09/03/12

ACREDITAR ATÉ AO FIM

O meu cepticismo em relação ao Campeonato anda pela mesma medida do entusiasmo que estou a sentir com a Champions.

Espero que os jogadores não pensem o mesmo, pois as contas não estão ainda fechadas quanto ao primeiro lugar, e o segundo está longe de se poder considerar adquirido.

Se o Benfica ganhasse os jogos todos até final, creio que seria campeão. Com uns quartos-de-final de Champions pelo meio, não acredito nessa possibilidade. Mas a equipa deve trabalhar para ela, e não fechar definitivamente a porta á sorte que eventualmente possa vir a ter.

Para já, em Paços, há que pôr a euforia no congelador, e lutar com humildade e bravura, num campo onde só de fato-macaco se pode vencer.

Quanto ao onze, mesmo já sem Garay, Aimar e Emerson, faria ainda descansar Witsel e Gaitán. Gostaria também de ver Matic a jogar mais adiantado (na verdade, o sérvio parece ser mais um substituto para Witsel, do que para Javi).

6 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Espero é que o Melgarejo não se constipe momentos antes do jogo...

Com a gripe que tem andado por aí...

9.3.12  
Anonymous Anónimo said...

Espero é que o Melgarejo não se constipe momentos antes do jogo...

Com a gripe que tem andado por aí...

9.3.12  
Blogger LF said...

Quem sabe o Atsu lhe pegue o virus. Vila do Conde não é assim tão longe.

9.3.12  
Anonymous Anónimo said...

Pois por isso mesmo...
Os pregadores da "verdade", pregam bem mas é a verdade aos outros...quando toca a eles
...é só telhados de vidro...

Q moralidade...

9.3.12  
Anonymous Vitória do Benfica said...

O que lhes doi é o facto de O Benfica ter ultrpasado com mestria um clube que os colocou fora da Champions.

Já agora porque é que não dizem que o Henrique Calisto vá de gripe

9.3.12  
Blogger Manuel said...

O Melgarejo como não é o Atsu vai jogar, assim como nem o Benfica é o Porc...

Contra factos não há argumentos. Para mim é tão grave pagar a jogadores para se não esforçarem por causa das apostas desportivas como "pagar" ao clube receptor para que o jogador cedido não jogue.
É tudo corrupção, é tudo "match fixing".

Não entendo como a UEFA e a FIFA, que dizem que querem combater o "match fixing", não "corrige estes crimes e antentados contra a verdade desportiva, um atentado ao fair-play.

É grave. É grave demais.

10.3.12  

Enviar um comentário

<< Home