08/11/10

NAUFRÁGIO

Decorriam os primeiros dez minutos da partida, estava o resultado ainda em branco, e já eu confessava aos meus botões o temor de uma goleada. Curiosamente, sentira exactamente o mesmo nos instantes iniciais do jogo de Lyon, ao longo do qual só uma soberba exibição de Roberto foi evitando semelhante desfecho.
Se na altura acusei Jorge Jesus de assumir uma estratégia demasiado audaciosa perante um adversário superior, não seria coerente criticá-lo agora por ter feito precisamente o contrário. Analisar jogos depois de resultados consumados é como fazer o totobola à segunda-feira, pelo que se o leitor espera ver aqui mais um capítulo da crucificação do técnico benfiquista, o melhor será parar imediatamente de ler. Obviamente que o deslocamento de David Luiz (que parece continuar de férias) para o lado esquerdo veio a revelar-se um erro, tal como, a meu ver, a saída de Saviola terá constituído outro erro. Mas olhando friamente para o que se passou, não creio que as razões da copiosa derrota se esgotem nesse tipo de argumentos.
Começando pelo adversário, há que tirar o chapéu a este FC Porto. É verdade que foi ajudado no início do campeonato, é verdade que tanta energia com apenas dois dias de descanso após um jogo europeu causa alguma perplexidade num observador atento, mas, para além de tudo isso, há que admitir que a equipa de Villas-Boas joga um extraordinário futebol. O FC Porto apresenta uma coesão impressionante, defende e ataca em bloco, luta bravamente por cada posse de bola, tem jogadores em super-forma, é eficaz na frente de ataque, e vai com toda a certeza passear-se por este campeonato rumo ao título. E a continuar assim, há que admitir, será um campeão justo. Neste jogo, a sua superioridade foi tão clara, tão evidente, que não deixa espaço para qualquer argumento. Provavelmente nenhuma equipa do mundo ganharia a um FC Porto num dia assim tão fulgurante. E quando o adversário ganha bem, quando o faz com enorme brilhantismo, fica a mágoa, fica a tristeza, mas não pode haver lugar a qualquer tipo de revolta – o que, aliás, até acaba por atenuar a dor.
Teria este FC Porto, com todo o seu poderio, sido capaz de golear o Benfica da época passada? Claro que não. Poderia até vencer o jogo (como em Maio também venceu), mas um resultado de 5-0, entre candidatos ao título, remete necessariamente para a fragilidade de quem perde, e este Benfica tem, de facto, gritantes fragilidades. Como comecei por dizer, não foi a primeira vez que nesta época se colocou a jeito de ser goleado, e mesmo a série de cinco vitórias consecutivas para o campeonato lançou muitas reticências quanto à qualidade do futebol exibido. Prefiro deixar para mais tarde a análise profunda e detalhada aos problemas da equipa da Luz. Não quero fazê-lo a quente, sobre os destroços de uma humilhante derrota.
Importa dizer contudo que, embora o bi-campeonato seja agora uma miragem, ainda há muita coisa para o Benfica poder conquistar em 2010-11: desde uma campanha prestigiante na Champions, à Taça de Portugal, passando pela Taça da Liga, e, sobretudo, pela garantia do segundo lugar na Liga, e consequente acesso à próxima edição da principal prova europeia.
O pior que os benfiquistas poderão fazer neste momento é contribuir para que os efeitos desta derrota acabem por desagregar a equipa e o clube. Este treinador, e grande parte deste plantel, foram campeões há precisamente seis meses atrás. É preciso saber manter a serenidade, e não contaminar o esforço que seguramente todos eles irão fazer para encontrar as causas da derrota, e a melhor forma de reagir a ela. Muita gente quererá aproveitar a escorregadela do Benfica para o tentar atirar ao chão. Que não sejam os benfiquistas, na sua ingenuidade, a ajudar a isso.

24 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Foi o LFV que mandou escrever isto?

