22/03/11

UM BANDO, UM CHEFE

A história repetiu-se.
Vai repetir-se outra, e outra, e outra vez. Vai repetir-se enquanto o clima de impunidade que grassa no futebol, e no próprio país, prevalecer sobre a lei e a segurança dos cidadãos. Vai repetir-se enquanto os criminosos não forem punidos, e continuarem, por entre “finas ironias”, a gozar com o estado de direito e a rir-se de todos nós.
Branco é, galinha o põe. Pedra é, Super Dragão a atira. E o chefe da caixa, e do bando, continua a apreciar o panorama, passando por cima de tudo o que são princípios, leis, regras ou comportamentos basilares, em nome de vitórias, e mais vitórias, que removam os seus recalcados complexos provincianos.
Prisão era o lugar apropriado para esta teia de crime que, a partir de bares de alterne, casinos clandestinos e outras capelas de sub-mundo, tomou o FC Porto de assalto há cerca de trinta anos. Prisão era o mínimo que se exigia para quem, além de dividir tão pequeno país, além de adulterar resultados desportivos a seu bel-prazer, além de instigar ao ódio e à violência com contínuas e reiteradas provocações, ainda patrocina, por entre omissões e actos, um clima de guerrilha terrorista que ninguém sabe onde, ou como, poderá parar. Prisão era, aliás, onde já estaria Pinto da Costa, se meios de prova evidentes e factuais não fossem desconsiderados e ignorados por tribunais especializados em não incomodar delinquentes.
Sejamos realistas quanto à natureza da espécie humana. O problema não é o crime. Ele sempre exibirá as suas garras. Os Joe Bonannos, os Lucky Lucianos, os Pintos da Costa, os Al Capones irão sempre aparecer. O problema está na impunidade. É ela que nos separa das sociedades mais desenvolvidas, e a avaliar pelo que se passa com as forças policiais, e com os próprios tribunais, sobretudo a norte do país, as coisas não parecem tender a melhorar, mas antes a caminhar no sentido do que de mais tenebroso aprendemos com os livros e filmes sobre a máfia siciliana.
É altura de dizer basta. A brincadeira está a ir longe demais. Isto já não é futebol, nem arbitragem, nem fruta, nem apitos dourados. Isto é terrorismo, e tem de ser extorquido deste Norte que continua a envergonhar-se a si próprio.
A comunicação social tem um papel importante a desempenhar. Não pode ignorar olimpicamente o que se passa, nem confundir isenção com branqueamento. Não pode continuar a tratar de forma igual aquilo que é diferente. Não pode continuar a tolerar um gangster como Jorge Nuno Pinto da Costa - nem numa sociedade que se quer minimamente asseada, nem, por maioria de razão, num desporto que deixa de fazer sentido se não cultivar alguma decência.

35 Comments:

Blogger Replica said...

Hoje e facil de se saber quem levanta calúnias,talvez te lixes,
estas afirmações são perigosas, e merecem reparo, aguardo as noticias nos jornais na secção de necrologia.

Lampião.

22.3.11  
Anonymous Vitória do Benfica said...

Muito bom Post! Esta é verdade o PC continu impune, num café do Porto, muito recentemente alguém dizia o importante são as Vitórias, Lisboa arder já. Isto é grave mas mais grave ainda é vr estes senhores passearem-se de forma impune, enganeissem os que consideram só o futebol porque isto é o reflexo da debilidade da justiça

22.3.11  
Anonymous Anónimo said...

Lf, apesar de concordar com isto tudo que disse, gostaria que me dissesse porque nao fez um post igual a este na final do ano passado entre porto e chaves em que os adeptos do fcp foram apedrejados apos a final? porque nao fez um post igual a este quando os adeptos benfiquistas queimaram a camioneta onde se deslocaram os portistas para ver um jogo de hoquei? porque nao fez um post igual a este quando um benfiquista foi preso ( finalemente ) por ter assassinado um adepto sportinguista no estadio nacional com um very - light? porque nao fez um post igual a este quando o carro do PC foi apedrejado numa deslocação ao estoril? é so no norte que estas coisas acontecem LF? nao me parece.
o que me parece, é que entre jornal O BENFICA e BENNFICA TV, o seu anti portismo cada vez é maior, "esquece-se" de comentar os factos todos, apenas comenta os que lhe interessam e cada vez mais alimenta o benfiquismo cego demoutros.

