24/11/11

AS FACES DO PORTO

Não me surpreendeu a vitória do FC Porto na Ucrania. Em primeiro lugar, porque, tal como escrevi após o fim-de-semana, sei o que a casa gasta, e já os vi muitas vezes renascer das cinzas perante situações de grande pressão, sejam quais forem os métodos utilizados. Em segundo lugar porque a facilidade com que o FC Porto vence sistematicamente na Ucrania e na Rússia (países marcados por forte corrupção) chega a ser comovente.

Observemos, por exemplo, o seguinte quadro, que compara as deslocações do FC Porto aos países da ex-União Soviética (terrenos difíceis para quase todas as equipas normais) com as viagens a Inglaterra, onde, por mero efeito pitoresco, englobo também o País de Gales:


Como se vê, a dimensão internacional do FC Porto tem dias e locais marcados. Época europeia que se preze, terá sempre de incluir uma vitoriazita portista (quase sempre decisiva) em Moscovo ou na Ucrania, com mais erro defensivo ou menos erro defensivo a ajudar à festa. Já em Inglaterra, onde os clubes são, por norma, sérios, a coisa complica-se.


Para quem acredite em coincidências, isto não passará de uma curiosidade estatística. Já os que têm um sentido de observação mais apurado, e levam habitualmente a mão no bolso onde têm a carteira para prevenir situações desagradáveis, poderão ver aqui mais um dado que ajude a explicar a força quase sobrenatural da tão afamada "estrutura".


Enfim, tal como o fado, tudo isto existe, tudo isto é triste, tudo isto é Porto.

10 Comments:

Blogger Jotas said...

Cao LF é coisa que não me preocupa, acho até que para o benfica é melhor que continuem na Europa, assim mais jogos vão ter.
O que me interessa é que o benfica continue a vencer os seus jogos, se assim for, estou em crer que o marquês será de novo o nosso destino.

24.11.11  
Blogger FireHead said...

Bem, também tiveram sorte, pois antes do golo houve duas bolas no poste...

24.11.11  
Anonymous Anónimo said...

E nos últimos 20 anos as idas à Ilha foram marcadas por várias goleadas.

Em 12 jogos, 10 derrotas (4 goleadas) e 2 empates. 7 golos marcados e 30 SOFRIDOS.

Nesses anos, o Benfica foi 7 vezes a Inglaterra, perdeu 3, ganhou 3 e empatou 1. Marcou 12 golos e sofreu 12 golos.

24.11.11  
Anonymous Anónimo said...

Já tás a tremer...

25.11.11  
Blogger Manuel said...

Exactamente! Isto não é uma mera curiosidade estatística. É outra coincidência como muitas outras coincidências que existem no futebol português desde há 30 anos para cá. Algumas delas já desmascaradas.

E para quem leu o livro "Máfia no futebol " de Declan Hill, nada disto é novidade.

Acredito também, ou melhor, tenho a certeza que para além disso, tenha havido uns prémios extra prometidos aos jogadores se passarem aos oitavos. Para anular o efeito de haver 2-3 meses de ordenados em atraso. Por isso Pinto da Costa foi ao balneário antes do jogo. Apenas para que os jogadores ouvissem da boca do chefe a confirmação. Isto é perfeitamente legítimo, ao contrário do que se suspeita acima.

PS. Tem piada que estava a ver o jogo e fiquei com a nítida sensação que (alguns) jogadores do Shaktar não estavam a jogar com a garra que mostraram no dragão. Porquê? Ainda pensei que fosse do relvado, aos quais eles deviam estar habituados. Mas agora pensando melhor... dadas as coinscidências.

25.11.11  
Anonymous Anónimo said...

AHAHAHAHAH!
As duas bolas aos postes foram pagas em cheque ou dinheiro vivo?
O que se passou com o Pedro Emanuel q ganhou ao Porto por 3-0? Enganou-se?
Caro LF, o senhor de tão triste até mete nojo, felizmente, ano após ano, tem os desgostos q merece.

25.11.11  
Blogger Hugo said...

Bolas nunca pensei que o fanatismo e a cegueira fossem tão longe.
Enfim não passam disto

25.11.11  
Blogger Manuel said...

É tudo fanatismo e cegueira? Será que isto também é?


"Pelo menos dois jogadores da equipa do SC Braga foram aliciados por elementos afectos à estrutura do FC Porto (Antero Henriques), para facilitar a vitória do FC Porto no jogo da final da Liga Europa.
Dentro das promessas de aliciamento existem quantias avultadas de dinheiro e uma possível transferência na próxima época para a equipa do FC Porto.
Os empresários destes 2 jogadores estão directamente envolvidos neste esquema de aliciamento tendo sido os intermediários entre estrutura do FC Porto e os jogadores.
Os nomes dos jogadores envolvidos foram também revelados pela fonte jornalística, mas por motivos óbvios os mesmos não poderão ser revelados".


E mais estes:

"Não esquecer o aliciamento aos jogadores do Benfica, nas véspera do jogo com o PSV, na final da Champions, Rui Águas, Dito, Silvino e até o César Brito".

"Este caso ficou conhecido como o caso dos “quinhentinhos” e era simples, não fosse Candorin um homem honesto. A direcção do FCPorto ofereceu 500 contos a Cadorin para provocar um penalty a favor do FCPorto. O jogador recusou, acusou e denunciou publicamente o caso. Para além de não provocar o penalty ainda marcou o golo da vitória do Portimonense…"

25.11.11  
Anonymous Nuno Figo said...

Cegueira?

Não sei se o LF fala verdade. Mas parece-me uma teoria... válida.

Eu lamento que hajam adeptos portistas sérios (não sei se é o caso dos que aqui falaram, mas partirei desse princípio) que fiquem ofendidos ou zangados com estas declarações do LF, mas esses mesmos adeptos têm que entender de uma vez por todas que, por culpa da sua atual direção... o FCP é um clube corrupto.

Não é corrupto porque me apetece, ou porque alguém o diz, ou porque somos rivais.

É corrupto porque o FCP foi acusado, julgado e CONDENADO por corrupção desportiva.

Parece-me normal que um clube condenado por corrupção, com a mesma direção condenada por corrupção, continue a praticar corrupção.

Da mesma forma que os adeptos do FCP elogiam as vitórias de Pinto da Costa, terão também que saber conviver com as derrotas (neste caso, na justiça) de Pinto da Costa e seus afilhados.

26.11.11  
Anonymous Anónimo said...

Gostava de ver o caro LF insinuar isso na cara de um jogador ou adepto russo.
Sei q n o fazia, n por educação, mas por falta de coragem.

1.12.11  

Enviar um comentário

<< Home