8.11.10  
Blogger VHugo said...

É o que dá brincar aos futebois!

http://forcamagicoslb.blogspot.com/2010/11/mais-frio-algumas-consideracoes.html

8.11.10  
Anonymous Peter said...

A verdade é esta o Jorge Jesus meteu os pés pelas mãos nas alterações que fez para este jogo(e já o tinha feito contra o lyon em que a única substituição acertada nesse jogo tinha sido a do F.Menezes).Tanto se criticou o quique flores por insistir no D.Luiz a lateral-esquerdo, mas o JJ já repetiu este erro 2 vezes sempre com goleadas, uma em liverpool e outra ontem no dragão.Foi por o Sidnei que se encontra com falta de ritmo a jogar ao lado do Luisão, avançou com o F.Coentrão para extremo sabendo-se que o F.vindo de trás e muito mais perigoso que jogando á frente.Retirou o Saviola e pôs o Aimar como 2ºavançado tal e qual como o seu antecessor.Ou seja num jogo de capital importância e quiçá decisivo para o desfecho deste campeonato altera o figurino da equipa!?Desculpe-me que lhe diga mas isto é de amador e não de 1 catedrático do futebol e de 1 mestre da táctica, a estratégia até pode ser diferente mas nunca se altera o figurino da equipa isto é dar de mão beijada vitórias aos outros.Eu não analiso jogos á 2ªfeira pq eu mal vi aquele 11 onze inicial e vi logo que o desfecho seria este e transmiti-o a amigos meus tanto Benfiquistas como portistas e como sportinguistas.E tentar esconder estes factos em nome da coesão do clube não é resolver nada mas sim meter a cabeça na areia e fingir que nada se passa.Eu sinceramente acho que ainda é possível ser-se campeão este ano, agora não se podem é cometer erros primários como estes.O fcp estava e agora depois deste jogo ainda mais está moralizado e vai-se alterar a estrutura defensiva do Benfica!?E já agora estou para ver que sequelas psicológicas é que este jogo deixou nos jogadores do Benfica nos próximos jogos.Mas isto não quer dizer que eu quero que o JJ seja despedido (não sou ingrato) ou que o clube entre em caos ou anarquia,não eu espero é que o JJ reflicta bem naquilo que anda a fazer assuma os seus erros e seja auto-crítico coisa que até hoje não demonstrou, seja menos vaidoso e arrogante porque sejamos honestos o nosso treinador é assim e trabalhe mais e cometa muito menos erros, pq mesmo sem o Dí Maria e o Ramires ainda há muita qualidade no plantel do Benfica e aquilo que se passou não espelha nem de perto nem de longe o real valor das 2 equipas, nem o fcp é tão bom nem o Benfica é tão mau.Quanto ao Luisão já devia ter idade para ter juízo deu a machadada final no jogo e ainda prejudica a equipa para o próximo tem que ser disciplinado pq já não é nenhum menino.Quanto ao árbitro este jogo foi de facto uma prenda pq se o jogo se fosse mais equilibrado aí sim ela faria a diferença para o lado do costume, mas desta vez o descalabro foi tão grande quem nem foi preciso.Um abraço para todos os heróis que foram ao dragão ver o Benfica.

