24/02/10

ARTE, FUTEBOL E GOLOS

Diante de um adversário frágil e (ainda mais) cansado, o Benfica aproveitou a ocasião para oferecer uma bela tarde europeia aos mais de trinta mil espectadores que, num dia de temporal e a horas de trabalho, não quiseram mesmo assim deixar de acompanhar a equipa.
O espectáculo foi muito agradável, o jogo foi fluído, e os golos foram aparecendo com naturalidade. Durante dois terços do tempo o Benfica foi uma equipa demasiado forte para um Hertha sem argumentos. A inspiração de Di Maria e Fábio Coentrão fez do corredor esquerdo um inferno para a defesa alemã, que desde cedo deu a sensação de apenas pretender que o calvário terminasse o mais rapidamente possível. A meia-hora do fim Jesus decidiu que já chegava, retirou Aimar, Di Maria e Saviola, e o jogo acabou. Ficou posta de parte a hipótese de uma goleada histórica, mas a exigência dos próximos compromissos não deixa espaço para grandes romantismos.
Se este jogo era um teste à capacidade física do Benfica, a verdade é que a resposta foi muito positiva. Apesar das debilidades do Hertha, o Benfica jogou um futebol veloz, criativo e, a espaços, empolgante, à imagem e semelhança do que protagonizou nos melhores momentos da temporada. Se há unidades em sub-rendimento (apesar do golo, o sumaríssimo a Javi Garcia vem mesmo a calhar, e Saviola, embora mais activo, está ainda longe do seu melhor), também há outras em excelente momento de forma. Para além dos dois jovens alas-esquerdos, Cardozo regressou aos golos, e Aimar mostrou alguns rasgos da sua genialidade, enquanto na linha defensiva os centrais continuam em alta. Globalmente a exibição foi pois de bom nível, deixando água na boca para os próximos e importantes jogos.
Mesmo perante a presença anunciada de Michel Platini, o árbitro holandês mostrou dualidade de critérios e falta de categoria. Complicou o que pôde, mas a diferença entre as equipas era demasiado grande para que os efeitos da má arbitragem se fizessem sentir. Em consequência do Europeu 2000 (castigos a Paulo Bento, Nuno Gomes e Abel Xavier), do Mundial 2002 (agressão de João Pinto a um árbitro) e do Mundial de 2006 (o célebre Portugal-Holanda), as equipas portuguesas têm andado na mira das arbitragens internacionais. Golos como o do FC Porto frente ao Arsenal só acontecem com o FC Porto, pois isto do G14, e de muitos anos na Liga dos Campeões traz alguma protecção. O Benfica (tal como Sporting e restantes clubes), andando há alguns anos longe dos grandes filmes, sofre inevitavelmente as consequências correspondentes.
Segue-se provavelmente o Marselha. Ou me engano muito ou essa eliminatória representará o fim da linha para s encarnados nesta Liga Europa, onde já cumpriram os mínimos, ganharam uns trocos e subiram no ranking aquilo que podiam subir. O campeonato é a prioridade máxima e absoluta, e não vejo como seja possível enquadrar mais quatro jogos internacionais (caso os franceses sejam ultrapassados) no meio das grandes exigências da batalha interna, que implicam total enfoque físico e, sobretudo, emocional. Jogadores como Saviola, Aimar ou Ramires não poderão ser submetidos a maior desgaste, sob pena do seu rendimento se ressentir dramaticamente no campeonato. Há quatro anos, Fernando Santos perdeu tudo por não saber fazer a escolha que a dada altura se impunha, e por muito que me custe a admiti-lo (e acreditem que custa bastante), não creio que este Benfica tenha presentemente condições para apostar fortemente numa grande caminhada europeia. A partir de agora há pois que poupar os principais titulares na Liga Europa, e dar oportunidades a outros elementos do plantel (Ruben Amorim, Carlos Martins, Airton, Weldon, Sidnei, Nuno Gomes, Felipe Menezes, Kardec, Eder Luís, Miguel Vítor, Roderick etc), motivando-os para que façam o melhor possível. Se der para mais alguma coisa, óptimo. Caso contrário, haverá certamente condições para sair com dignidade. Escreve uma pessoa que preza muitíssimo as provas europeias, que aprendeu o benfiquismo nas inesquecíveis noites da antiga Luz, mas cuja paixão não pode, nem deve, sobrepor-se à frieza de análise que as circunstâncias exigem.

13 Comments:

Anonymous Miguel said...

Novamente os profectas da desgraça voltaram a profetizar BALELAS... enquanto uns fazem manifestações contra os próprios actos!! outros espalham magia pelos relvados!

P.S.- A verdade desportiva reclamada ontem à porta da sede da Liga de clubes está disponivel em www.youtube.com para quem quiser consultar a VERDADEIRA VERDADE!

24.2.10  
Blogger angelodias said...

Excelente vitória do Benfica sobre uns coitados que se arrastavam em campo. é que caso não saibam o Hertha jogou para o campeonato no DOMINGO à noite!!!
Sabiam desta? é que lá não se podem antecipar jogos do campeonato. Parece que desvirtua a verdade desportiva. E cá somente houve um jogo antecipado para o Campeonato Português até aos dias de hoje. SAbem qual? Benfica-Leiria...

Carrega LF.

