26/02/08

HEGEMONIA CLARA, OU NÃO TANTO ASSIM ?

A hegemonia futebolística do F.C.Porto no panorama nacional dos últimos anos é factual e objectiva. Vai a caminho do tri-campeonato, tem melhores jogadores, apresenta um futebol mais bonto e eficaz.
Mas olhando para alguns números, não se pode concluir que esse predomínio seja propriamente avassalador, até porque há alguns indicadores, mais ou menos importantes, mais ou menos interessantes, que colocam Benfica e/ou Sporting na dianteira. Ou seja, o domínio portista é um domínio estatísticamente relativo, e sobretudo centrado numa única competição (o campeonato), na qual a eficácia do Dragão tem sido efectivamente assinalável.
É isso que resulta da observação dos quadros seguintes relativos aos últimos quatro anos, período no qual, juntando provas europeias, liga e taça, o Benfica tem mais jogos disputados, mais vitórias e mais golos marcados que os portistas, sendo que neste último item o Sporting até suplanta os seus rivais. Tanto nas provas europeias como na Taça de Portugal o F.C.Porto figura em último de entre os três,em jogos, vitórias, golos e pontos, tendo sido também o que menos longe chegou na Europa.
É óbvio que qualquer adepto de Benfica ou Sporting trocaria a sua posição pela do F.C.Porto. Não é isso que está em causa. Mas é importante que percebamos que as diferenças nem sempre são tão acentuadas como um olhar superficial pode deixar entender, e que se calhar os clubes de Lisboa nem têm estado assim tão mal como se tem dito por aí.
Eis os números:

8 Comments:

Anonymous Atento said...

Eheheheh

Curiosa é essa estatística não incluir os anos de 2002/2003 e 2003/2004...

Experimenta fazer dos ultimos 5 em vez de 4. Ou experimenta com 10 ou 20, ou 30 e verás a resposta...

27.2.08  
Blogger Marco said...

É realmente engraçada a estatística.

Fez aqui o Sr. a lógica do frango que o Rui Patrício mamou - estatisticamente, na última jornada, ele mamou meio frango e o Hélton outro meio.

Mas, continue a pensar dessa forma e já agora inclua também as vitórias morais do salir a ganar. Acredite que, com mais alguma manipulação, o SLB obterá ainda mais glórias. Títulos, oops, títulos é que nem por isso.

28.2.08  
Blogger LF said...

E porque fala dos últimos 10, 20 ou 30 e não 40, 50 ou 60 ?
Ora...

2004 é um ponto de referência por quatro motivos:
1- título europeu do Porto, e eventualmente o ponto mais alto da história do clube.
2- regresso do Benfica aos troféus
3- surgimento do processo apito dourado
4- Euro 2004 e novos estádios

Conforme disse, qualquer um do Benfica ou Sporting trocaria a sua posição pela do F.C.Porto.

O que quís demonstrar é que não se trata de uma superioridade tão avassaladora como à primeira vista pode parecer. Em 2002-2003-2004 sim, aí foi de facto notável a carreira nacional e internacional do FCP.
Daí para cá tê-se "limitado" a ser campeão, sem brilho nem glória.
Lembremo-nos de Adriaanse, e da segunda volta da época passada, lembremo-nos do Atlético, do Artmédia, do Fátima etc.
E mesmo este ano, tem sido a eficácia de Lisandro e a classe de Lucho a fazer a diferença, numa equipa com um futebol algo enjoativo.

Os adeptos do Benfica e Sporting são muito exigentes, e a comunicação social também o é bastante com eles. Muito mais que com o FCP.
Por exemplo: ninguém criticou o F.C.Porto por ter sido eliminado pelo Fátima, mas se fosse o Benfica ou o Sporting imagino o escândalo.
Ninguém tem valorizado os resultados internacionais do Benfica nos últimos três anos, apontando estas como épocas muito más, quando na verdade as prestações no campeonato se têm ressentido do facto de o clube chegar longe na Europa (com Fernando Santos isso foi uma evidência, e com Koeman também).

Todos os que visitam VEDETA sabem o que penso de Luis Filipe Vieira e da gestão desportiva do Benfica.
Mas números são números, e é preciso respeitá-los, não indo apenas atrás dos estados de alma criados pela imprensa.

28.2.08  
Anonymous fredy said...

e porque nao separar taça uefa e champions??

