31/03/11

UM CICLO DE EQUILÍBRIO

Desde o Verão de 2008, Benfica e FC Porto têm-se, grosso modo, equivalido em termos de peso relativo no desporto português, e em particular no futebol. Depois de um período totalmente dominado pelo Benfica (décadas de sessenta e setenta), de um período de equilíbrio entre ambos (década de oitenta), de um período de domínio portista (década de noventa e início de século), parecemos estar novamente perante uma fase de equilíbrio, que, mais ano menos ano, pode até dar origem a nova inversão de ciclo (ou não).
Este campeonato será para o FC Porto, mas se o próximo for para o Benfica podemos ter uma sequência Porto-Benfica-Porto-Benfica, que trará à memória os sete anos seguidos de alternância (entre 1985 e 1992), ou os nove títulos (exactamente os mesmos) para cada um dos clubes entre 1975 e 1995. Como o campeonato não é tudo, a Taça de Portugal e Taça da Liga, que o Benfica pode conquistar, são também elas factores a ter em conta, bem como as vitórias nas modalidades (Andebol e Hóquei inclinados para o FC Porto, Futsal e Volei para Benfica, e Basquetebol a discutir entre ambos no play-off). Mais do que tudo isto, o eventual desfecho favorável da Liga Europa para um ou outro, poderá fazer pender o prato da balança, aí sim, de forma bastante vincada. O que importa menos é mesmo o resultado do próximo domingo (embora também em jogos as equipas estejam empatadas, com 3 vitórias para cada lado desde 2008).

6 Comments:

Anonymous patriarca said...

Está certo até determinado ponto, porque isso é o que fica para a História, mas também fica para a História o MODO como o Porto ganhou ou seja como lhe foram OFERECIDAS as Provas que disputou, que a grande maioria delas FORAM-LHE OFERECIDAS ANTES DELAS INICIAREM e aqui é que reside o quezílis da questão, empatados mas enquanto as Vitórias do Benfica foram TODAS com LIZURA e ÉTICA de procedimenhtos, no Porco foram TODAS entregues pelo Sistema Mafioso Corrupto, do qual faz parte integrante e o seu presidente é o Cabecilha daquele Organismo Terrorista Mafioso.

31.3.11  
Blogger No.Worries said...

Estas comparações são interessantes, mas era importante dizer que se está a comparar um Clube que é o maior de Portugal (ou maior que Portugal) e um clube regional de corruptos.
É que dizer que há um equilibrio entre as conquistas sem referir que o clube do guarda abel só consegue forjar competições graças aos beneficios dos àrbitros, às manobras de bastidores e aos compadrios, quase que dá a entender que a competição é igual para os dois clubes. E todos sabemos que não é assim.

1.4.11  
Anonymous Anónimo said...

equilibrio desde 2008???? hahahahaha deixa-me rir...

1.4.11  
Anonymous Vitória do Benfica said...

Caro Luis
Mesmo com muito que fazer, é sempre bom ler os seus posts. Voltam à analise fria e lúcida do nosso Benfica, permitem-nos ter esperança e acreditar que o nosso clube está numa curva ascendente e não o contrario como se passou na década de 80. Obrigado por esta esperança. Sim eu fui daquelas que pela mão do meu pai assisti no estádio da luz á festa dos dois campeonatos europeus. Estou certa que não morrerei sem ver mais um titulo europeu, para isso muito tem contribuido o trabalho de Vieira e de Rui Costa

1.4.11  
Anonymous Anónimo said...

E que tal um comentario ao facto de o Benfica nao deixar os portistas entrarem com estandartes, algo que nunca vos foi proibdo no dragao? pois é, quando foi o fcp a nao hastear a bandeira do teu clube fizeste logo questao de falar, agora quando ot eu clube impede faixas, estandarte e tudo o demais nem pias. Depois nos é que somos pequenos.

1.4.11  
Anonymous the_passenger said...

@Anónimo

Se vocês lessem os comunicados de origem em vez de emprenharem pelos ouvidos, teriam reparado que a direcção do Benfica apenas está a retribuir a vossa 'gentileza'. Quanto à sua bandeira, ela foi hasteada como mandam os regulamentos aos quais vocês fecham os olhos.

Já agora, sobre piar, gostava que você piasse antes sobre isto:

http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=255987

"Numa atitude própria de morcões e trogloditas, os jogadores do grémio corrupto portaram-se como autênticos energúmenos rejeitando “dar a mão” e ser acompanhados pelas crianças equipadas à Benfica – clube anfitrião - e que como em todos os jogos tem acontecido acompanham ambas as equipas aquando da sua entrada no relvado, sucedendo o mesmo em todos os campos com as crianças equipadas com as cores do clube visitado."

E depois querem ser respeitados... Belo exemplo que vocês são.

5.4.11  

Enviar um comentário

<< Home