26/05/11

O LATIM DOS OUTROS





Um alegado funcionário da FIFA terá dito (?) a um alegado funcionário da Lusa que a Taça Latina não era uma competição oficial. Logo houve quem entrasse em histeria, vitoriando o facto de o FC Porto ser já, afinal, o clube português com mais troféus conquistados.






O tema não é do meu particular interesse – o Benfica nunca viveu, nem viverá em função dos títulos de outrem -, e constituindo ele um declarado instrumento para a motivação dos rivais, prefiro vê-lo utilizado já, do que no início da próxima temporada.






Mas como não gosto de mistificações, tenho a dizer o seguinte:






- Em primeiro lugar, tal como já havia escrito, acho de discutível sensatez considerar, nesta contabilidade, a Supertaça, que não é mais do que um simples jogo de pré-época, que durante anos não tinha a chancela oficial, e servia para rodar jogadores suplentes. Muitas vezes foi difícil encontrar datas para a disputar (tendo inclusivamente de passar para épocas seguintes) justamente devido ao desinteresse que os clubes (pelo menos o Benfica) manifestavam por ela. Chegou até a estar, mais de uma vez, à beira da extinção.






- A Taça Latina pode não ter sido uma competição oficial (não havia, na altura, quaisquer competições oficiais de clubes a nível internacional, e creio que nem sequer existia Uefa), mas foi indiscutivelmente a antecessora da Taça dos Campeões Europeus e da Liga dos Campeões. Recordo que todas as primeiras onze edições da Taça dos Campeões foram ganhas por equipas latinas, e em todas elas, só por duas vezes o finalista vencido não foi também latino. Ou seja, nas décadas de cinquenta e sessenta, ser campeão latino era, objectivamente, ser campeão europeu.






- A vitória do Benfica nessa prova foi o primeiro triunfo internacional da história do futebol português, tanto a nível de clubes, como de selecções. Como tal, foi amplamente festejado por quem o viveu, quer os benfiquistas, quer os restantes portugueses orgulhosos da equipa que ali os representava. Conta quem se lembra que foi uma vitória épica, e de grande alcance desportivo e social, comparável aos títulos europeus conseguidos na década seguinte.






- O quadro de vencedores da Taça Latina fala por si. Se descontarmos o Stade Reims (na altura uma potência do futebol, e duas vezes vice-campeão europeu), restam Real Madrid, Milan, Barcelona e…Benfica.






- Olhemos para a Taça Intercontinental (mais tarde Toyota Cup). Também ela não tinha carácter oficial, nunca foi reconhecida pela FIFA (que só organizou o Mundial de clubes a partir de 2006), envolveu equipas que nem sequer tinham sido campeãs da Europa (A.Madrid, Panathinaikos e Malmoe, por exemplo), precisamente por os campeões não mostrarem interesse em participar (nomeadamente Ajax, Bayern e Liverpool), e teve inclusivamente dois hiatos (1975 e 1978) por ninguém a querer disputar (nem campeões, nem finalistas, nem semi-finalistas). Foi, alias, na sequência desse desinteresse generalizado que surgiu o patrocínio da Toyota, levando o jogo para Tóquio, e conferindo-lhe regularidade de datas, e alguma dignidade. O FC Porto venceu duas, uma diante do Peñarol por 2-1 (num campo completamente impraticável), e outra perante os desconhecidos do Onze Caldas (que, honestamente, sem pesquisar, nem sei de que país vinham), no desempate por penáltis. Serão esses troféus de considerar? Se retirarmos o significado de lá estar (conseguido noutros palcos, com outros adversários e outras dificuldades), não sobra quase nada. Ao contrário da Taça Latina, que era a grande competição internacional da sua altura, a Toyota Cup nunca teve qualquer relevância desportiva ou mediática, pelo menos na Europa.







- O Benfica tem mais Campeonatos Nacionais que o FC Porto, tem mais Taças de Portugal que o FC Porto, tem mais Taças da Liga que o FC Porto, tem tantas Taças dos Campeões como o FC Porto (tendo, no entanto, disputado muito mais finais, meias-finais, quartos-de-final), e se existe alguma competição importante em que o FC Porto leva vantagem, essa é unicamente a Liga Europa (com duas vitórias, contra nenhuma do Benfica, aí sim, com muita pena minha).

22 Comments:

Anonymous Anónimo said...

O departamento que gere as bases de dados da FIFA esclareceu à agência Lusa que a Taça Latina, que o Benfica conquistou em 1950, “não merece o reconhecimento oficial” do organismo.

O mesmo departamento explicou à Lusa que as leis do jogo em vigor na altura “não eram aplicadas nessa competição”, pelo que a FIFA “nunca se referiu aos vencedores da Taça Latina em quaisquer das suas publicações”.

Desta forma, a Taça Latina não deve figurar na lista de troféus internacionais oficiais conquistados pelo Benfica, pelo que o FC Porto passou mesmo a ser o clube português com mais títulos desde o último domingo, quando conquistou a 16.ª Taça de Portugal da sua história, somando um total de 69, contra 68 do Benfica.

