizer roubo.

Para Paulo Bento e para a "equipa de todos nós", boa sorte!

11.2.11  
Anonymous zephirus said...

Não posso com o Messi. Nem tanto por culpa dele que é de facto um grande jogador. Mas por favor, parem de o proteger. Grande parte das faltas marcadas sobre ele são ridículas e isso é visível todos os fins-de-semana na liga espanhola. Ninguém lhe pode tocar. Triste...

11.2.11  

Enviar um comentário

<< Home