8.11.10  
Anonymous Peter said...

A verdade é esta o Jorge Jesus meteu os pés pelas mãos nas alterações que fez para este jogo(e já o tinha feito contra o lyon em que a única substituição acertada nesse jogo tinha sido a do F.Menezes).Tanto se criticou o quique flores por insistir no D.Luiz a lateral-esquerdo, mas o JJ já repetiu este erro 2 vezes sempre com goleadas, uma em liverpool e outra ontem no dragão.Foi por o Sidnei que se encontra com falta de ritmo a jogar ao lado do Luisão, avançou com o F.Coentrão para extremo sabendo-se que o F.vindo de trás e muito mais perigoso que jogando á frente.Retirou o Saviola e pôs o Aimar como 2ºavançado tal e qual como o seu antecessor.Ou seja num jogo de capital importância e quiçá decisivo para o desfecho deste campeonato altera o figurino da equipa!?Desculpe-me que lhe diga mas isto é de amador e não de 1 catedrático do futebol e de 1 mestre da táctica, a estratégia até pode ser diferente mas nunca se altera o figurino da equipa isto é dar de mão beijada vitórias aos outros.Eu não analiso jogos á 2ªfeira pq eu mal vi aquele 11 onze inicial e vi logo que o desfecho seria este e transmiti-o a amigos meus tanto Benfiquistas como portistas e como sportinguistas.E tentar esconder estes factos em nome da coesão do clube não é resolver nada mas sim meter a cabeça na areia e fingir que nada se passa.Eu sinceramente acho que ainda é possível ser-se campeão este ano, agora não se podem é cometer erros primários como estes.O fcp estava e agora depois deste jogo ainda mais está moralizado e vai-se alterar a estrutura defensiva do Benfica!?E já agora estou para ver que sequelas psicológicas é que este jogo deixou nos jogadores do Benfica nos próximos jogos.Mas isto não quer dizer que eu quero que o JJ seja despedido (não sou ingrato) ou que o clube entre em caos ou anarquia,não eu espero é que o JJ reflicta bem naquilo que anda a fazer assuma os seus erros e seja auto-crítico coisa que até hoje não demonstrou, seja menos vaidoso e arrogante porque sejamos honestos o nosso treinador é assim e trabalhe mais e cometa muito menos erros, pq mesmo sem o Dí Maria e o Ramires ainda há muita qualidade no plantel do Benfica e aquilo que se passou não espelha nem de perto nem de longe o real valor das 2 equipas, nem o fcp é tão bom nem o Benfica é tão mau.Quanto ao Luisão já devia ter idade para ter juízo deu a machadada final no jogo e ainda prejudica a equipa para o próximo tem que ser disciplinado pq já não é nenhum menino.Quanto ao árbitro este jogo foi de facto uma prenda pq se o jogo se fosse mais equilibrado aí sim ela faria a diferença para o lado do costume, mas desta vez o descalabro foi tão grande quem nem foi preciso.Um abraço para todos os heróis que foram ao dragão ver o Benfica.

8.11.10  
Anonymous Vitória do Benfica said...

Caro Luis
Eu não consegui ver o jogo, exactamente ao 10º minute previ uma goleada e após o golo de Varela, mudei de canal e fui ver a nostalgia do meu Benfica. Dois treinadores que nada tinham feito no Benfica, um foi já duas vezes campeão Europeu e o outro recebeu um clube em caos e fez dele o vencedor da Liga Europa. Estou a falar obviamente do jogo Real Madrid Atlectico de Madrid. E isto dá que pensar o que se passa neste clube para que se brilhe fora e não se seja capaz de brilhar dentro. Realmente a beleza do futebol de DiMaria que Jorge de Jesus o ano passado tão bem trabalhou, a beleza e Simão que se deixou ir e sobretudo a classe de Ricardo Carvalho que o FCP deixou partir tal como Pepe, mas para continuar vivo e com o futebol que apresentou ontem. Pode-se dizer e pensar muito sobretudo como os médicos do FCP conhecem melhor do que ninguém as capacidades analíticas dos laboratórios da UEFA, mas quem olhou o Rui Costaantes do inicio do jogo, percebeu que o Benfica mais do que tudo precisa de uma estrutura técnico cientifica para suportar as decisões de campo. Jesus é um empírico, contra uma estrutura técnico cientifica nada faz. Hoje o futebol não é o futebol do empirismo é o treino da ciência. Quique Flores, tentou isso no Benfica, o Prof José António Almeida no Andebol, está a começar a fazê-lo.

Eu lá estarei a gritar pelo meu Benfica contra o Naval, mas não deixo de considerar que o caminho se faz caminhando e que para se dar um passo à frente se têm de dar dois passos atrás . O FCP já foi humilhado com o Arsenal e voltou a ser uma grande equipa. Também se aprende com os inimigos

8.11.10  
Anonymous João Pereira said...

LF, quanto ao jogo só posso dizer... 5em e5pinha5!

Quanto à sua insinuação de doping, não o ouvi falar disso quando no ano passado os jogadores do benfica corriam como gazela em todos os jogos. E já viu como o Coentrão recupera tão rápido? Se calhar está na hora de começar a assumir que a preparação física tem m papel importante. Nem tudo é doping homem... Não temos nenhum Nuno Assis aqui, esse sim, acusou positivo. Ou está a insinuar que o Dep Médico do Porto tem uma técnica única no mundo capaz de enganar os testes anti-doping? Enfim, à falta de argumentos, inventa-se não é? Tristes...

8.11.10  
Blogger Sry Lanka said...

Razão tinha o LFV! Mais valia terem feito falta de comparência! Ao menos só perdiam por 3!

