19/04/16

MAIS DO QUE UM JOGO

Faltam quatro.
Apenas quatro jornadas para o fim de um dos campeonatos mais empolgantes dos últimos anos, e, provavelmente, o mais importante da última década.
Cada jogo é uma “final”, como há muito afirma Rui Vitória. Mas a “final” deste domingo é especial, e pode definir muito mais do que os três pontos em disputa. Pode muito bem ser a verdadeira “final”. O momento chave na decisão do título. O Cabo da Boa Esperança na rota para o Marquês.
O Rio Ave está em 5º lugar, a lutar arduamente por uma vaga na Liga Europa (os adversários seguintes estão do 10º lugar para baixo, e já sem objectivos). O estádio do Rio Ave é difícil, e tradicionalmente problemático para o Benfica (ainda na época passada lá perdemos). O Rio Ave tem uma equipa muito coesa, onde pontuam jogadores emprestados pelos nossos rivais. O treinador, excelente diga-se, é também ele um antigo jogador do Sporting, valha isso o que valer. A equipa vila-condense apresenta-se praticamente na máxima força (apenas Roderick não jogará). Esta jornada antecede um FC Porto-Sporting, cuja abordagem em muito depende do que se vier a passar em Vila do Conde.
Não são precisos mais condimentos para olharmos para a partida de domingo como uma das mais importantes da temporada.
O jogo com o V.Setúbal evidenciou algum desgaste da nossa equipa. Após tão exigente compromisso europeu, não seria de esperar outra coisa. Felizmente, chegou para vencer.

Agora, com uma semana de repouso, teremos de entrar “a matar” no Estádio dos Arcos, como se de cada lance dependesse toda uma vida. Só assim podemos trazer a vitória. Só assim chegaremos ao 35º.

2 Comments:

Anonymous Anónimo said...

pois é. enquanto isso, houve nomeações.

artur soares dias - era de prever que o actual nome mais sonante da arbitragem fosse escolhido para um jogo tão importante como o Rio Ave-Benfica. E isso, por si só, não me interessa muito. Soares Dias já nos prejudicou, contra o Sporting inclusivé, mas acredito que poderia fazer uma boa arbitragem. Mas...

Há um par de semanas, e já 3 semanas após o clássico, assim do nada, a nota de Soares Dias no clássico foi revista muito para baixo. Porquê? Por causa de um único lance - aos 86 minutos, não expulsou o Renato. E assim, foi fortemente penalizado na nota.

Como quem diz: vê o que te acontece se te portas mal. É, desde que Pedro Proença anda na liga acontecem coisas estranhas.

É que Schelotto fez uma igual à do Renato no Estoril e esse árbitro não foi penalizado.
William fez uma igual em Guimarães e esse árbitro também não foi penalizado.
E o Coates em Moreira de Cónegos idem - vamos ver se aquela arbitragem é tão castigada como foi a de Soares Dias no derby.

Portanto, a situação é esta: foi nomeado um árbitro que está pressionado para, no caso de dúvida prejudicar o Benfica.

Que ele seja forte e tenha categoria para este jogo importante.

E que o Benfica também.

20.4.16  
Blogger José Ramalhete said...

E principalmente não entrar a dormir...

20.4.16  

Enviar um comentário

<< Home