26.5.11  
Anonymous Peter said...

Totalmente de acordo, deixem-nos falar e dizer as bacoradas que quiserem.

26.5.11  
Anonymous Anónimo said...

Concordo consigo Luis,para mim o que verdadeiramente interessa quando se fala de titulos são os titulos de campeão nacional,e aqui a contabilidade não deixa dúvidas:32 / 25...mas se o sr lá de cima já pode dormir mais descansado deixem-nos festejar com mais esta barbaridade construida pela comunicação social avençada....

26.5.11  
Blogger David said...

Reparen la no palmares do real madrid se está ou nao duas taças latinas...
http://www.realmadrid.com/cs/Satellite/es/Club/1193040475224/PalmaresTotal/Palmares.htm

26.5.11  
Anonymous Anónimo said...

Tretas.

26.5.11  
Blogger M said...

as taças toyota estao na tua contabilidade caro anónimo?

se sim, a FIFA deliberou hoje qq coisinha..faz la as contas de novo.

26.5.11  
Blogger No.Worries said...

O clube corrupto até podia ter o dobro dos títulos, que coninuavam a valer ZERO, pois prefiro ter menos títulos do que ter vitorias à base de putedo, de frutinha de dormir, de viagens a àrbitros, de jantaradas, de consultas de aconselhamento matrimonial a àrbitros, etc.
Mas ontem fiquei chocado quando no café vi umas imagens da sportv onde fizeram um video a congratular o clube corrupto por ser o mais titulado do futebol português... Como é possivel que ainda haja benfiquistas a dar-lhes dinheiro?!?

27.5.11  
Blogger Deus...anteriormente conhecido como... said...

LOOOOL...é pá, mt boa a tentativa de comparação entre a taça latrina e a Taça Intercontinental. Quem sabe com um bocado de sorte ainda conseguem enfiar nas contas as taças amizade e do guadiana. Lool
Já foram e mais para a frente, já ficam 1 titulo para trás quando limpar mos a Supertaça Candido de Oliveira....

27.5.11  
Blogger jfk said...

Deixem lá os homens considerarem que ultrapassaram o Benfica.

Rejubilem, por fora. Até é bom.

É claro que por dentro há sentimentos que nunca desaparecem.

O sentimento de inferioridade, ou de pequenez, são 2 deles.

A generalidade dos Benfiquistas sabem e sentem a honra que é ser Benfiquista. E isso é impagável e inigualável.

Tenho dito a amigos:

Os fins não justificam os meios.

Quem diz: 'mas ganham títulos', é precisamente isto que defende, que os fins justificam os meios.

Para mim não serve. Não educo as minhas filhas nesse sentido, bem pelo contrário.

Quero ter orgulho nelas, como mulheres, e que elas tenham em mim, como homem.

Corrupção, proxenetismo, coação, agressões, tráfico de influências, favores, chantagens?

Não muito obrigado.

27.5.11  
Anonymous Peter said...

Olha ó No Worries eu a 4ª jornada desta época rompi logo o meu contrato com a fcptv por causa disso.

27.5.11  
Anonymous Anónimo said...

com mais um pouco de sorte o scbraga vai exigir a fifa que tire a taça de portugal roubada nas antas ao scbraga ,pois foi um ROUBO não foi um jogo de final da taça de portugal FOI UM roubos por dois motivos só ganharam porque a batota deixou vão ver o lance do golo e o filme do jogo uma autentica ROUBALHEIRA mas e assim que esta gentinha ganha titulos ,basta ver aquela em coimbra com um bando de assassinos atras de um arbitro e NÃO se passou nada no futebol em portugal .

VERGONHOSO , ESTES SIM SÃO OS CAMPEÕES DAS BATOTAS NO DESPORTO EM PORTUGAL...

27.5.11  
Anonymous Vitória do Benfica said...

Na realidade o FCP precisou de 30 anos de processos invios para ultrapassar o Benfica. O número é curioso porque poderá reflectir as obsessões do presidente, não sei sei não será até objecto de uma rábula grosseira (mais uma de Herman Josè). Estou certa que se perguntassem à maioria dos Benfiquistas se queriam chegar lá pelos caminhos trilhados pelo FCP estou certa que a maioria dizia Não. Podem ter ultrapasado o futebol do SLB em titulos mas não nos ultrapassam em moral, dignidade e amor ao clube. Somos e continuaremos a ser o Maior Clube Português e do Mundo

27.5.11  
Anonymous Anónimo said...

N entendo, pq é q fala do desinteresse de algumas equipas na taça intercontinental e n refere o mesmo da taça Lucil.. ups, taça da liga?
Já agora, pq é q n diz q o Benfica participou duas vezes, como devia, na taça intercontinental, levando bela tareia do Santos? Foi a brincar?
Daqui a pouco pode contar tb com a liga intercalar... A contabilidade tem o valor q tem, mas efectivamente contabiliza os tilulos reconhecidos por FIFA, UEFA e FPF. Ponto. N vale mais do q isso. Mas ao menos reconheça!

