11/03/10

GRATAS MEMÓRIAS

Nesta quinta-feira teremos na Luz a 1ª mão dos oitavos-de-final da Liga Europa, onde o Benfica vai reencontrar o Olympique de Marselha, adversário da célebre e saudosa meia-final de 1990.
Aquele que ficou imortalizado como “o da mão de Vata”, foi um dos mais empolgantes jogos internacionais para a minha geração - a par de Roma em 1983, Steaua de Bucareste em 1988, Arsenal em 1991 e Leverkusen em 1994. Quem o presenciou jamais poderá esquecer o ambiente de autêntica loucura vivido naqueles derradeiros minutos (após o golo) pelas mais de 120 mil pessoas que enchiam o nosso antigo estádio. Devo confessar que só na manhã seguinte soube que o lance que tinha colocado o Benfica na sua 8ª final europeia havia sido irregular. Reconheço também que pouco me importei com isso.
Esperemos que o resultado da eliminatória se possa repetir, mas desta vez sem que o árbitro assuma o protagonismo. Para confusões já bastam as que nos vão arranjando por cá.”
LF em Jornal "O Benfica" 05/03/2010

6 Comments:

Anonymous Vitória do Benfica said...

A maior parte de nós tem estórias sobre o Benfica Marselha. Nesse dia porque era demasiado emocionante resolvi não ir ver o jogo e fui ao cinema, na entrada o arrumador estava a ouvir o relato e eu perguntei-lhe quem estava a ganhar, respondeu mas "a Senhora se gosta tanto defutebol porque vai ao cinema", porque é um jogo muito decisivo e eu ~quero estar distraida.

Quando o filme ainda decorria o arrumador veio ao pé de mim para me dizer que o jogo tinha acabado e que o benfica tinha ganho.


Hoje não troco o lugar no estádio porque sou capaz conviver com a derrotas do Benfica, mas em 1990 era de facto muito dificil.

11.3.10  
Blogger LF said...

Curioso...Eu por acaso sou ao contrário: sofro mais quando não vou ao estádio do que quando lá estou.

As grandes pilhas de nervos de que me lembro foram apanhadas em frente da televisão e não nos estádios.
Excepto uma: a do Boavista-Benfica de 2005, em que estava no estádio e quase tremia naquela interminável segunda parte.

Desse jogo com o Marselha recordo-me que a poucos minutos do fim já quase ninguém acreditava na passagem. O golo foi recebido como um milagre ou uma aparição divina.
Foi um dos momentos mais delirantes que vivi no futebol, e recordo particularmente o ambiente à saída do estádio, com pessoas a dançar e a gritar, de garrafa na mão, em plena segunda circular.
Uma verdadeira loucura.
Difícil de descrever, mas quem lá esteve sabe do que falo.

É que não eram 60 mil pessoas como agora. Eram o dobro!

11.3.10  
Blogger M said...

eu arriscava a dizer que eram...mais do que o dobro!!

a noite com marselha e steaua foram noites que me lembro de ter vivido no estadio apenas com a intensidade do jogo do titulo com o sporting...

com o steaua, junto a rede, perto do relvado, na central..e olhar para cima e ver a massa de gente ate ao topo do 3 anel...
com o marselha, no inicio do terceir anel, ver toda aquela massa de gente a berrar em direcçao do relvado

memorias...para sempre!

11.3.10  
Blogger LF said...

Foram precisamente esses os jogos mais marcantes tamb�m para mim.
Steaua 1988
Marselha 1990
Sporting 2005

Juntar-lhes-ia ainda o Benfica-Manchester United de 2005-06 e o Portugal-Inglaterra do Euro 2004.

Estar�o aqui, porventura, os cinco grandes jogos da minha hist�ria pessoal no Est�dio da Luz (antigo e novo).

11.3.10  
Blogger M said...

que boas memorias...

permita-me partilhar igualmente esse Benfica-Manchester (começar a perder, sem tantos titulares...)

incluo o jogo com a Juve e numa escala ligeiramente inferior (pelo adversario em questao...), a meia final com o Parma..

o da selecçao, infelizmente, so berrei mesmo via televisao...

:)

bom jogo!

11.3.10  
Anonymous Já chega said...

Eu também lá estive e de braço partido!

Que noite maravilhosa, é natural ouvir o Papin a dizer que foi o ambiente mais fabuloso que teve o prazer de assistir na totalidade da sua carreira.

E não esquecer a presidenta Bernardette que liderava o Marselha na altura ;)

Noutro registo muito eu me tenho rido a imaginar as trombas dos estorninhos e aurelinhos e restantes anormais que pululam (e poluem) no seu espaço reservado aos comentários!

Eh eh impagável isso.

12.3.10  

Enviar um comentário

<< Home