03/11/10

A MATEMÁTICA DA CHAMPIONS

Como se percebe, o Schalke-Lyon e o Benfica-Schalke são os jogos chave do apuramento. Se alemães venceram franceses, praticamente obrigam o Benfica a ganhar os dois jogos. Se isso não acontecer, 4 pontos chegarão aos encarnados - ou mesmo apenas 3, desde que conseguidos frente ao Schalke.
A manutenção nas competições europeias ficou ontem praticamente garantida, pois só no caso do Hapoel ir vencer a Lyon, o Benfica poderia cair (com a combinação DE ou DD) para o último lugar.

5 Comments:

Anonymous António said...

Este quadro está correcto.
No post anterior tens lá uma consideração errada em relação à necessidade dos golos para critéris de goal average.
falas numa hipótese de empate pontual com o shalke necessitarmos de vencer por 3-0 e não 2-0. Ora essa igualdade pontual só poderá acontecer se o shalke perder com p lion e nós empatarmos com o hapoel. Aí para nos qualificarmos "bastará" ganhar ao shalke, não interessando por quantos.
Os 4-0 ou 7-1 só seriam importantes para um empate pontual com o lion (vitória do benfica com o hapoel e derrota do lion com o shalke e a mesma pontuação para o benfica e lion na última jornada)
desculpa lá qualquer coisinha mas também tenho a mania das contas (força do hábito ehehehe)

3.11.10  
Blogger LF said...

A igualdade pontual a que me referia era no final, e não após a próxima jornada.
Se empatarmos em Israel, e o Schalke ganhar ao Lyon, chegamos à última jornada com menos 3 pontos que os alemães.
Aí é que, ganhando por 2-0, podiamos beneficiar de um goal-average mais vantajoso.
Eles têm neste momento 5-2 (ganhando ao Lyon fariam, por exemplo, 6-2).Nós temos 6-7, e empatando com o Hapoel a diferença continuaria negativa num golo.
Ganhando 2-0 ao Schalke não dava, pois ficariamos com 8-7, e eles com 6-4.
Mas se tivéssemos ganho ontem, nem que fosse 4-2, já o total poderia, nesse caso, dar 8-6, para 6-4 do Schalke.
Ganhando 4-0, até daria para o Schalke ganhar por 3 golos ao Lyon, que mesmo assim, nessa situação, bastar-nos-ia o 2-0 no último jogo.
Com 4-0, ou 4-1 ficávamos tb em vantagem definitiva sobre o Lyon, o que contudo só poderia ser aproveitado caso eles não ganhassem em casa ao Hapoel na última jornada. Logo esta é uma via, a meu ver, menos importante, e por isso destaquei a outra.

Eu também tenho a mania das contas, e verifiquei, uma a uma, cada uma das 81 possibilidades matemáticas de resultados. Posso dizer que o Benfica passa em 29 delas.
Mas também me posso ter enganado...

3.11.10  
Anonymous Vitória do Benfica said...

Luís
Significa que você estudou todas as probabilidades matemáticas. Eu só estou preocupada com a probabilidade de o Jesus voltara a meter avançados quando está a ganhar por quatro a zero

4.11.10  
Blogger VHugo said...

Lá chegou a máquina de calcular.

http://forcamagicoslb.blogspot.com/2010/11/cabeca-limpa.html

4.11.10  
Blogger LF said...

Vitória,

O jogo parecia ganho (e efectivamente estava).
Jesus terá querido dar minutos a jogadores menos utilizados, prepará-los para qualquer eventualidade, e simultaneamente, fazer descansar os titulares.
A coisa ia correndo mal, mas estrategicamente, desta vez, não me parece justo apontar-lhe nada.

A lição que fica é que, com estas equipas, mesmo a ganhar 4-0 o jogo não está nunca terminado.

4.11.10  

Enviar um comentário

<< Home