19/08/13

FACES POUCO OCULTAS

O Campeonato só agora vai começar, mas há já muito que os nossos adversários o preparam a seu jeito. Não falo de jogadores e técnicos de outros clubes, nem mesmo daqueles que estavam (ou deveriam estar) de um lado no jogo decisivo da última jornada da época passada, e estão agora confortavelmente instalados na cadeira do lado oposto. Falo antes de todo um vasto “plantel” de tribunos que, com mais ou menos oratória, com mais ou menos verborreia, insistem em falar do que não sabem, escrever sobre o que não conhecem, sempre com o fim, mais ou menos explícito, de perturbar a estabilidade do nosso Clube. Ao fim e ao cabo, os mesmos que durante anos silenciaram tudo o que - então sim - sabiam acerca dos escândalos que as escutas do processo “Apito Dourado” deixaram a nu. Desde a Final da Taça de Portugal que não param de especular. Logo nessa tarde, e nos dias que a seguiram, o veredicto foi lançado: ou Jesus, ou Cardozo! Primeiro, tentaram empurrar o nosso treinador para a porta da saída. “Não ganhou nada”, diziam, omitindo alguns dos motivos pelos quais não venceu, e esquecendo toda a valorização desportiva e financeira que implementou na equipa encarnada – que a levou, por exemplo, a um brilhante sexto lugar do ranking da UEFA. Consumada a renovação de Jorge Jesus, os focos desestabilizadores viraram-se para Tacuára. Na impossibilidade de se verem livres do técnico que relançou o Benfica para a discussão de todos os títulos, tentaram então ver-se livres daquele que é o melhor goleador benfiquista deste século. E, ao verem-no desculpar-se perante as câmaras de televisão, o desespero lançou-os numa última empreitada, a de descredibilizar esse pedido de desculpas (claro que induzido pelo Clube, ou alguém esperaria outra coisa?). É fácil percebê-los. É fácil entender porque motivo querem Jesus e Cardozo longe da Luz. Mas não podemos deixar que nos enganem. O Benfica é dirigido desde dentro, e jamais andará a reboque de comentadores televisivos ou jornalistas de duvidosa isenção.

3 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Se fosse dirigido de dentro para fora há Mt q o Cardoso ja estava a jogar.

19.8.13  
Anonymous Anónimo said...

Wishfull thinking é tão bonito.

Ou então é mesmo mentir descaradamente.

20.8.13  
Blogger Influência Arbitral said...

Para se ter uma ideia da influência que as decisões arbitrais (penalti ou expulsão) têm no desempenho das equipas convido-vos a visitarem o Blog: http://influenciaarbitral.blogspot.pt/

Sabiam que nas últimas 4 épocas o BENFICA JÁ PERDEU 22 PONTOS DIRETAMENTE POR UM ÚLTIMO GOLO SOFRIDO DE PENALTI OU APÓS SOFRER UMA EXPULSÃO enquanto que inacreditavelmente o F.C. PORTO NÃO PERDEU NENHUM, REPITO NENHUM PONTO DIRETAMENTE POR DECISÕES ARBITRAIS (penalti u expulsão).

Incrível, ...estes 2 clubes não parecem disputar o mesmo campeonatos!!!

15.9.13  

Enviar um comentário

<< Home