13/03/09

UMA HIPÓTESE

Sem Ruben Amorim, e sem o seu natural substituto Carlos Martins, não é tarefa fácil escolher um onze para o Benfica. Com todos os jogadores do plantel disponíveis tenderia a apostar preferencialmente num losango a meio-campo. Assim, não creio que tal seja aconselhável.
Por outro lado, a utilização simultânea de dois extremos abertos nas alas, mais Pablo Aimar, mais Óscar Cardozo, seria meio caminho andado para perder o controlo do meio-campo, e passar mais uma noite de sofrimento. Se os dois últimos são indispensáveis, teria pois forçosamente que ser sacrificado um dos extremos. Entre Di Maria e Reyes, o argentino parece em melhor forma.
Perante isto, a minha proposta seria o adiantamento de Maxi Pereira para o lado direito do meio-campo e a entrada de Sidnei para o centro da defesa (com o consequente deslocamento de Miguel Vítor para a direita). Reyes ficaria no banco, e juntamente com Nuno Gomes seriam boas alternativas para, na segunda parte, se fosse caso disso, modificar a estratégia.

O jogo com o Vitória de Guimarães é mais uma autêntica final, pois os encarnados estão absolutamente proibídos de perder pontos, sobretudo antes da longa pausa a que o campeonato vai, uma vez mais, ser sujeito. Depois, possivelmente já com um título conquistado (a Taça da Liga), com o FC Porto envolvido em altas andanças europeias, e com uma eventual maior mobilização dos adeptos, talvez seja possível encontrar por fim o equilíbrio e a regularidade competitiva necessários para atacar a ponta final da luta pelo título.

14 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Não é o post mais indicado para comentar, tal como o outro aliás, Mas deixe-me perguntar:
Não é capaz de votar numa pessoa q dá emprego à ex do PC, e é capaz de votar num senhor q tem carradas de anos como sócio do porto?

Quanto à táctica, eu usaria o 4'3'3 sempre a pressionar, se chegássemos cedo à vantagem dava minutos ao bynia pa dar consistencia e oportunidade ao Urreta que fez um bom torneio.

VASCO;SAUDAçÔES BENFIQUISTAS

p.s Não é nenhuma onda vota BC, nem sei se votarei e tal como o LF disse, critica muito e propostas concretas são poucas, mas também estamos cá para ver

13.3.09  
Blogger LF said...

Falarei sobre as eleições oportunamente.
Para já o que me parece importante é todos apoiarmos a equipa até final da época.

13.3.09  
Anonymous Anónimo said...

sem duvida equilibrado:

4 centrais
2 trincos
1 lateral direito
1 extremo
1 medio criativo
1 avancado lento que necessita de ser bem servido,

sim senhor davas um excelente treinador...mas dos arrolinhos de alfragide.

Sinceramente, mentes///

13.3.09  
Anonymous Peter said...

O Maxi já há muito tempo que não joga a extremo, recuava-o para lateral direito e incluiria o Reyes no 11 inicial.

13.3.09  
Blogger JNF said...

Muito bem visto, mas acho que a inclusão de mais um extremo com a consequente saída do Yebda dava mais capacidade ofensiva sem desguarnecer a defesa. Ou então jogar com Cardozo e Nuno Gomes, mantendo Aimar no onze, sacrificando Yebda.

14.3.09  
Anonymous Silva Barqueiro said...

é com essas suposiçoes todas que ja somos TriCampeoes e vamos a caminho do Tetra...

