12/04/10

O DERBY DE SEMPRE, MAIS DERBY QUE NUNCA

Não sei se alguma vez um derby lisboeta terá começado com uma diferença de 23 pontos entre as duas equipas. Contudo, nem por isso acredito que este venha a ser um jogo desequilibrado.
Afastado de todas as competições, com o quarto lugar destinado e assegurado, o Sporting tem nesta partida a hipótese de resgatar algum do seu orgulho perdido, fazendo aquilo que os seus adeptos normalmente mais apreciam: complicar a vida ao Benfica, e, se possível, contribuir para evitar que o odiado rival se sagre campeão. Esta é também a última chance para o seu treinador mostrar que tinha lugar no clube, e que os responsáveis leoninos estavam errados ao prescindir dos seus serviços. Mas este é, acima de tudo, um Benfica-Sporting, que ambos sempre querem ganhar, e que, sobretudo para os leões, significa o apogeu de qualquer época desportiva.
Ninguém tenha dúvidas: o Sporting de amanhã na Luz vai ser igual aos mais fortes Sportings da temporada (Everton, FC Porto, Fiorentina…), e não vai regatear esforços para levar um bom resultado da casa do rival. Motivação não lhe vai faltar, e, com tantos dias de descanso, disponibilidade física também não. Depois, não esquecer, há Liedson, com tudo o que isso significa.

O Benfica tem pela frente um desafio de grande responsabilidade. Após a vitória sobre o Sp.Braga muitos terão sido os que davam o campeonato por concluído. A verdade é que os minhotos não desarmam, a bem ou a mal venceram os dois mais difíceis jogos que o seu calendário lhes apresentava, e aí estão a discutir o título até ao fim. Tendo de visitar o Estádio do Dragão, o Benfica não pode deixar o seu destino entregue ao resultado desse jogo, o que lhe diminui substancialmente a margem de erro. Trocando isto por miúdos, nos quatro jogos que tem para além da deslocação ao Porto os encarnados não poderão ceder mais do que um mísero empate. E seria muito perigoso que o gastassem já.
Não me peçam prognósticos. Só no fim do jogo serei capaz de os fazer. Este tipo de jogos não permite previsão, e a história está aí para o confirmar.
Que dizer do golo de Sabry que estragou a festa do título aos leões em 1999-00? Ou do agora tão lembrado 1-2 de 1986 na Luz (o meu primeiro derby ao vivo) que entregou um campeonato ao FC Porto (que no ano seguinte viria a sagrar-se campeão europeu)? Para além desses momentos de decisão, onde o cenário de festa acabou dramaticamente desmontado, muitos foram os derbys em que o anunciado favoritismo de uns esbarrou na inspiração de outros. Até se diz que quem está pior ganha mais vezes, ainda que não exista qualquer elemento científico a sustentá-lo.
Apesar de tudo isto, acredito no Benfica, na sua melhor equipa, nos seus melhores jogadores, no seu melhor treinador, e nos 60 mil a vibrar nas bancadas. Não é um jogo absolutamente decisivo, mas, conforme disse, sobretudo em caso de derrota, a vida dos encarnados poderá complicar-se muito, pelo que todo o cuidado é pouco. Uma vitória será, ao invés, o retomar da dinâmica ganhadora posta em causa em Liverpool, e de tudo o que isso significa, até mesmo no estado anímico dos principais adversários.
Talvez seja este o verdadeiro jogo do título, talvez não. Amanhã à noite se saberá.
Para quem não leu, ficam aqui as minhas recordações de derbys do passado.

2 Comments:

Anonymous Vitória do Benfica said...

Todos os adeptos Benfiquistas com quem tenho falado estão como medo do jogo de amanhã. Eu também, confesso. Para além do que escreveu é preciso recordar que carvalhal se ganhar amanhã terá concerteza um recohecimento de Pinto da Costa, primeiro porque se torna mais fácil passar o campeonato para outros e depois porque mostra como diz e bem que os responsáveis leoninos fazem mal em dispensar os seus serviços.

O que a imprensa não comenta é as declarações de Domingos Paciência a desejar Boa Sorte Sporting.

Amanhã todo o país futebolistico sem Benfica vai torcer pelo Sporting com excepção dos adeptos do Vitória de Guimarâes.

Façamos a vontade ao Vitória de Guimarães porque sem qualquer ajuda ou apoio da arbitragem ou das forças invias se mantem nos cinco primeiros lugares.

Amanhã por esta hora já sabemos se o Yanick e o Liedson estão a ter bons policias

13.4.10  
Blogger Paulo Silva said...

Blog Porreiro e Bem estruturado..

se quiseres passa no meu, é tbm de futebol:

http://portuguesesnoestrangeiro.wordpress.com/

13.4.10  

Enviar um comentário

<< Home