11/06/12

SEM GOLOS E SEM SORTE

Se na tarde de sábado me dissessem que Portugal perderia 0-1 com a selecção que considero a principal favorita a vencer o Euro 2012, aceitaria o resultado com alguma resignação. Depois de ver o jogo, e de chegar aos 72 minutos convencido que o zero a zero era um nó já demasiado firme para poder ser desatado com facilidade, não posso deixar de sentir alguma frustração.
Portugal não foi melhor do que a Alemanha. E tem aquele “pequeno” problema de não conseguir marcar golos. Mas a forma como a partida decorreu, e o modo como o meio-campo nacional conseguiu neutralizar a principal arma germânica (as transições rápidas), foram criando a expectativa de um bom resultado – quiçá até mesmo de uma vitória, se um rasgo de Cristiano Ronaldo tal permitisse.
A verdade é que bastou uma oportunidade para que Mário Gomez (um ponta-de-lança a sério) fizesse golo, e resolvesse a contenda.
Pode agora argumentar-se que a reacção lusa no último quarto-de-hora poderia ter surgido mais cedo. É fácil acertar no totobola à segunda-feira. O que me parece é que a arriscar mais, a equipa nacional ter-se-ia exposto prematuramente às tais transições alemãs, e o mais provável é que não conseguisse manter o nulo até tão tarde. No fundo, perante uma equipa que nos é claramente superior, a melhor forma de alcançar um resultado positivo correspondia, a meu ver, ao guião que foi seguido. Faltou apenas a sorte de que necessitávamos para que tal se concretizasse.
O resultado do outro jogo favorece-nos. Ganhando à Dinamarca (condição absolutamente imperiosa), poderemos discutir o apuramento na última jornada com a Holanda, e então, talvez um empate até possa bastar. Há pois que dar lugar à esperança, pelo menos por mais três dias.

2 Comments:

Blogger pjsimoes said...

Fonix!!! Finalmente encontro alguém que viu as coisas como eu!!! Era só comentadores a dizer que Portugal deveria ter arriscado mais... Porra, a esta hora estávamos a malhar no Paulo Bento porque tínhamos levado 3 da Alemanha!!!

11.6.12  
Anonymous Vitória do Benfica said...

Eu não acredito nesta selecçao. Viram, no final do jogo o encontrão do Bruno Alves ao Schweinsteigen. Sempre a mesma coisa.

12.6.12  

Enviar um comentário

<< Home