08/03/10

9-1=8

Faltam ainda oito finais. Oito semanas para que se faça justiça à verdade deste campeonato e para que o bom futebol seja premiado. Oito jornadas em que muitas coisas estarão em jogo, mas face às quais este Benfica não dá qualquer sinal de cedência, lançando no ar a questão: quem o poderá parar?
É muito cedo para entrar em euforias, mas não estaria a ser honesto se não confessasse que esta noite comecei a ver o fundo ao tacho.
A superioridade do Benfica sobre os seus adversários é esmagadora, e cada vez mais afirmativa. A diferença pontual vai aumentando, e só um tal Benfica-Sp.Braga, dentro de duas semanas, ameaça um panorama de optimismo absoluto. Se o Benfica não perder pontos na Choupana e ganhar o jogo com o adversário directo, será, com toda a certeza, campeão nacional. E poderá mesmo sê-lo antes ainda da deslocação ao Estádio do Dragão na penúltima jornada.
Diante do Paços de Ferreira os encarnados fizeram aquilo que tinham de fazer. Entraram a matar, realizando vinte minutos plenos de velocidade, intensidade, pressão e capacidade técnico-táctica, ao nível do melhor que se lhes viu esta temporada. Deixaram o adversário à beira do KO, marcando dois golos, e ficando a dever a si próprios outros tantos. Nova goleada parecia vir a caminho.
Acontece que nesta fase da temporada o realismo é uma virtude da qual ninguém pode prescindir. A partir da meia-hora o Benfica baixou o ritmo, fazendo a gestão do jogo que se impunha. Tudo corria dentro do previsto não fosse o golo de William, à beira do intervalo, que veio pôr alguma desordem num guião que desde cedo ficara escrito.
Aquele momento fortuito relançou o jogo, e fez soar campainhas de alarme na equipa encarnada. Até porque, ao contrário do que ocorrera no início da partida, no regresso do intervalo via-se um Paços muito mais seguro, ameaçando discutir o resultado até ao último minuto.
Por alguns momentos a ansiedade tomou conta das bancadas da Luz, mas com um remate feliz de Cardozo tudo voltou ao devido lugar. O Benfica, com os três pontos na mão, geriu então o jogo como quis, não deixando espaço para grandes veleidades ofensivas a um adversário que, ainda assim, nunca desistiu de tentar a sua sorte.
Os números finais acabam por ficar aquém daquilo que o Benfica merecia, mas uma maior diferença de golos seria, por outro lado, demasiado cruel para uma das melhores equipas que passou pela Luz nos últimos tempos.
Individualmente creio que Di Maria, mesmo sem marcar, voltou a ser o melhor em campo, dando sequência ao seu extraordinário momento de forma. Mas também Cardozo, Ruben Amorim e Airton (que agradável surpresa…) estiveram em bom plano.
Soares Dias teve um jogo fácil de dirigir, mas não seguiu um critério coerente na mostragem de cartões amarelos.
Seguem-se duas jornadas que, como disse, poderão definir o campeão. Duas vitórias seguidas e o Benfica poderá começar a encomendar as faixas. E tão bem que elas lhe irão ficar…
PS: Não tendo sido possível introduzir a classificação "real" em tempo útil, deixo aqui um resumo da mesma:
FC PORTO-OLHANENSE: um penálti por marcar para cada lado; 1º golo do Olhanense legal - 2-2
V.SETÚBAL-SP.BRAGA: nenhum dos penáltis reclamados o foi - 0-0
BELENENSES-SPORTING: golo mal anulado ao Sporting - 0-5
BENFICA-P.FERREIRA: nenhum dos penáltis reclamados o foi; falta de Coentrão fora da área por assinalar; amarelos exagerados a Saviola e Di Maria - 3-1
CLASSIFICAÇÃO: BENFICA 60 pts, Sp.Braga 45, FC Porto 44 e Sporting 38

Etiquetas:

10 Comments:

Anonymous zé das coibes said...

o carlos martins tb fez um excelente jogo. É uma grande injustiça ele não ir à selecção, assim como o ruben amorim e o coentrão.

(tb gostei muito do airton)

8.3.10  
Blogger João N said...

O Artur Soares Dias nunca é coerente na amostragem de cartões nos jogos do Benfica.

