26/05/09

MAL ME QUER, BEM ME QUER

Há cinco dias atrás parecia certo que Quique Flores não ficaria na Luz, e Jorge Jesus tomaria o lugar dele no banco do Benfica. O que aconteceu daí para cá?
-Em primeiro lugar a equipa voltou a fazer uma exibição agradável, repetindo a boa impressão que tinha deixado em Braga.
-Em segundo lugar, após o jogo com o Belenenses os adeptos presentes no estádio aplaudiram efusivamente o treinador (e devo dizer que também eu o fiz, convencido que se tratava de uma despedida), tendo até sido vistas tarjas a pedir para ele ficar.
-Em terceiro lugar (porventura o dado mais importante), ouviram-se e leram-se nestes dias múltiplas declarações de apoio dos principais jogadores do plantel ao seu treinador, dizendo abertamente que gostariam que ele continuasse o seu trabalho – o capitão Luisão foi o primeiro, mas Maxi Pereira, Pablo Aimar e até Óscar Cardozo (suplente durante grande parte da época), seguiram-lhe o exemplo.
-Em quarto lugar, também figuras do passado recente benfiquista saíram em defesa do técnico espanhol, como foram os casos de Petit e Miguel.
-Em quinto lugar, o Benfica contratou o internacional brasileiro Ramires, investindo 7,5 milhões de euros, naturalmente por indicação (ou pelo menos com o aval) de Quique, pois neste momento é ele, e só ele, o técnico.
-Em sexto lugar, ao que diz a imprensa, o custo da sua rescisão ascende a valores próximos dos 4 milhões de euros, e nem o treinador, nem os seus adjuntos estarão disponíveis para prescindir daquilo a que, por lei, têm direito.
-Em sétimo lugar, também o Sp.Braga parece firme na defesa dos seus interesses, fazendo valer uma cláusula que se diz cifrada em um milhão de euros, o que faz subir o custo total do processo de substituição para valores próximos dos 5 milhões.
-Em oitavo lugar, o clube, não tendo a decisão final tomada, viu-se forçado a comunicar à CMVM que as notícias sobre a substituição do treinador não eram verdadeiras, e que estava a preparar com ele a próxima época.
Por todas estas razões é natural que a SAD encarnada hesite. É natural que tenha muitas dúvidas sobre o que fazer, pois eu também as teria. De um dos lados a possibilidade de despedir um técnico perdedor (são factos) e contratar um outro, relativamente consensual e profundo conhecedor do futebol português; Do outro lado, evitar o risco de se precipitar gastando uma fortuna para despedir um treinador querido dos jogadores e de uma importante parte dos sócios, num momento em que o seu conhecimento do país e do clube já é maior.
No meio desta encruzilhada, o que me parece importante é não deixar arrastar o processo, e levar em conta que qualquer decisão tomada terá de ser mantida até ao fim da próxima época. O pior que pode acontecer ao Benfica é mudar de treinador após as primeiras jornadas de 2009-10.
É Quique Flores um treinador tecnicamente competente, capaz, rigoroso, trabalhador, motivado, disciplinado e disciplinador? Terá a estrutura benfiquista força para suportar um treinador pouco consensual quando o primeiro mau resultado da próxima época acontecer? É no balanço entre as respostas a estas questões que a decisão final deve ser tomada.
Qualquer que seja ela, não sendo uma decisão nada fácil, terá aqui o meu incondicional apoio.

14 Comments:

Anonymous Kilas said...

Mesmo depois do comunicado à CMVM, a comunicação social não desarma e continua a atacar. Segundo o Record, o comunicado teve apenas a intenção de cumprir o regulamento da CMVM (como se o clube fosse obrigado a comunicar, em todos os contratos que mantém, que não pretende rescindir) e, acima de tudo, de "desgastar Quique"!!