9.11.10  
Blogger Sry Lanka said...

As Shotguns da PSP à chegada das papoilas saltitantes, serviram, para incentiver o FCP, q metralhou as primas-donas no relvado...q é onde se acertam as contas!

9.11.10  
Anonymous Brytto said...

O facto de muito se dever a Jorge Jesus o título do ano passado isso não o pode colocar imune à critica, principalmente se ela for construtiva. No Benfica não pode haver "vacas sagradas". Mas se o critério é só se legitimar as criticas feitas antes do jogo, então, mt embora não concorde com esta regra, devo dizer-te que ontem, assim que vi a constituição da equipa lembrei-me logo de Liverpool e enviei logo um amensagem a um amigo dando conta do meu receio, infelizemnte, estava certo!!!!!

Chamo a atenção que jogar mais defensivamente em casa de adversários mais cotados, em minha opinião, não significa forçosamente ter que alterar a constituição habitual da equipa, quanto muito poder-se-á colocar mais um trinco, neste caso Ayrton, mas nunca alterar o quarteto defensivo desta equipa. Esta solução já tinha dado tão maus resultados em Liverpool que Jorge Jesus até já tinha confessado que esse jogo lhe estava entalado na garganta, só se podendo admitir essa frase pq assumia que tinha errado na estratégia adoptada. Ora, colocar um defesa central sem ritmo absolutamente nenhum, Sidney, e prescindir de um dos melhores laterais esquerdos do mundo, Coentrão, só por milagre poderia dar certo, já para não falar nas alterações operadas mais à frente...são alterações a mais que descaracterizam uma equipa no seu todo!!!!
Quer isto dizer que se JJ não tivesse feito estas alterações o Benfica poderia ter empatado ou mesmo ganho o jogo? Estou convencido que não, mas a goleada talvez podesse ter sido evitada. Este Porto está a jogar num patamar muito superior, e com este Hulk demolidor, não vai ser fácil parar, a nível doméstico, esta equipa.

9.11.10  
Anonymous iBenfiquista said...

"Teria este FC Porto, com todo o seu poderio, sido capaz de golear o Benfica da época passada? Claro que não". Errado. Não goleou mas ganhou 3-1 a jogar 10 contra 11. O que vai dar ao mesmo.

A verdade é que o jogo foi mal planeado e mal preparado. Devíamos ter tentado conquistar o meio-campo com a equipa que tem vindo a ganhar (em equipa que ganha não se mexe) e tenho a certeza que se tivéssemos chegado ao intervalo 0-0, e mantido a atitude, tínhamos ganho. Assim, mudámos o que estava bem, contribuindo a incerteza e a insegurança do treinador decisivamente para a insegurança e a incerteza do grupo.

A melhor prova do que digo é que na 2ª parte, mesmo a jogar com 10 e a perder por 3-0, demos um ar da nossa graça equilibramos a contenda e, tenho a certeza, tivéssemos nós a jogar com 11 e com a equipa normal ganhávamos.

A ganhar por 3-0, com todo o estádio sedento de sangue e louco por vingança, e a jogar contra 10 é fácil parecer ter um físico e condição superior. O resto são tretas.

Eu vi a 2ª parte do jogo contra os turcos, uma equipa vulgar que lutou até à exaustão, e eles abanaram por todos os lados. Tiveram sorte com duas bolas aos postes.

Enfim, não aprendemos com os erros, e isso paga-se caro. A vitória no campeonato subiu à cabeça do JJ, mas também dos adeptos, e isso tem-se notado ao longo da época.

Devíamos ter ido de avião directamente para o jogo, devíamos ter preparado os jogadores psicologicamente enviando-lhes os sinais certos, atendendo à experiência do ano passado, mas parece que lição que apanhámos a ano passado não passou. Para aqueles que se esqueceram, perdemos 3-1 contra 10. Pois, e a culpa foi das bolas de golfe. Pois se foi, evitavam-se. E evitá-las, significa não estar lá quando elas voam. E não se evitam com reuniões com membros do governo.

Enfim, espero que, e digo-o mais uma vez, tenham aprendido a lição, Embora duvide.

9.11.10  
Blogger LF said...

Brytto,

Claro que por jogar de forma mais cautelosa não se entende, necessariamente, trocar os jogadores.
Percebo e concordo com as cautelas, não concordo com a forma como Jesus as pôs em prática (basta ver a minha equipa para o jogo).
Mas não consigo crucificar um técnico que foi campeão há 6 meses.

