17/03/16

PRIORIDADES

No momento em que o estimado leitor puder ler estas páginas, provavelmente já conhecerá o adversário do Benfica nos quartos-de-final da Champions League. Já saberá, pois, se o “Glorioso” tem poucas, muito poucas, ou quase nenhumas hipóteses de seguir em frente. Numa perspectiva pragmática, é esse o naipe de possibilidades que esta fase da competição nos coloca, dada a colossal capacidade financeira e desportiva das forças em presença.
O sonho é legítimo, mas a realidade diz-nos que as obrigações externas do nosso Clube já estão, nesta temporada, amplamente cumpridas. Daqui em diante, há que desfrutar, sem dramas, e sem pressões que não sejam as de dignificar a camisola e preservar o prestígio internacional que Eusébio e seus pares nos legaram.
Paralelamente, temos um Campeonato ao rubro e uma liderança presa por um cabelo – a qual, precisamos de manter até ao fim, custe o que custar. Bela Guttmann dizia que o futebol português não tinha rabo para duas cadeiras. E por essa Europa fora é já bem conhecido o chamado “Vírus Champions”, que subtrai pontos nas ligas nacionais, quer nas vésperas, quer no rescaldo dos grandes jogos europeus. As explicações não vêm ao caso, mas não são do domínio da coincidência.

Temos pois que analisar friamente o que queremos, o que podemos alcançar, e qual a melhor forma de o conseguir. Este Campeonato é, por múltiplos motivos, tremendamente importante para o Benfica. Porventura o mais importante da última década. É na sua conquista que tem de estar o foco de todos os profissionais da casa. Terá de ser essa a nossa prioridade absoluta. O resto se verá.

1 Comments:

Blogger ultraslb said...

O S.L.Benfica seja qual for a competição terá que entrar sempre em campo para vencer!!!
O Virus-Champions não poderá servir de desculpa!!!
Este ano, penso que, uma das vantagens que o S.L.Benfica pode ter é o facto de constarem diversos jovens no seu plantel que de certeza vão dar o máximo em todos os jogos! penso que não será má ideia em jogos, à partida, mais acessíveis dar por exemplo a titularidade a Guedes. E ainda tem jogadores como Carcela, Sálvio e Raul que de certeza também aproveitaram todos os minutos que lhes disponibilizarem.
E PLURIBUS UNUM!!!

17.3.16  

Enviar um comentário

<< Home