08/12/11

MISSÃO CUMPRIDA



Num jogo sem história - entretido na primeira parte, tristonho na segunda -, o Benfica cumpriu o seu dever, e venceu a equipa mais modesta do grupo, alcançando com isso a desejada primeira posição.

Ganhar um grupo onde estava o Manchester United, não deixa de ser um feito. Mas também não podemos esconder que o grupo era, à partida, considerado acessível, e por muito brilhante que tenha sido a carreira do Basileia, creio que o Benfica e o Manchester teriam sempre obrigação de passar. Um cumpriu, outro falhou.

Nesta última partida o Benfica mostrou alguns dos pecados que têm marcado as suas últimas exibições. Poucas ideias, muitos erros. É uma equipa "tacticamente de nariz no ar, parecendo não ter noção dos perigos que corre". As palavras são de Luís Freitas Lobo, e definem, na perfeição, aquilo que tem sido este Benfica ultimamente.

Enfim, como a hora é de festa, vou tentar olhar apenas para o copo meio cheio, esperando, com fé, que a qualquer momento esta equipa solte a qualidade que tem, e me convença que a época irá acabar bem.

Individualmente gostaria de destacar Aimar e Witsel, bem como, uma vez mais, Artur. Quanto a Cardozo, fez aquilo que lhe competia, e deu mais uma vitória ao Benfica. Em sinal oposto está Bruno César, que está claramente em má forma, não justificando a titularidade.

Um conjunto de circunstancias estranhas, tanto em Amesterdão, como em Zagreb, atirou para a Liga Europa o meu adversário preferencial - o Ajax. Dos que restam, talvez escolhesse o CSKA, ou, em alternativa, o Marselha. A evitar, é claramente o Milan.

9 Comments:

Blogger Bcool973 said...

eu já não me engano a mim mesmo, pois hoje o copo transbordou

8.12.11  
Blogger No.Worries said...

Discordo em absoluto dessas palavras do freitas lobo (como de quase todas que ele profere, pois penso que é um dos piores comentadores desportivos da nossa praça, e como tal o que ele diz vale pouco ou nada).
O Benfica é tácticamente uma equipa disciplinada e rotinada, e por isso corre menos riscos do que num passado recente. Por isso também a maior quantidade de vitórias tangenciais. E como consequência a espectacularidade do futebol apresentado ressente-se.
De qualquer forma somos o orgulho deste país: unica equipa presente na maior competição de clubes, se passar já seria bom, termos feito em 1º lugar num grupo que incluia o manchester é muito bom.

8.12.11  
Anonymous Guttmanneano said...

Este ano é verdade que as exibições da equipa não deslumbram tanto como no ano passado em vários jogos seguidos e não apenas nalguns como se ouve por aí, mas convém recordar que feitas as contas contou-se uma Taça da Liga (esteticamente horrorosa!!!). Este ano o Benfica está a meu ver muitíssimo melhor. Porque passou à fase seguinte da Liga dos Campeões e não perdeu nas deslocações mais diicieis no campeonato(falta alvalade).A citação dessa frase do comentador/especialista da táctica da nossa praça é, desculpe que lhe diga, muito infeliz. Nada mais é do que pura retórica, jogo de palavras, vindo de alguém hábil a embrulhar a análise do jogo com muito palavreado. Para mim, uma coisa parece-me certa. Sinto hoje que, nas competições certas, é cada vez mais difícil a qualquer equipa vencer o Benfica. Espero que me faça entender: há, pelo menos, duas condições para vencer competições, ou ter uma equipa que claramente demonstre que pode ganhar contra qualquer equipa ou ter uma equipa que claramente demonstre que dificilmente perde com qualquer equipa.

8.12.11  
Anonymous Brytto said...

Não querendo fazer de LF aquando do empate em Manchester, mas não é preciso saber muito de futebol para facilmente se concluir que esta equipa está doente, resta só saber se é uma doença passível de recuperação ou se o caso é mais agudo. Mas, ou muito me engano, ou a continuar a jogar assim a época não pode acabar bem! Bem sei que estamso em primeiro na liga com uma média de pontos fantástica com a maior parte das saídas dificeis já efectuadas e que ficámos em primeiro no nosso grupo da CL, feitos que há muito não se alcançavam, mas, em minha modesta opinião, os números por si só já não têm força suficiente para mascarar evidentes debilidades!

