22/09/17

HAJA MEMÓRIA

Ainda me lembro disto
 ...e disto
 ...e disto
 ...e disto
 ...e disto
 ...e disto
 ...e disto

5 Comments:

Anonymous Anónimo said...

HAJA EXIGÊNCIA, CARALHO!

22.9.17  
Anonymous Anónimo said...

Aproveitam-se Preud'Homme, Enke, Poborsby, Nuno Gomes, João Pinto, Maniche, Marchena e Miguel. O resto é lixo.

22.9.17  
Blogger Michael Krueger said...

E Gamarra, Amaral e o Calado, que apesar do que dizem, era bem melhor, de longe, que F. Augusto por exemplo.

Obrigado e Saudações!

23.9.17  
Anonymous Anónimo said...

É curioso como a comunicação social consegue inverter as coisas e há imbecis que vão atrás. O Benfica atravessa claramente a melhor fase dos últimos 25 anos. É tetracampeão (nunca tinha sido), tem uma estrutura sólida, tem potenciado jogadores como nunca, tem as melhores escolas em Portugal. O Benfica não tem nada a provar. Se todos nós questionámos o domínio irrealista do Porto, que se veio comprovar que aconteceu com corrupção, não podemos esperar que o Benfica ganhe os jogos todos e seja campeão todos os anos. Todas as modalidades desportivas são feitas de ciclos. Não há uma equipa em nenhum desporto que ganhe sempre. O Benfica continua a aspirar ao penta e continua a ser a equipa mais forte, mas não me choca que não sejamos campeões. Os grandes clubes não são aqueles que ganham campeonatos ano após ano, porque isso é impossível, mas sim os que depois de perder, conseguem sempre voltar lá acima.

Nessa lógica, é interessante constatar que há uma equipa que tem um treinador a ganhar 8 milhões por ano, está no 3º ano à frente do clube e só ganhou uma Supertaça. Todos os anos gastam milhões em jogadores (este ano foram mais de 30), todos os anos o presidente garante que vai ser campeão, todos os anos faz promessas que não cumpre. Têm o rótulo de "grande" mas festejam segundos lugares, em 35 anos ganharam 2 campeonatos e nunca fizeram nada de relevante a nível de Liga dos Campeões. E há outra equipa que dominou o futebol nacional (à conta das coisas que a gente sabe), mas apesar de contratações milionárias e salários excêntricos de certos jogadores, não ganha uma única competição há mais de 4 anos. Não serão estes clubes a estar sobre pressão e a ter de ganhar? É que não parece. A exigência está só do lado do Benfica, que parece ter a total obrigação de ganhar todos os jogos e todas as competições. Os outros, somam fracassos atrás de fracassos, mas são desculpabilizados e branqueados. Há aqui claramente má fé da imprensa, que lança estas ideias. Cabe às pessoas serem inteligentes.

24.9.17  
Blogger Marco Rego said...

Haviam mais bons jogadores nesses plantéis, os maiores problemas eram a falta de dinheiro que nos impedia de ter mais bons jogadores; e a falta de organização que permitia que fôssemos muitas vezes prejudicados e não tivéssemos força para nos fazer ouvir; além disso como não tínhamos recursos humanos para dar a volta às situações em que eramos prejudicados, acabávamos por afundar-nos

Hoje em dia temos menos "cepos" e estamos mais organizados, mas também temos mais dinheiro.

24.9.17  

Enviar um comentário

<< Home