O Benfica devia ter calado o assunto há muito tempo, mesmo depois de LFV ter dito, há cerca de dois meses, que Quique ia continuar. Agora, Rui Costa não pode falar, uma vez que está suspenso, mas há formas várias de comunicar.

Se Quique ficar, a comunicação social não vai perdoar esta humilhação. E também nunca vai pedir desculpas por nada. Pior, vai tentar salvar a face e dizer que Quique (se ficar) fica porque sim, porque é segunda escolha, e vai querer fragilizá-lo desde o início.

Tenho para mim que houve aqui uma clara intenção de certos jornaleiros em provocar a saída de Quique. O padrão é conhecido: faz-se uma manchete no jornal a falar da contestação dos adeptos, e na semana seguinte os adeptos levam lenços brancos para a Luz.

A quem interessa isto? A pergunta vale milhões, mas todos os caminhos, por fim, vão dar a Roma...

26.5.09  
Blogger GeracaoBenfica said...

Sem comentários:

http://geracaobenfica.blogspot.com/2009/05/agenda-de-vieira-humilha-rui-costa.html

enfim!

26.5.09  
Anonymous Afonsus said...

LF,
gosto do quique, apesar de ser demasiado teimoso e de ter demorado a aprender como deve jogar o benfica. todavia, não é por acaso que estas 2 ultimas boas exibições tenham ocorrido quando já está tudo definido e kd já não é preciso prejudicar o benfica..
aguardemos, nada leva a crer que o comunicado de ontem seja bluf.
apareça lá no meu sítio. Um abraço
Afonsus

26.5.09  
Anonymous Vitória do Benfica said...

Bom Dia Luis Fialho e restantes visitantes do blogue

È sempre com muito prazer que faço uma pausa, para ler e comentar os seus Posts.
Este é mais um Post demonstrativo do amor e da racionalidade que tem e com que lê os interesses do clube.

Também eu titubeei mesmo durante o jogo perante o Belenenses, na primeira parte, enfureci-me e apetecia-me mandar Quique embora, depois achei o jogo muito agradável e aquilo a que se chama um jogo à Benfica.

È verdade que nós Benfiquistas oscilamos muito com os resultados. Tudo o que diz é verdade, mas também me parece que é de um treinador com forte personalidade que o Benfica precisa.

Quanto á saída Eu talvez vá mais para o facto de Quique ser um treinador mais à Benfica com a elevação e a classe que Jorge de Jesus não tem. Quique é um homem inteligente.

Gostaria que não tivesse sido por dinheiro o motivo porque Quique ficou. Acho que aprenderá mais depressa aquilo que lhe falta do que o outro. Por outro lado esta posição retira credibilidade ao Correio da Manhã que tudo tem feito para desacreditar Luis Filipe Vieira e envenenar o seu relacionamento com Rui Costa.

Quem assistiu ontem ao programa 45 minutos, percebe porque no Benfica existe tanta ansiedade. Grande programa em prol da verdade e da justiça. Mas continuo a pensar que é uma pena a BenficaTV não ter acordo com a Zon. O Benfica ganharia muito mas mesmo muito.

Eu fico feliz com a permanência do Quique e de ter visto lágrimas em adeptos com tristeza de Quique poder deixar o clube.

Continuo achar Cardozo um grande elemento de grande carácter um jogador à Benfica. Depois de ter perdido a bola de prata porque o treinador não o colocou mais vezes a jogar ainda sai em defesa do treinador. È DE HOMEM OBRIGADO CARDOZO.

Quem disse que há problemas no balneário do Benfica . Provavelmente algum Judas.

