18/06/07

TARDE E A MÁS HORAS

Já não é a primeira, nem a segunda vez que nos acontece. Bem à portuguesa, apenas e só sob pressão a selecção de sub-21 foi capaz de jogar o futebol que sabe e pode. Foi tarde.
Bem à portuguesa também, sobram agora queixas de tudo e de todos, quando a culpa foi exclusivamente da nossa equipa (jogadores e técnicos), e do modo sobranceiro como abordaram, sobretudo, o primeiro jogo - aquele que tinhamos obrigação de ter ganho.
Pela porta do fundo é todavia ainda possível chegar aos Jogos Olímpicos (um dos grandes objectivos desta prova e não mera consolação como estranhamente tenho ouvido e lido). Teremos de vencer uma Itália com a qual o futebol português tem tradicionalmente grandes dificuldades.
Veremos que Portugal entrará em campo na quinta-feira: o de sábado, ou o dos dois primeiros tristes jogos ?

2 Comments:

Anonymous catn said...

LF

Mais uma vez, tenho de falar de mentalidade, humildade e vontade de jogar

Com a Belgica, pensaram que eram "favas contadas", jogaram sem chama, perto do final, acharam que um empate até não era mau, como chegou a dizer o Treinador

Contra a Holanda, pensaram, que mais tarde ou mais cedo, haveria de entrar uma bola, pois os nossos jogadores eram melhores,assim se passou toda a 1ª parte, depois perceberam que tinham de jogar mais, fizeram uma 2ª parte, pouco melhor e perderam

Com Israel, já a fazer contas de cabeça, lá marcaram muitos golos, mas o mal já estava feito

Quero ainda falar sobre o nosso treinador, deu um mau exemplo aos jogadores e demonstrou uma grande intranquilidade e muitos nervos á flor da pele, ele quer fazer passar, que é muito calmo e que tem grande certeza nas suas opções, depois perde as estribeiras e desatina com arbitros e jornalistas

As suas formações de equipa, tambem deixam muito a desejar, deu a ideia de não conhecer muito bem os jogadores, deixa de fora o João Pereira e o Antunes, quando todos sabem que estes são os melhores a subir no terreno, condição primordial quando se joga em 442"losango" e aqueles que têm mais garra

Gostaria ainda que o LF me informa-se do porque deste Play-off, eu não percebi esta situação

Espero que na 5ªfeira, joguem com garra e sem vedetismos, para podermos ir aos Jogos Olimpicos

19.6.07  
Blogger LF said...

A situação da Inglaterra prende-se com o facto de nas olimpiadas estar presente o país Reino Unido, e não a Inglaterra, que como sabemos, sendo uma federação de futebol autónoma (tal como a Escócia, País de Gales ou Irlanda do Norte), não é um estado.

Concordo quanto a Couceiro. Nunca provou nada enquanto treinador, salvo alguns meses atípicos no Vitória de Setúbal, onde os aspectos emocionais se sobrepuseram aos técnicos.

Estes jogadores, orientados por Scolari, seriam sérios candidatos ao título europeu.

19.6.07  

Enviar um comentário

<< Home