À um lance em que o Ricardo é derrubado pelo Cardozo e protesta, de forma muito mais agressiva do que o Di Maria em lance idêntico. Resultado: Amarelo ao Di e nada para o Ricardo.

8.3.10  
Anonymous Peter said...

O Airton simplesmente não falhou um passe, sempre simples tudo com conta peso e medida, e só tem 19 anos em geral tiveram todos bem.O artur soares dias mais uma vez no aspecto disciplinar prejudicou o BENFICA, já o ano passado contra o marítimo quando os insulares levaram 6 do glorioso tinha dado 11 cartões amarelos,mas no palno técnico até esteve bem.

9.3.10  
Blogger pjsimoes said...

Ainda faltam 8 jogos!!!! A espera por cada jogo do Benfica mata-me!!! :D

http://universobenfiquista.blogspot.com

9.3.10  
Blogger Jotas said...

Mais uma exibição convicente do Benfica, começam a faltar adjectivos para classificar o bom futebol desta equipa, futebol esse, cuja qualidade, lhe dá total mérito e inteira justiça na liderança, a qual, só pode ser questionada por ma fé, ou por alguém com uma tremenda incapacidade de ver e apreciar bom futebol.
Faltam 8 finais e apesar de nada estar ganho, de ainda haver um longo caminho pela frente e muitas dificuldades no relvado e fora dele, seria uma tremenda injustiça, uma equipa que apresenta tamanho nível, não ser o justo campeão.

9.3.10  
Anonymous Petição said...

POR UMA REVOLUÇÃO NO FUTEBOL EM PORTUGAL:
http://www.ipetitions.com/petition/revolucaofutebolportugal/

9.3.10  
Anonymous Vitória do Benfica said...

Eu acho que todos fizeram um excelente jogo. Só o David Luiz teve mal no passe que deu origem ao golo do Paços.
O Soares Dias pelo facto de ter dado de imediato um cartão amarelo ao Di fez com que ele abrandasse o ritmo de jogo.

Caro Luis quanto às faixas voc^ê passa do oito ao oitenta o ano passado dizia que a direcção deveria preparar os sócios para estar uns anos sem ganhar titulos. Ainda falta ainda falta, eu tal como você desejamos um Benfica campeão mas j'a viu com quantos Portos o Benfica vai jogar?. Porto B (Braga), Porto C (Olhanense) Porto V (Sporting) quando estes passarem então eu acredito.

EU SÒ QUERO O BENFICA CAMPEÃO

9.3.10  
Blogger LF said...

Vitória,

Qual é o adepto do futebol que não passa do oitenta para o oito e do oito para o oitenta?

Na verdade, confesso que me surpreendeu bastante a força do Benfica nesta época. A vários níveis: desportivo (não achava possível que Jesus pudesse fazer um trabalho tão brilhante), e financeiro (desconhecia as verdadeiras e impressionantes capacidades de crédito de que o Benfica dispunha).
Também não pensava que o Porto e o Sporting iriam cair tanto.

Enfim, cá estamos no primeiro lugar destacado.

Quanto a faixas, o que disse reafirmo: se o Benfica ganhar os próximos dois jogos, só uma hecatombe lhe retirará o campeonato.
Creio que nem os nossos mais acérrimos adversários o negarão.

9.3.10  
Blogger LF said...

Este comentário foi removido pelo autor.

9.3.10  
Anonymous Vitória do Benfica said...

Luis
Não me leve a mal. È bom que se tenha enganado o ano passado.

Mas na realidade se calhar nenhum de nós terá consciente do que se passou no futebol nos últimos 25 anos e da força que este negócio aliás como todos na area do entretenimento estão a ter.

O que se passa no Porto e no Sporting não se entende, ou melhor não temos dados para compreender, sobretudo no Porto, não sei se este não é o pior POrto dos últimos vinte cinco anos não é só a força do Benfica que é enorme a capacidade do Jesus e as condições no Benfica.

Realmente um grande amigo meu e muito conhecedor da realidade do Benfica dizia-me outro dia" Eu estou descansado quanto ao aspecto financeiro" e pelos vistos é mesmo para estar, porque se tem crédito é porque tem potencialidades

9.3.10  

Enviar um comentário

<< Home