02/02/12



5 Comments:

Anonymous UnumSLB said...

"O futebol não é uma questão de vida ou de morte. É muito mais do que isso !" BILL SHANKLY

É nestes dias que nos apetece mandá-lo para trás das costas!
Mas suspeito que o futebol não passará de exemplo avançado da violencia latente nas sociedades actuais. E do que está para vir!

Lamenta-se!

2.2.12  
Anonymous Vitória do Benfica said...

Concordo em absoluto. Tudo isto é obra daqueles que no seu fanatismo nada conseguem ver. O que se passa no mundo arabe é de fato muito preocupante.

2.2.12  
Anonymous Anónimo said...

Tudo o que aconteceu em Port Said não passa de questões políticas que vão muito para além do futebol.

São guerrilhas concertadas que levam a cabo este tipo de acções com ideais políticos.

Segundo um Treinador Português que treinou o Al-Masri, que os adeptos daquele clube são apenas mais fanáticos que os restantes, mas que nada leva àquele extremismo.

Ninguém me tira da cabeça que foram acções mais do que ensaiadas as que fizeram os 70 mortos ontem em Port Said.

2.2.12  
Blogger Hugo said...

Uma grande tragedia em que o futebol foi apenas um pretexto para uma sociedade a viver uma pos-revolucao traumatica

2.2.12  
Anonymous farfalho, o maltês said...

A situação politica do país, com armamento distribuido por tudo quanto é mercenario, não deve estar alheia à verdadeira chacina.

Não acredito que o futebol provocasse tal desgraça... foi apenas o pretexto.

3.2.12  

Enviar um comentário

<< Home