07/01/08

CLASSIFICAÇÃO "REAL"

Nesta jornada não me parece terem existido grandes polémicas. No entanto, no Nacional-F.C.Porto da ronda anterior, ficou uma grande penalidade por assinalar a favor dos dragões.
Contas feitas, a classificação fica assim:
F.C.PORTO 36
Benfica 31
Sporting 26

Etiquetas:

5 Comments:

Anonymous Magno Ribeiro said...

Completamente ridícula esta classificação..nada tendenciosa, nadinha mesmo..o Benfica quase que está em primeiro..Você é daqueles que só nota uma má arbitragem quando o arbitro não marca um penálti ou quando anula uma jogada por fora de jogo inesxistente...é triste..quando o seu clube é constantemente beneficiado ao longo dos jogos contra os pequenos, em lances simples que empurram a sua equipa para a frente e afogam as pequenas equipas em pormenores de faltinhas que só sao marcadas para um lado, esses erros ja nao nota..com uma equipa que se tem pautado por grandes dificuldades, ganhando jogos à tangente e sem convencer ninguem, e você quase que a poe em primeiro lugar..so os outros é que sao roubados..que palhaçada!

8.1.08  
Anonymous Anónimo said...

Para o campeonato, o que conta são os 3 pontos, por isso se roubarem um pénaltie, mas o clube ganhou...de que se queixam ?
É o mesmo que ganhem por um ou por 6, ganham os 3 pontos na mesma.....

Cump.s
CF

8.1.08  
Blogger LF said...

As regras da classificação "real" são as da objectividade.
Penaltis por marcar e mal marcados, golos mal anulados e mal validados.
Tudo o resto é subjectivo. Mesmo as expulsões.

Como se pode ver, a última correcção que fiz foi a atribuição de um ponto ao F.C.Porto por um penalti por assinalar na Choupana a seu favor...

8.1.08  
Blogger LF said...

Acrescento apenas que o Benfica tem aqui só mais dois pontos que na classificação oficial. Foram os resultantes de um penalti por assinalar na primeira jornada diante do Leixões no Bessa, por cotovelada a Nuno Assis dentro da área.

8.1.08  
Blogger LF said...

Já agora refiro que o F.C.Porto tem mais um ponto em virtude deste jogo da Choupana, e menos três, um com o Belenenses em que empatou com um golo em fora-de-jogo, e dois com o Sporting, fruto do tal livre que, de forma isenta (ninguém me pode acusar de sportinguismo) considerei indevido.

Mas recordo que não foram estes os únicos golos irregulares dos dragões esta época.
Mesmo sem interferir directamente na pontuação, vários foram os golos, no meio ou a abrir vitórias mais folgadas, que o F.C.Porto ficou a dever a erros de arbitragem.
Para quem não leu na altura:

http://vedetadabola.blogspot.com/2007/11/os-golos-do-campeo.html

8.1.08  

Enviar um comentário

<< Home