27.5.11  
Anonymous Anónimo said...

Já agora, o Porto motiva-se com os próximos titulos. Passado é passado, os 5-0 no Dragão já foram, já só se olha para os próximos 6-0!

27.5.11  
Anonymous Runesocésio said...

http://en.wikipedia.org/wiki/Mitropa_Cup

esta também conta? é que disputou-se na mesma altura...

Mas tudo isto é história eu quero é ver bom futebol hoje em dia!

27.5.11  
Blogger Sry Lanka said...

Nunca a Toyota realizou Taças Intercontinentais, apenas patrocina, como o campeonato português é patrocinado pela Zon e pela Sagres. Há duas taças, uma, o Troféu da FIFA para o vencedor e outra, a Taça Toyota, que é simbólica, apenas uma oferta que o patrocinador oferece ao vencedor.

E mais..."Competições de um só jogo??!" Q Rídiculos q vcs são!!

O FCP não foi convidado para disputar as Supertaças nacionais, europeias, ou a Intercontinental!!

Para as jogar, teve que ser CAMPEÃO NACIONAL (ou vencedor da Taça de Portugal), e vencedor de provas da UEFA, como a Taça UEFA ou CHAMPIONS LEAGUE.

CAPIXE????????

PS: Mas mais rídiculos ainda que os adeptos do SLB é a Comunicação Social (???) avençada como A Bola e Record. As justificações deles, são para um ENORME...AH! AH! AH!

27.5.11  
Anonymous Anónimo said...

Mas a Azia não te passa?

27.5.11  
Anonymous Anónimo said...

"o Benfica nunca viveu, nem viverá em função dos títulos de outrem"


ahahahahahahaahahahahahah matei me a rir.
Ès tu RAP? sempre na tanga fedorento...

28.5.11  
Blogger Manuel said...

Para os andrades complexados que querem à força ser maiores do que o Benfica. Mas que complexo de inferioridade que já deve ter outro nome bem diferente:

Em 2007.

"A FIFA considerou ontem que o torneio internacional realizado em 2000 no Brasil será tido como a primeira edição do Mundial de Clubes e o seu vencedor, o Corinthians, o primeiro campeão do Mundo por equipas.

Desta forma, o máximo organismo do futebol mundial faz tábua rasa da Taça Intercontinental, não reconhecendo os seus vencedores, como, por exemplo o FC Porto (conquistou o troféu em 1987 e 2004), como campeões mundiais.

“O Comité Executivo tomou esta decisão e é definitiva”, afirmou o presidente da FIFA, o suíço Joseph Blatter, presente no Japão para assistir à final da edição deste ano entre os italianos do AC Milan e os argentinos do Boca Juniors.

“O campeão do primeiro Mundial de Clubes da FIFA é o Corinthians”, declarou Blatter que, assim, não considera a Taça Intercontinental, que se realizou desde 1960 e terminou em 2004, como competição oficial.

Recorde-se que o Mundial de Clubes, organizado pela FIFA desde 2005, substituiu a outra prova, na qual participavam os campeões da Europa e da América do Sul".

28.5.11  
Anonymous Lolita said...

Aparentemente, alguém da Fifa declarou há meia de dúzia de dias que a Latina não é oficial.
Há uns anos, a Fifa declarou que as Taças Toyota não contam.
O que deixa as contas empatadas em número de títulos (não em qualidade, já que as supertaças, honestamente, não valem muito mais que um chavo).

Mas, mesmo assim, quem pode esclarecer sobre a oficialidade de todas as supertaças? Quando começou esta a ser "oficial"?

30.5.11  
Anonymous Dontai said...

A mim dá-me o riso ao ver aqui os coments dos andrades e algumas lagartixas...A verdade doi seja ela qual for, até aquela em ganham em casa 5-1 e depois em Espanha jantam ou almoçam com o arbitro, doi eu sei que doi ponham pomada para a assadura, quero que saibam que a verdade é como o azeite vem sempre ao de cima e depois vou rir até dizer chega ao ver o focuporco na distrital com outro nome...Tenham vergonha...Mais titulos lol pobrezinhos lol

30.5.11  
Anonymous Nuno Figo said...

A Mitropa Cup não conta, tal como a Latina passa a não contar.

São casos semelhantes, criadas antes das competições europeias organizadas pela UEFA, mas com uma diferença muito relevante: é que a Taça Latina extinguiu-se exactamente para dar lugar à Taça dos Clubes Campeões Europeus. Já a Mitropa Cup continuou a ser jogada até mais tarde (1980?), com nítida quebra de estatuto desde a 2ª Guerra Mundial, que devastou os clubes organizadores.

Mas não conta, está decidido.

E a Hiundai cup também não conta. Nem a Suzuki cup. Nem a Yamaha cup. Nem a UMM cup. Nem a Toyota cuo.

2.6.11  

Enviar um comentário

<< Home