Saudações Benfiquistas

26.5.09  
Anonymous Afonsus said...

LF,
dsc mas gostaria que fizesse um comentario a este post no geração benfica, sendo o dedeta da bola o site mais fidedigno juntamente com a tertulia.. http://geracaobenfica.blogspot.com/2009/05/agenda-de-vieira-humilha-rui-costa.html
abraço

26.5.09  
Blogger Francisco Marco António said...

O verdadeiro culpado por todo este momento do Benfica é sem dúvida o Sr Vieira. Está há muitos anos á frente do clube e apenas a espaços conseguiu-lhe conferir alguma estabilidade e recato necessários para que os profissionais trabalhassem em paz. Está certo que dotou o Benfica de outra capacidade financeira e logistica, e aí dou-lhe o mérito, mas creio que o seu tempo acabou, melhor, ele matou o seu próprio tempo, pela sua falta de nível, de educação, de convicção e pela sua apetência para falar sempre fora de tempo. Fora de tempo está ele e muitos dos que o rodeiam, por isso digo sem medo, se é Benfiquista, demita-se e convoque eleições antes da nova época. Já cá não faz falta nenhuma. Fica Quique!

26.5.09  
Blogger Vitor Esteves said...

além do mais não me parece que Jesus seja o treinador que necessitámos, até porque o principal obstáculo ao sucesso não é o treinador....

26.5.09  
Anonymous Anónimo said...

Tem de ficar! Os ultimos 20 treinadores do Benfica só n ganharam o campeonato por causa dos árbitros! Têem de ficar!!

26.5.09  
Blogger Francisco Marco António said...

Acho que nesta altura, e após tudo que se passou nestas últimas semanas seria uma prova inequívoca de força geracional se para além de mantermos o nosso treinador, renovassemos contrato com este, não só afastàvamos o cenario de mudança, como dariamos confiança a este para que pudesse prosseguir o seu trabalho tranquilamente. Acho sinceramente que não fez mau trabalho, fez aquilo que pode fazer de uma equipa amputada das suas boas refencias e do seu estilo de jogo, se não repare-se quantos jogadores que emprestavam dinamica individual à dinamica colectiva da equipa que já cá não estão? passo a enumerar: Simão, Geovanni, Karagounis, Micolli, Petit, Manuel Fernandes, Leo, foram saidas importantes em zonas nevrálgicas do sistema de jogo que não foram devidamente acauteladas com contratações que fizessem a vez. Suponho que se os nossos rivais adoptassem a mesma estratégia poderiamos ombrear com eles na luta pela regularidade, porém ao olhar os planteis dos respectivos rivais vê-se jogadores com muitos anos de casa, feitos a este campeonato, planteis em que muito pouco muda, e o que muda é rápidamente retocado. Por isto tudo, acho mau prosseguirmos com a lógica do constroi desconstroi que ao longo dos anos nunca provou ser a melhor. Estabilidade precisa-se e ganha-se, não se compra, e não é em 2 meses que se forma uma equipa. Saudações Benfiquistas!

26.5.09  
Anonymous Peter said...

O Quique só tem é de ficar e continuar o seu projecto que é de 2 anos e não de 1. O Benfica precisa de estabilidade. O j.jesus é bom treinador mas há coisas que eu não esqueço a postura dele no Benfica-braga e no braga-fcp, em ambos os jogos foi prejudicado e só se enfureceu no jogo com o Benfica com o fcp ficou caladinho que nem um rato. Quanto aos supostos maus resultados do Benfica no início da próxima, se eles acontecerem e a direcção de o Benfica não suportar a possível pressão tanto dos adeptos como dos media, mais uma vez revelarão fraqueza de espírito.Não se esqueçam que a instabilidade é que tem dado títulos aos outros.

26.5.09  
Anonymous Nuno Figo said...

Caro LF,

Por mim - e falo por outros benfiquistas, muito embora a ideia não seja consensual - Quique DEVE FICAR.

Aliás, atrevo-me a responder às questões que coloca:

"É Quique Flores um treinador tecnicamente competente, capaz, rigoroso, trabalhador, motivado, disciplinado e disciplinador? Terá a estrutura benfiquista força para suportar um treinador pouco consensual quando o primeiro mau resultado da próxima época acontecer? "

Tecnicamente competente, capaz?
Sim, não duvido. Haverá mais competentes? Também acredito que sim. Falta-lhe o conhecimento do futebol português? Faltava... Uma vez mais, outros conhecerão melhor. Mas terão outros defeitos.