1 jogo na champions vale por 3 na uefa!

claro que o porto faz menos jogos!! faz 6 dos grupos mais 2 dos oitavos..8por epoca!

ja benfica e sporting fazem 2 da qualificaçao pa champs, depois mais 6 dos grupos ou entao paí 10 na taça uefa (o mais normal)..claro que têm de ter mais jogos e pontos!! mau era! a vergonha seria ainda maior lol

28.2.08  
Anonymous VaKA said...

Creio que alguma coisa não bate certo nesses números.

Então como é que se pode contabilizar 07/08, quando a época nem sequer terminou, e não se sabe quem vai ganhar o quê!?
Para isso tinha-se que incluir 03/04, 04/05, 05/06, 06/07. Isto é, as ultimas 4 épocas realmente terminadas, e não as últimas 3 épocas mais 07/08 que ainda não acabou.

Tudo o que disseste no post é correcto, mas também podemos fazer outras leituras.
Olhando para os números tal como estão, também podemos dizer que no Global:
- o FCP precisa de fazer menos 11 jogos que o SCP, e menos 21 jogos que o SLB, para ganhar o triplo dos títulos do SCP e SLB.
- ou então que o FCP nesses anos tem mais títulos que SCP e SLB juntos.

Há muitas maneiras de analisar os números, ou até olhar apenas para os números que mais nos convém. Agora o que não podes negar é que nos últimos anos, o FCP é a equipa que detém a hegemonia do futebol português.

E não te esqueças de contabilizar as ultimas Supertaças de Portugal, mais a futura Taça da Liga.

28.2.08  
Anonymous atento said...

"E porque fala dos últimos 10, 20 ou 30 e não 40, 50 ou 60 ?
Ora..."

Porque a "hegemonia" que o FC Porto goza é dos ultimos 25 anos tal como o Benfica teve noutras épocas...
Mas nem é isso que estou a falar.

O que quero dizer é que essa estatística é enganadora pelo seguinte facto: basta juntar-lhe um (um, não é dez) ano para os números mudarem.

Já que fazes uma análise dos últimos anos, se me disseres que ao incluires as épocas de 02/03 e 03/04 o Porto só é hegemónico no campeonato, aí retracto-me publicamente aqui e retiro o que disse tão sarcásticamente...

28.2.08  
Anonymous Anónimo said...

HAHAHAHAHAHAHA


LF és uma merda. Ainda não te cansaste desse nº de ilusionismo?

FDX

28.2.08  
Blogger ChuckE said...

Ponto 1: O Porto foi super-criticado este ano depois da eliminação pelo Fátima. Foi, aliás, este jogo que abriu a época da caça aos "reforços deficientes". Os críticos desanimaram pq, apesar de tudo, o Porto continuou a ganhar... algo que não aconteceu no ano passado, depois da eliminação contra o Atlético. Aí a equipa não deu conta de si psicologicamente, e quase entregou o título. Aliás, atrevo-me a dizer que o fracasso do Porto atenuou as reacções populares à eliminação do Benfica com o Varzim. Ou já não te lembras dessa?

Quanto a essa treta de contares os jogos... Pah, continuas a atirar areia. Toda a gente sabe que, apesar de os jogos da UEFA e CL não diferirem mto em termos de pontos, o retorno financeiro é muito importante. E que o Porto conseguiu, nas ultimas 4 temporadas, chegar aos oitavos de final, excepto no ano do Adrianse. Pessoalmente não embandeiro, acho que o Porto não fez mais que a sua obrigação, visto ter sido 2º cabeça de série em todos esses grupos. Mas são as circunstâncias próprias da prova, que protegem os melhores classificados. Provavelmente para o ano, caso o Porto não melhore a posição do ranking, tenhas mais razões para embandeirar esta conversa. Mas no presente, rende-te à evidência: em 4 tentativas, o Porto chegou 3x aos oitavos da Champions, enquanto o Benfica só o conseguiu 1x em 3 tentativas, tendo falhado 2x com o Celtic no grupo, uma equipa perfeitamente ao alcance, e tendo sucesso no anus horribilis do Man United na Europa. E sei que vais-me dizer q são os números, mas, a título de exemplo, o Porto o ano passado suou com o Chelsea, enquanto o Benfica andou a passear por Bucareste e por Paris, e depois teve uma paragem cerebral com o Espanyol, mais um adversário perfeitamente acessível. E o resto são estatísticas para ficares contente.

6.3.08  

Enviar um comentário

<< Home