14/07/10

A ACTUALIDADE DOS CAMPEÕES

Com o Mundial concluído, e bem concluído, as atenções voltam-se de novo para o futebol nacional.
Entretanto, e antes de entrar na pré-temporada propriamente dita (período que, digo desde já não me entusiasma particularmente), há que pôr a escrita em dia, trazendo à colação os temas que, devido ao andamento do Mundial, foram entretanto ficando para trás. Falo, claro, da actualidade benfiquista.
Vamos a ela:
DI MARIA - No momento actual dos mercados, vender um jogador por 30 milhões de euros é uma oportunidade que poucos clubes podem desperdiçar. Não havia, pois, nada a fazer para evitar a partida do craque argentino, que julgo ter sido muito bem vendido.
Luís Filipe Vieira tinha afirmado que recusaria qualquer proposta abaixo da cláusula? Sim, e fez muito bem, valorizando o jogador, e seguindo a estratégia negocial que mais servia os interesses do clube, mesmo que à custa da sua imagem pessoal. Se dissesse que vendia por 30, provavelmente o atleta teria saído por 20. Qualquer merceeiro entende isto.
DAVID LUÍZ - Se existem de facto propostas na casa dos 35 milhões, acho, francamente, que seria também de aproveitar, fechando então o plantel a mais saídas.
Gosto muito dele, tal como gostava de Di Maria, mas não há insubstituíveis. Entendo sobretudo que o Benfica não deve, nem pode, vender mais do que dois jogadores da equipa titular. Sendo Di Maria e David Luíz provavelmente os mais valiosos, podiam ser eles os eleitos. Mas naturalmente prefiro que fique.
LUISÃO - Este, pelo contrário, não pode, de forma alguma, sair. É capitão, tem anos de casa, é decisivo na integração dos jovens sul-americanos que vão chegando, e, sobretudo, não tem um valor de mercado compatível com a sua importância na equipa. Se o seu salário não está entre o lote dos mais altos, corrija-se rapidamente esse diferencial, e mantenha-se a "Girafa" no comando da defesa.
ROBERTO JIMENEZ - Faço parte do lote de benfiquistas surpreendidos (para não dizer cépticos) com esta contratação. Custou uma fortuna, sobretudo tendo em conta que se tratava de um jogador que não tinha lugar no seu clube (por isso foi emprestado), e que nunca foi objecto de qualquer convocação para a selecção principal do seu país (exigência que seria lícito colocar a um guarda-redes de 8,5 milhões de euros).
Dito isto (que andava aqui entalado...), e uma vez que o facto está já consumado - sendo ele a aposta para a baliza do Benfica - também não creio que faça sentido colocar-lhe agora mais pressão do que a já expectável num jovem de 24 anos, que muda de paás e chega a um clube com grandes ambições.
Não começou bem, mas é necessário que os benfiquistas se recordem dos primeiros jogos de Luisão ou Cardozo no clube, ou das primeiras épocas de Fábio Coentrão e Di Maria, para perceber que a adaptação de novos jogadores nem sempre é tão rápida como os adeptos, e os próprios, gostariam.
Esqueça-se pois o preço (já está, paciência...), e apoie-se o jovem, certamente talentoso, de modo a que possa exprimir tranquilamente as suas capacidades. No final da época, com dezenas de jogos em cima, ver-se-á então se justificou ou não a aposta.
OUTROS REFORÇOS - Do pouco que vi, gostei. Quer Gaitán (que à primeira vista parece um substituto perfeito para Di Maria), quer Jara, quer mesmo Fábio Faria, deram boas indicações. Veremos se as confirmam.
NECESSIDADES DA EQUIPA - Se não sair mais ninguém, e os novos recrutas confirmarem as melhores expectativas, não vejo francamente que seja necessária qualquer outra contratação. A menos que o mercado apresente uma oportunidade irrecusável, por mim consideraria, desde já o plantel fechado.E ainda era capaz de emprestar o Luís Filipe e o Felipe Menezes, ficando com 23 jogadores, que chegam e sobram para as várias competições.

10 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Já encareceu 5 milhões o Di Maria...

14.7.10  
Blogger LF said...

O Di Maria foi vendido por 30 milhões, dos quais 25 pagos no momento da transferência, e 5 no momento da inscrição.
A razão para o negócio ter tomado esta forma tem a ver com solicitações e interesses do Real Madrid.
Além dos 30 milhões, há ainda hipóteses, de acordo com o redimento desportivo do jogador, títulos conquistados etc, chegar aos 36 milhões. Mas esses estão já dependentes de...Mourinho.

14.7.10  
Anonymous ulisses said...

concordo. Se baterem 30/35 milhões pelo David ou 20/30 pelo coentrão penso que era de vender...

14.7.10  
Blogger dezazucr said...

Epa, finalmente alguém a enaltecer a importância de Luisão nesta equipa.

Não é à toa que nestes primeiros jogos temos visto aquela defesa às aranhas, completamente desorientada, da mesma forma como se notou a falta dele o ano passado nos jogos contra o Guimarães (taça), o sporting, a Naval (2 golos sofridos nos primeiros 10m) e a Académica (mais 2 golos sofridos).

Podem não gostar muito do estilo, mas é ele "a gosma peganhenta" (ice age) que mantém aquela defesa unida!

14.7.10  
Blogger Bin Laden said...

Ideologicamente, vocês já estão a comer 7 a 1!

http://sporting74.blogspot.com

14.7.10  
Blogger LF said...

...e aritmeticamente vocês comeram 28 pontos a 0!

14.7.10  
Blogger M said...

5p0r71ng, versao bávara....

14.7.10  
Blogger No.Worries said...

Concordo com o negócio DiMaria, mas quanto ao David Luiz só mesmo pelos 50 milhões da cláusula. E não há mais excepções de saídas abaixo da cláusula de rescisão.

Assim sendo também só vejo necessidade de entradas se houver saídas.

ps.- o que é que o lagarto sodomizado pelo clube corrupto quer? quer ficar a mais do que 28 pontos?!? basta continuarem a reforçar os corruptos e os aprendizes de corruptos...

15.7.10  
Anonymous Nuno Figo said...

Caro LF,

Finalmente voltamos ao que interessa! :)

Impecável a apreciação sobre o eixo da defesa. Todos gostamos da raça de David Luiz, mas tal como LF, entendo que é Luisão quem faz a defesa funcionar. Aliás, não imagino David Luiz como voz de comando: é demasiado rebelde, demasiado jovem, demasiado impulsivo.
Basta ver como a defesa perde qualidade de forma quase incompreensível sem o Girafa.

Quanto ao resto do plantel, penso que ainda vai haver muita notícia e eventualmente seremos forçados a vender alguém abaixo das cláusulas. Imagino muita pressão empresarial sobre o lote Amorim, Coentrão, Ramires e David Luiz.

Quanto a dispensas, parece-me claro que Luis Filipe não pode ficar ("Luis Filipe, Luis Filipe, vai-te embora da minha equipe"); que Felipe Menezes precisa de rodar. Além disso, César Peixoto tem mostrado muita dificuldade nesta pré-época... Aliás, pergunto-me se Schaffer e Urreta não deveriam ter ficado.

15.7.10  
Anonymous João said...

Até estou admirado com esse gráfico do plantel do Benfica. Comecei a ler e cheguei quase ao fim à espera de ver o Roberto a fazer extremo direito ou Ponta de Lança...

22.7.10  

Enviar um comentário

<< Home