10/11/17

A ENTREVISTA - destaques

MAILS: Com humildade e serenidade, Vieira confessou que o Benfica não estaria preparado para um ataque daquela natureza, mostrando tranquilidade total quanto ao desfecho das investigações. Foi franco e certeiro ao lamentar o impacto mediático de um tema que na justiça não dará em nada, mas que nas televisões e nos jornais já fez, e vai fazendo, alguma mossa. Tranquilizou a nação benfiquista, prometendo fazer com que este caso não fique impune. 

ARBITRAGEM: Foi, uma vez, mais, a única voz de bom senso na abordagem de um tema que tem servido, exclusivamente, para arma de arremesso contra o Benfica. Desafiou os árbitros a contarem as verdades, e os poderes a actuarem na defesa do futebol. Marca aqui uma diferença substancial de comportamento face aos dois rivais.

APOSTA NA FORMAÇÃO: O ponto mais frágil da entrevista, pois se por um lado toda a estratégia defendida faz sentido, a verdade é que a prática tem sido diferente. Não na aposta na formação em si, mas no aproveitamento dos jovens para a primeira equipa. É verdade que com Ederson, Nélson, Lindelof, André Gomes, Bernardo, Renato, Gonçalo, Cancelo etc, o Benfica poderia ter já hoje uma grande equipa alicerçada na sua formação, mas também é verdade que todos eles foram rapidamente vendidos, alguns sem chegar a jogar uma única vez como titulares. É uma contradição face ao discurso oficializado, que o futuro poderá dissolver, mas que o passado e o presente não permitem, por enquanto, ignorar.

MOMENTO DA EQUIPA: Sereno, Vieira lembrou que não se pode ganhar todos os jogos, mas que o plantel é forte e vai lutar até ao fim. Explicou bem algumas opções. Outras não tanto (Mitroglou não era apenas "um dos" quatro avançados, mas sim o único ponta-de-lança puro do plantel).

SPORTING: O momento de humor da entrevista foi quando falou da aliança dragarta, lembrando que nestes casos o Sporting fica sempre por baixo - como parece, de facto, começar a acontecer uma vez mais.

NUNO GOMES: Tudo explicado.

RUI GOMES DA SILVA: Vieira esteve muito bem, confessando ter ficado magoado com algumas observações do ex-presidente, sobretudo por terem sido feitas num momento delicado. Creio que os sócios do Benfica terão podido tirar conclusões desses episódios.

AG: Num momento quase intimista, Vieira mostrou o quanto o magoou a incompreensão e o comportamento de alguns sócios na última AG.

RUI VITÓRIA: Não poderia dizer outra coisa. Enquanto Vitória for treinador do Benfica, estará "seguro" até final do contrato. Veremos o que acontece se as coisas correrem mal, algo que com este treinador ainda não aconteceu verdadeiramente (pelo menos em termos de campeonato nacional).

NOTA FINAL (0-20): 17 valores.

2 Comments:

Blogger No.Worries said...

Para mal dos nossos (meu e do caro LF) pecados, parece que LFV fechou definitivamente a porta ao regresso do ciclismo... uma pena...
Quanto ao resto, julgo que seria importante explicar em que ponto está o negócio com a NOS, para que se perceba se afinal o nosso acordo é ou não o pior.
Concordo com a opinião do LF sobre a transferência de Mitroglou, mas já sabemos o que LFV percebe de futebol... e isso também ficou provado quando diz que Garay a regressar iria tirar espaço a Rúben Dias. Quem teria que se preocupar com o regresso de Garay não seria o Rúben (com quem julgo que o argentino faria uma dupla brutal), mas sim Luisão e Lisandro.
A aposta séria nos melhores jogadores oriundos da formação é caso de ver para crer. Só acredito nisso se os melhores ficarem até aos 21, 22 anos, e não serem vendidos com 18, 19 anos.
Quanto aos emails, espero sinceramente que ninguém fique impune.

11.11.17  
Anonymous Anónimo said...

Fico feliz de ver que afinal já toda a gente aceita como verdade os e-mails até mesmo o presidente. Incrível as versões já passadas pela máquina vermelhuxa para iludir os coitadinhos, primeiro começou como "algo inventado", depois para "algo alterado", depois para "algo de origem ilegal" e agora "não serve para se provar algo". Uma coisa já é certa, "algo se passou por ali".

Eles andam a cair um a um. Ontem foi mais um. Percebe-se como aquele estádio está sempre cheio, é só "lugares jeitosos" oferecidos, dá sempre jeito um juiz amigo aqui e ali, ainda bem que têm os morcões a sustentar aquilo tudo.

Só para finalizar, esqueceu-se de comentar sobre a fantástica opinião que o seu presidente tem do ciclismo, as vezes fico na dúvida se o dopping no ciclismo é pior do que os agentes no futebol, mas isso o seu presidente já não pode comentar, assim como você ainda não conseguiu "ter tomates" de emitir a sua opinião sobre as contas do seu clube.

11.11.17  

Enviar um comentário

<< Home