9.11.10  
Blogger LF said...

João Pereira,

Os teste anit-doping no futebol são uma brincadeira.
Análises à urina?? o que é que isso detecta??
Detecta transfusões sanguíneas, por exemplo??

9.11.10  
Anonymous catn said...

LF

Eu acho que o principal responsavel por esta humilhante derrota só tem um nome JORGE JESUS

O JJ teve medo do porto, mas quem tem medo compra um cão, nós no Benfica não podemos ter medo de ninguem, o Benfica tem a sua maneira de jogar e temos de lutar dessa maneira

Porra foi demais, mexeu em duas posições da defesa, tirou o Aimar do meio campo, quando a equipa tem os seus esquemas definidos com ele a meio campo, tirou o Saviola do ataque quando toda a gente sabe que o nosso ataque vive das movimentações deste jogador

JJ conseguiu destruir uma grande equipa, como aquela que jogou exelentemente durante 75m contra o Lyon (Campeão de França), é incrivel como fomos humilhados

Ninguem está a cima do Benfica e no passado sempre disse que JJ era o treinador ideal para o nosso clube, mas este ano está a falhar e não me venham falar em Di Maria e Ailton, porque toda a gente sabia que o Argentino ia ser vendido e não se arranjou um ala para colmatar a sua saida

O Benfica este ano é uma equipa previsivel, joga pelo corredor central, poucas vezes vai á linha de fundo para centrar e depois há o problema do Cardozo, pois Kardec é muito fácil de anular, outra das coisas que não se vê é a "fome de Bola" do ano passado e a pressão alta

Qualquer coisa está a falhar este ano, será falta de humildade?

Será jogadores contariados porque não foram vendidos?

O que será?

Saudações Benfiquistas

9.11.10  
Anonymous Zé Manel Taxista! said...

Uma coisa é certa, com ou sem doping, os jogadores do porto mesmo depois de 90 minutos intensos no final do jogo não mostravam quaisquer sinais de fadiga ou suor (quando não há suor, significa que há retenção de toxinas e não libertação das mesmas, quando isso acontece, é porque foi utilizada uma substância para impedir o cansaço - pesquisem, perguntem, mas são factos) com o senhor doutor domingos gomes no doping da uefa o porto está livre de controlos. E sim senhor LF as analises à urina são uma farsa.

P.S.: querem agora fazer crer que mesmo depois de dois jogos em campos quase diluviais o porto não se ressente? Impossivel. Nem equipas muito fortes fisicamente como o chelsea aguentam o ritmo deste porto durante 90 minutos. Sem doping é impossivel!

9.11.10  
Anonymous Eduardo said...

Quanto a este jogo e à derrota justíssima do meu clube, resta-me dizer que os vidros continuam a partir-se, e as bolas de golfe a serem lançadas. Ou seja, Palermo (e não fui eu quem inventou o termo) continua igual a si mesmo...E se alguém tem dúvidas ou problemas de visão, aconselho uma visita ao Youtube...

9.11.10  
Anonymous Anónimo said...

Incrivel é o LF q detecta doping assim só pela televisão. Eventualmente pelo olfacto! N sei como a UEFA ainda n o contratou para fazer as análises! Temos aqui o Mourinho (ou se calhar o Zandinga) do Doping e n o conseguimos aproveitar! Vergonha de país!

9.11.10  
Anonymous Anónimo said...

Com tto benfiquista aqui a prever o resultado aos 5/10 minutos, n sei q está lá a fazer o Jesus. Era reuni-los a todos antes dos jogos e o benfica era penta-campeão europeu!

9.11.10  
Anonymous Manuel Silva said...

Luis
È bom que as pessoas percebam que nos testes anti-doping só se encontra aquilo que se procura e não aquilo que os jogadores possam ter. Uma coisa é certa, olhando o fisico do Hulk, parce um mister musculo, olhando aquilo que ele correu na Quinta e depois voltou a correr no Domingo. Deixa muito mas mesmo muito ke pensar. Não deve de haver nenhum jogador das equipas superiores que corram tanto. Não se percebe. Será que é mesmo uma actriz???