24.2.10  
Anonymous vitória do Benfica said...

Boa Tarde Luis Fialho
Sim ontem foi um grande prazer ter estado na Luz, não me importei da chuva que apanhei, foi uma grande tarde de bola. A equipa jogou muito entrosada e fez passes magníficos, os golos não foram lindos nem de grande habilidade técnica, mas a exibição, os passes e a posse de bola, foram maravilhosos. Do melhor que tenho visto.

Quanto ao árbitro não foi o pateta que arbitrou o Porto mas também não foi assim tão mau.
Quero chamar a atenção para o seguinte, amanhã o Benfica vai fazer a sua gala é no Sec XXI a primeira vez que a equipa de futebol reúne o seguinte:

LIGA NACIONAL
Primeiro da Liga
Melhor ataque
Melhor defesa
Melhor marcador

COMPETIÇÕES EUROPEIAS
Melhor marcador ex aqueo
Grupo das dez equipas com mais de 150 vitórias nas competições europeias

PS Ontem vi um bocadinho do Trio de Ataque. APV esteve muito bem, miserável o antiBenfiquismo de Rui Oliveira e Costa a desonestidade intelectual de Rui Moreira e o oportunismo de Marcelo


Benfica sempre

24.2.10  
Anonymous otragal said...

30 mil!!!!!! Mas as bancadas estavam completamente vazias!!!!!!

24.2.10  
Blogger LF said...

30.402 espectadores, números oficiais.

O que se passa é que, quando chove, as pessoas das primeiras filas abrigam-se nas zonas mais acima (normalmente de pé perto dos bares), deixando os lugares de baixo (que se vêm na tv), quase totalmente vazios.

24.2.10  
Blogger M. said...

Concordo, LF. Concordo plenamente.
Campeonato, Campeonato, Campeonato.
E que privilégio será, para os suplentes do Benfica, rodarem nos 1/8 de final, contra uma equipa que nos dá grandes recordações.

24.2.10  
Anonymous Miguel said...

angelodias,

a verdade desportiva paira sobre o dragão... novamente...

24.2.10  
Anonymous xpto said...

Concordo com o angelodias...

Não há nenhum problema em receber árbitros em casa!

Antecipar jogos... isso é que não!!

24.2.10  
Blogger angelodias said...

LOL. Confesso que tiveram piada.
Mas alguém que me arranje um jogo do campeonato português que tenha sido antecipado até hoje. Podem procurar há vinte anos atrás. Arranjem-me um! Tirando o Benfica-leiria claro...

25.2.10  
Anonymous Vitória do Benfica said...

O Angelo esqueceu o facto de o Porto inexplicavelmente e sem qualquer motivo aparente atrasar um jogo com o Belenenses, na época passada julgo que em Dezembro.

Obrigado Angelo, por me estipular a memória e me relembrar que o Benfica é o CLUBE DE MAIOR DIGNIDADE AO CIMO DA TERRA.

Nunca Platini irá ao Dragão condecorar qualquer jogador. Nunca Maradona irá ao Dragão para convocar um jogador para a selecção, porquê perguntará você.
Porque tanto um como outro são homens que sabem dizer NÃO HÀ CORRUPÇÂO

25.2.10  
Blogger zephirus said...

Não sabia que antecipar jogos é desvirtuar a verdade desportiva. O Benfica, infelizmente, não pode estar à frente nem de Porto nem Sporting porque começa a provocar uma comichão intensa. Têm todos 20 jogos efectuados e não foi a antecipação que mudou a classificação actual. Se por acaso quiserem entrar por aí e até virem com o exemplo dos jogos em campo neutro (Leixões - Benfica) aconselho-vos a ver a banalidade com que isso sempre foi feito em Portugal (coisa que não me dá comichão, por sinal).

angelodias, a antecipação dos jogos é permitida por leis aprovadas também pelo seu clube o que faz com que não tenha qualquer sentido as suas palavras. É um procedimento perfeitamente normal que o seu clube também pode usar e acho muito bem que use quando isso lhe facilitar o calendário. Mais uma vez, é uma desculpa triste para usarem no caso de não ganharem o campeonato.

25.2.10  
Blogger angelodias said...

Por estar na lei não quer dizer que esteja correto.
O Hertha jogou no Domingo, ou seja, 2 jogos em 48 horas. Acham justo? Só quero que me digam isso...
Quanto ao resto no campo logo se vê quem será campeão e nunca darei desculpas caso o FCP não seja campeão. O benfica está em primeiro e merece-o pelo que fez até agora. Mas o campeonato não acabou...lembrem-se disso.

P.S. O agente desportivo a quem o Hulk tentou dar uma patada foi absolvido pela Liga de clubes...Vai poder stewerdar à vontade nos próximos tempos...Claro que isto é uma piada realçando o facto de uma pessoa ser considerada agente desportivo e não responder perante a JUSTIÇA DESPORTIVA.

Saudações!

25.2.10  
Anonymous Anónimo said...

Pró Angelo JáteFu Dias


"Por estar na lei não quer dizer que esteja correto."


e a FRUTA, está na lei? é correcto?
o Guimaro?
Quinhentinhos o quê?
COSMOS?
PIDÁ?
Boby, tareco. Busca, busca, mata, mata!!!
Marinho neves, what?


olhem só quem se toma por moralista, defensor do nojo, nas esperança do penta gamanço!!!

25.2.10  

Enviar um comentário

<< Home