14.3.09  
Anonymous Natálio Santos said...

por favor leiam o que aqui vai através deste link...
http://memoriasdopresente.blogspot.com/2006/12/juizes-da-democracia-branqueam-juizes.html

14.3.09  
Anonymous Anónimo said...

Seja este ou aquele, as dificuldades do Benfica residem na falta de rotinas(excepto nas bolas paradas)da equipa,na ausência de um sistema táctico minimamente assimilado. Por isso não faz sentido discutir se deve jogar este ou aquele.E logo lá estarei no meu lugar de sempre com um Xanax 0.5 no bucho para poder apoiar os 11 jogadores e ajudá-los a ganhar sem que a tensão arterial suba demasiado.
M. Vieira

14.3.09  
Anonymous Anónimo said...

Alguem sabe onde posso ver a benficaTV? Gostava de ver o jogo dos juniores mas nao consigo

14.3.09  
Anonymous Silva Barqueiro said...

O Quique é que esta empatado e troca avançado por avançado e depois a culpa é dos árbitros...
Quero ver as desculpas para esta derrota...
Assim até o campeonato da 2a circular vao perder...
SOMOS GRANDES!

15.3.09  
Anonymous Sérgio Neves said...

Pois é, venho desta forma manifestar o meu total desagrado com a exibição do Benfica, não é de hoje que venho a demonstrar desalento pela falta de cultura táctica, audácia, e sobretudo leitura de jogo do mister Quique Flores, mas tenho me remetido ao silêncio, sempre na esperança q talvez eu possa estar enganado.

Hoje para mim foi a gota de água, todos nós sabemos q cada jogo até ao final da época teria de ser encarado como se de uma final se tratasse. Pois bem, vi uma primeira parte aguerrida, fazendo pressão ao homem que tinha a bola e a apresentar um ímpeto físico bastante superior ao adversário, quando recuperávamos a bola, a anarquia atacante reinava.

Em relação à segunda parte, TOTALMENTE desastrosa, como se costuma dizer na gíria, “Demos o peido mestre”.Sem forças, sem querer, sem demonstrar aquela garra que um Campeão necessita para chegar ao fim do campeonato com o Caneco garantido. Para ajudar a festa substituições q sinceramente custam-me a entender.

Depois do q vi hj tenho muitas dúvidas se não todas quanto à possibilidade de o Benfica vir a ser campeão.

Tenho dito.

Bem haja.

15.3.09  
Anonymous Anónimo said...

Jura, take II

«Fui então ter com o presidente a Espinho, onde se realizava o primeiro aniversário dos dragões daquela cidade, e ficou decidido que eu continuava treinador do FC Porto. Depois da festa, a caminho do parque de estacionamento subterrâneo, disse-me: “Juro pela saúde da minha filha que caso você fosse embora não era o Mourinho que o vinha substituir. Porque eu telefonei para a Grécia, para o Fernando Santos, a saber se ele queria ocupar o seu lugar.” É importante referir que esta conversa decorreu em Janeiro. Porque tanto no livro do José Mourinho como no do próprio Pinto da Costa, ambos confessam que o contrato foi celebrado no dia do aniversário do presidente do FC Porto, que é a 28 ou 29 de Dezembro. Basta consultar os livros. Ora, como é que o Pinto da Costa teve cara para me dizer, em Janeiro, que o Mourinho jamais me iria substituir? Ainda por cima jurando pela saúde da filha? Que homem e´ este?»

15.3.09  
Anonymous Silva Barqueiro said...

Parece que essas contas saíram furadas... Dependendo ainda do resultado de mais logo, claro... Mas mesmo que o Porto perca(?), são menos 3 pontos em jogo...

15.3.09  
Blogger Mestre Alves said...

Parece-me que o momento do Benfica seria de reuniao das tropas. Sou portista mas há duas coisas que de facto me indignam nos benfiquistas.

A primeira é o famoso ensaio sobre a cegueira, de que o PC e o Porto é que lhes roubam titulos com corrupçao, e o segundo é o facto de nao possuirem o timing das grandes equipas. Nos momentos dificeis separam-se uns dos outros, procuram bodes expiatórios, justificam os falhanços com um absurdismo digno de novela de ficçao.

Ontem nao vi um grande Benfica, mas vi um melhor que em muitos jogos com resultados mais positivos, e hoje os jornais já se atiravam ao treinador por este fazer um semi elogio ao FC Porto, como se fosse ele o culpado de tudo.

15.3.09  

Enviar um comentário

<< Home