9.11.10  
Anonymous Pedro said...

Não vi o jogo, mas acredito naquilo que tenho ouvido e lido, que o Porto ganhou bem e foi superior e que o Jorge Jesus cometeu vários erros. Mas há certas coisas que ainda não foram ditas e que de certa forma também influenciaram o jogo e devem ser consideradas:

- Sabendo da natureza dos adeptos do FCP e do risco que envolvia este jogo, porque razão todos os orgãos de comunicação social fizeram questão de publicitar as horas de partida e chegada do autocarro do Benfica? Porque razão a policia falha sempre na protecção da equipa do Benfica na cidade do Porto?

- Analisando os últimos jogos das duas equipas, é fácil de concluir porque é que a equipa do Porto está melhor fisicamente:

Porto 5-1 Leiria
Como se sabe, misteriosamente (ou não), o Leiria resolveu poupar vários titulares para este jogo, logo, foi um passeio para o Porto.

Académica 0-1 Porto
Estes são aqueles jogos que beneficiam quem faz apostas. Nunca nenhuma equipa do Jorge Costa ganhou ao Porto. O jogo corre-lhes sempre mal e têm sempre "azar". Coitados... Curiosamente quando as equipas desse sr. jogam com o Benfica a atitude de treinador/jogadores muda radicalmente.

Portimonense 0-1 Benfica
O Portimonense como se sabe tem feito alianças com o clube mais famoso do Youtube, e o resultado esteve à vista: um jogo em que o Portimonense deu luta e jogou no limite. Claro que quando jogarem com o Porto as coisas vão "correr mal" e vão ter "azar".

Benfica 2-0 Paços de Ferreira
Foi um jogo normal, o que significa que o Benfica teve de lutar pelo resultado, porque ninguém lho deu de mão beijada.

Isto sem esquecer os jogos europeus em que o Benfica teve um jogo muito mais difícil e desgastante (Lyon) do que o Porto (Besiktas).

Podem não ter sido factores determinantes, mas com certeza tiveram alguma influência naquilo que se passou no jogo de ontem.

PS - Notei que os sportinguistas estão mais calmos nos ataques e gozos ao Benfica do que aquilo que se poderia esperar. Parece que muitos deles já se aperceberam que se o Porto for campeão, o Moutinho também vai ser, e mais humilhante do que perder um jogo no Dragão, é ver um capitão de equipa e jogador das escolas forçar a ida para o rival, porque sabia que no clube onde estava nunca teria hipóteses de ser campeão.

9.11.10  
Blogger condor said...

Oh eleefesito!Tu não achas que já é tempo de se acabar com esta pouca vargonha dos resultados combinados?

9.11.10  
Anonymous Brytto said...

LFV

Criticar não é crucificar!!!!!

9.11.10  
Blogger Sry Lanka said...

Na última temporada o FCP ganhou ao S.C.Braga por 5 a 1 e as insinuações sobre Domingos, pelos mesmos de sempre, foram mais que muitas, só porque tinha feito uma ou outra alteração, em relação à equipa habitual. Há 15 dias atrás, o mesmo se passou com Pedro Caixinha, treinador da União de Leiria. Curioso, quer um quer outro fizeram melhor resultado que Jesus - 5-1 vs 5-0 -, mas se houve críticas às alterações feitas pelo "catedrático de futebol", vá lá, JJ, safou-se de ser acusado de querer facilitar a vida ao Dragão...

9.11.10  
Anonymous Anónimo said...

Engraçado q o ano passado, qdo o benfica jogava à brava e corria do inicio ao fim do jogo, n vi o lf ou qq outra das sumidades q aqui comentam, a colocar sequer a hipotese de doping.
Coisas engraçadas!
Mas fenomenal mesmo é como aparecem, de um momento para o outro, tantos especialistas que, de casa, conseguem obter analises positivas de doping aos jogadores do FCP. Só n entendo como n detectaram o mesmo no N Assis...

10.11.10  
Anonymous the_passenger said...

É uma verdade que foi uma vitória indiscutível, mas a dualidade de critérios continuou a ser a mesma. Se Luisão foi expulso, digam lá o que devia ter acontecido a este?

http://www.youtube.com/watch?v=yrdWjJ6zHvY

(http://www.youtube.com/
watch?v=yrdWjJ6zHvY)

13.11.10  

Enviar um comentário

<< Home