Quando se esperava que após o desaire na Madeira a equipa desse mostras que aquilo que se passou, não foi mais do que um caso isolado, tranquilizando os seus adeptos, afinal, foi a confirmação que algo vai mesmo muito mal. Equipa amorfa,cansada, sem dinâmica,criatividade,força, rapidez, enfim, laterais que não sabem atacar, extremos que não desequilibram (Gaitán foi a excepçao no lance do golo), valha-nos Artur e Aimar e pouco mais.

Eu pergunto: será que Jesus ficou traumatizado com a época anterior e este ano resolveu ser cauteloso demais. Será só isso? Eu sei que o sistema é outro, mais defensivo, ou se quisermos, menos romântico, mas será que isso explica tudo? Claro que nós estamos sempre a pensar na sua primeira época e no futebol sublime que se praticou em quase toda a época e a espaços o ano passado, mas basta pensar que nesse primeiro ano tinhamos Ramires, Di Maria e Coentrão e agora temos Gaitan (apesar das loas que lhe dedicam), Bruno César e Emerson e facilmente se explica muita coisa.

Vou esperar pelo próximo jogo da Madeira com bastante expectativa. A confirmar-se este nível exibicional, o melhor que podemos trazer é um empate e os próximos jogos a jogar sobre brasas.

9.12.11  
Anonymous Vitória do Benfica said...

Bem nem uma palavra sobre Ruben Amorim. Discordo, fiquei muito satisfeita de ver este Benfica com um capitão como Ruben Amorim. È para mim um jogador muito inteligente, que faz quase todas as posições
Concordo Artur é fantástico chamo-lhe o chita do futebol português, tem uns reflexos fantásticos. Concordo com o comentário do Bracarense Luis de Freitas Lobo. Acho Jesus um fanfarrão e por muito que diga Cardozo é um desastre. Mas a equipa também não merecia as assobiadelas de muitos adeptos.
Quantos aos adversários o Bayern é para mim o pior, confesso que gostava muito do Ajax aliás é um futebol, que encaixa muito bem com o de JJ.

9.12.11  
Blogger Bcool973 said...

Bayern ? É Bayer de Leverkusen e não Bayern de Munique. Cardozo um desastre ? Será que não percebem nada de bola ? Jasus

10.12.11  
Anonymous Vitória do Benfica said...

Alguém que gosta de citar os meus comentários realmente comenta só porque comenta e eu agradeço mesmo que esses comentários sejam atractivos, porque estão na escala oposta da classificação de Steve Jobbs.
Primeiro o Benfica sempre se deu mal com o futebol alemão, independentemente da cidade ou de quem treina a equipa ou se lá tem um grande guarda-redes ou um péssimo avançado de onde for e depois Cardozo não é um desastre?? Quantos passes errados faz num jogo?? Quantas bolas perde?? Quantos penalties já falhou?? Se calhar foi o jogador na história do Benfica que mais penalties falhou.
Ontem porque falha o primeiro golo, porque tem um bloqueamento e não corre, ~mas não é isso que se pede a um avançado, meter as bolas na baliza quando elas estão lá perto. Sem cocaina claro porque o outro metia muitas mas tinha a poção que o Eric Clapton canta

12.12.11  
Blogger condor said...

Missão cumprida...!
Isso foi o que pensou o Jorge Sousa no final!

13.12.11  
Blogger Bcool973 said...

Se calhar a idade não lhe permite lembrar o 4-4, mas enfim, pelo menos a recente eliminação do herta devia estar presente. Se o Cardozo é assim tão mau, como é que é o melhor marcador do Benfica nos últimos 30 anos ? Sinceramente, não sei se é uma questão de idade se de não fazer ideia do que o futebol é.

13.12.11  

Enviar um comentário

<< Home