11/01/12

POR CIMA DA MESA

Não sei se Djaniny vai ou não para o Benfica, nem se tem qualidade para lá se afirmar.


A eventual transferência está a ser mais debatida pelo timing, do que propriamente pelo valor do atleta – que, mostrando bons pormenores, ainda terá muita papa “Cerelac” para comer.


Diz-se que o Benfica não o deveria ter contactado nesta altura. Estando o mercado aberto a partir do início do mês, não sei então quando deveria, ou poderia, ter estabelecido o contacto (em Fevereiro? em Novembro? depois de outros clubes chegarem?). Este é o primeiro elemento mistificador do caso.


O segundo, e mais importante, é que, tal como aconteceu com Jardel (ex Olhanense), a negociação tem sido absolutamente transparente. Houvesse intenções corruptas e seria fácil deixar o jogador por lá, sob a penumbra do desconhecimento, e, por entre promessas e pagamentos menos claros, esperar algo em troca nos jogos contra. Rolando, por exemplo, andou anos a ser contratado pelo FC Porto, e a jogar (por coincidência ou não, quase sempre mal) contra o seu futuro clube, sem que muita gente desse por isso. Helton, teve de ser retirado do campo por um treinador num certo jogo, para todos ficarmos a saber que tinha um pré-acordo (até aí oculto) com o FC Porto. Beto teve de sofrer primeiro quatro golos, para semanas depois ver confirmada uma contratação que já estava comprometida. Com Kleber (convocado, não se sabe porquê, para a selecção brasileira), foi aquilo que se viu. Sem falar em Moutinho, que até meteu uma não convocação para a selecção, neste caso, portuguesa, de modo a facilitar o negócio.


Creio pois que a verdade desportiva sai bem mais defendida quando as coisas são feitas em cima da mesa. Há um período para transferências (absurdo, mas existe), há jogadores que interessam, há uma negociação legítima, e fica ao critério dos seus treinadores utilizá-los ou não – de acordo com as condições psicológicas que lhes vejam no momento. Com Jardel (que não jogou) e com Djaniny (que jogou), foi isso que aconteceu.

7 Comments:

Anonymous Anónimo said...

assim se fazem os negocios no S.L.BENFICA

As claras e com quem de direito,mais nada ..

11-01-2012 20:23
Avançado cabo-verdiano
Djaniny integra plantel a partir de 1 de Julho
Após acordo alcançado com a União Desportiva de Leiria - SAD, o atleta Jorge Djaniny Tavares Semedo celebrou, esta quarta-feira, no Estádio da Luz, contrato de trabalho desportivo com a Sport Lisboa e Benfica - SAD para vigorar a partir do próximo dia 1 de Julho de 2012 e válido até 30 de Junho de 2017.

Assim sendo, o atleta manter-se-á ao serviço da União de Leiria – SAD até final da presente época desportiva, passando a integrar o plantel do Sport Lisboa e Benfica no início da próxima temporada


força Benficaaaaaaaaaaaaaaaaaa

obrigado vieira força vieiraaaaa

12.1.12  
Anonymous Anónimo said...

Todos contentes pelo 1o lugar... Não me lembro de ouvir nenhum adepto portista festejar chegar à liderança da liga... É normal porque cada um festeja o que pode... Normalmente os portistas podem festejar no fim da época, outros têm de aproveitar fazê-lo a meio. É a vida...

12.1.12  
Anonymous Nós Sébio said...

Não esquecer o caso do Domingos no ano passado, que jogou contra o seu futuro clube com o acordo já feito. Não duvido que tenha feito o melhor para conseguir o terceiro lugar, mas o timing coincidiu com o jogo SCB-SCP.

12.1.12  
Blogger Manuel said...

Para o anónimo andrade, informo-o de que a razão pela qual os andrades nunca festejam a chegada ao primeiro lugar - o que é mentira, basta passar pelos blogues - é porque sabem bem lá no fundo as razões subjacentes que lhes permite alcançar isso. Embora tentem ignorar esse facto, no fundo sabem que são adeptos de um clube profundamente corrupto, cujos dirigentes são donos de casas de alterne (vulgo, putas) com as quais traficam carne humana, uma actividade profundamente degradante. Mas da qual sentem, é aquilo que afirmam, orgulho. Poder-se-ia mesmo afirmar que são um clube de chulos orgulhosos da sua profissão.

13.1.12  
Anonymous Anónimo said...

E o Makukula e o Jorge Ribeiro que por acaso falharam penalties em jogo do seu respectivo clube.
Efectivamente, na Luz é tudo às claras.

13.1.12  
Anonymous Vitória do Benfica said...

Estes anónimos faltam pela boca do mIguel Guedes, mas para esse só existe realmente um tratamento psiquiatrico e é por isso para mim a melhor escolha a de Júlio Machado Vaz para tratar da obsessão do FCP pelo Benfica

14.1.12  
Anonymous Nós Sébio said...

Em cima do joelho:
http://www.record.xl.pt/Futebol/Nacional/1a_liga/rio_ave/default.aspx
Na próxima jornada, cá estará ele, fresco que nem uma alface.

14.1.12  

Enviar um comentário

<< Home