Rigoroso, trabalhador?
Indiscutivelmente.

Motivado?
Sim, porque não? Parece-me um homem "vencedor", com um ego forte. Julgo que aceitaria a oportunidade com ainda mais garra.

Disciplinado e disciplinador?
Embora a resposta seja "sim", coloco algumas reservas. Penso que geriu "teoricamente" bem algumas situações durante a temporada - a troca de Quim por Moreira e vice-versa, os afastamentos de Jorge Ribeiro e Sidnei, os comentários sobre Reyes. Na prática, a coisa poderá não ter resultado tão bem, porque toda a frase, decisão, ou sugestão (bem como todo o silêncio ou negação) são sempre exaustivamente analisados e criticados por uma comunicação social sedenta de tricas no universo benfiquista.
Veja-se como o paineleiro Rui Santos, por exemplo, numa dissertação de 25 minutos sobre o Benfica, conseguiu dizer: "o Benfica precisa de estabilidade e de manter o seu treinador durante vários anos. Mas Quique não pode ficar".

Acima de tudo, creio que muitos dos "pecados" de Quique voltariam a ser feitos por qualquer outro. E senão fossem esses, outros seriam (com a excepção do desconhecimento do futebol português, caso a opção fosse um Jorge Jesus).

A meu ver, a decisão é SIMPLES. Quique fica. Porquê?
A comunicação social - um dos nossos inimigos - fica a chuchar no dedo.
Apostaríamos (FINALMENTE) na estabilidade.
Os jogadores ficariam - como manifestaram publicamente - satisfeitos.
Poupava-se 5 milhões de euros, que muita falta fazem.

Abraço,
Nuno

27.5.09  
Anonymous Kilas said...

Segundo o RECORD, principal motor da campanha anti-Quique, Vieira ficou irritado com os elogios e demontrações de afecto a Quique da parte de adeptos e jogadores!!!

Ao mesmo tempo que faz campanha pela facção "punhos de renda" nas eleições do sporting, o RECORD também quer ser administrador do futebol do Benfica e trazer Jesus à força para a Luz.

27.5.09  
Anonymous Brytto said...

Amadorismo no seu estado mais puro, até quando vamos tolerar esta direcção (presidente)!... Se fossem competentes tinham tratado este assunto como profissionais: primeiro tinham que ter chegado à conclusão que era necessário contratar outro treinador; segundo, e só em caso afirmativo, poderiam ter contactado o Jorge Jesus mas deveriam-no ter feito em sigilo absoluto, ora quebrado ese sigilo, estava bom de ver que o Quique jamais iria prescindir da sua avolutada quantia a que tem direito... E assim se começa por comprometer mais um ano. Por mim já tenho a minha conta - fora com esta gente!

28.5.09  
Blogger LF said...

Brytto,

Mas ninguém do Benfica (dirigentes) disse nada sobre o assunto.
Tudo o que se diz é nos jornais, e a informação até é contraditória.

Não tempos culpa de em relação ao Porto não fazerem o mesmo romance, nem fazerem capas com o Jesualdo Ferreira ou outro qualquer. Afinal de contas ainda não renovou.

É verdade que têm existido alguns erros neste processo, mas a situação é complexa.
Se o Jesus não vier para o Benfica, irá para o Porto em 2010-11. Isso é certo.
Quem acredita que ele seja um grande treinador (e eu ainda tenho algumas dúvidas), também não pode deixar de ter isso em conta.
Por outro lado são 4 milhões de euros, os aplausos dos adeptos e as declarações dos jogadores.

Vieira e Rui Costa estão a tratar o assunto, mas nenhum deles disse uma palavra sobre isso.
Os jornais é que fazem todo este folclore.

28.5.09  

Enviar um comentário

<< Home