Mais uma vez repito, sou completamente contra este tipo de violencia, ou contra outro qualquer. acho que os criminosos deveriam ser punidos pois isto ja ta mau com toda a crise politica e economica que paira no pais, este tipo de situaçoes sao lamentaveis. Agora, apenas pedia que o LF, como bom escritor que é, não dissesse que é o norte que se envergonha, pois até hoje, o norte nunca matou ninguem em estadios de futebol.

cumprimentos

22.3.11  
Anonymous Anónimo said...

éverdade LF , esuqeci-me de colocar num post anterior.

Ontem no jogo de paços de ferreira cinco adeptos do benfica foram detidos por tentarem roubar m cachecol a uma criança. tem algo a comentar sobre isto?

22.3.11  
Blogger LF said...

Anónimo,

Não fiz um post a propósito desses casos, primeiro porque alguns deles aconteceram há tanto tempo que o blogue, que só tem 5 anos, ainda nem existia; e em segundo lugar porque os autores desses actos foram detidos, presentes a tribunal e condenados, coisa que eu gostaria que acontecesse a quem planeou, inspirou e materializou os episódios que agora se passaram.

23.3.11  
Anonymous Desvendando a verdade! said...

Tudo isto é condenável! A única forma de combater este tipo de pessoas (ou animais para ser mais correcto) é com gentileza e simpatia! Devemos recebe-los com agrado e demonstrarmos a elevação que nos caracteriza! Nunca iremos ver estas pessoas presas ou condenadas porque os procuradores e juizes encarregues desta investigação estão comprometidos! Há videos de todos eles, na posse do capo, em casas de meninas "geridas" pelo cão de guarda!

23.3.11  
Anonymous Slb4ever said...

Pois tudo quanto L.F.disse disse-o muito bem ate talvez tenha iscrito esse tal post so que nao podemos ler nem ver tudo,pois tudo o que referio o anonimo e condenavel seja de que lado for mas nao se esqueca que o seu presidente e um dos maiores bandidos de sempre na historia do futebol Portugues que sempre instiga a violencia no seu jeito pestilento e odioso,que julga que os benfiquistas com tudo o que ele tem feito nos ultimos trinta anos o amamos,eu sinceramente como cristao que sou e incapaz de odiar, mas com tanto mal que ele tem feito ao futebol Portugues desejaria que o fechassem numa cela igual aquela em Auschwits pro resto da vida que e onde ele merece estar aqueles que la istiveram pagaram inocentemente com as suas vidas mas este nao e inocente e um criminoso falo baseado nas escutas ate que foi punido com seis pontos recorda-se?Quanto aos very lites e sempre de lamentar que tenha acontecido,na hora do festejo dum golo quando foi arremesado foi na direcao dum sportinguista como podia ter ido na direcao dum benfiquista nunca se sabe que direcao tomam ao contrario de bolas de golfe que sao direcionadas para onde bem nos apetece eu como Benfiquista chorei a morte desse adepto como chorei a morte dessa tragedia ( heysel park) entre Juventus e Liverpool,quanto ao autocarro do Fcp incendiado tambem condeno mas que esperam voces depois do seu presidente ter incendiado o futebol Portugues mais propriamente entre norte e Sul desde a trinta anos a esta parte os Benfiquistas ja nao aguentam mais acredite.
Temo o que possa vir acontecer nas proximas vizitas do vosso clube ao nosso Estadio da minha parte apelo para que nao facam nada de mal.cumps.

23.3.11  
Anonymous Anónimo said...

" o norte nunca matou ninguem em estadios de futebol."

mas matou o futebol en portugal...

23.3.11  
Anonymous Anónimo said...

Infelizmente isto aconteceu e continuará a acontecer enquanto vivermos num país q venera pessoas como o PC. Infelizmente, vivo no Porto, e os comentários favoraveis a este tipo de actos são de mentes doentes (hoje ouvi muita gente a comentar: foi pena LFV não ter morrido). É por isso que cada vez mais tenho orgulho em ser do maior que Portugal, e, ser benfiquista no Porto não é tarefa fácil. VIVA O BENFICA!!!!

23.3.11  
Blogger Jotas said...

temo pela continuidade e tens toda a razão, a impunidade é que permite que este estado de coisas continuem.

23.3.11  
Blogger Jotas said...

Caro anónimo, você não vê a diferença porque não quer, infelizmente, todos nós temos no seio do clube adeptos cobardes e autênticos criminosos, a diferença e é essa que se deve realçar, é que a direcção do Benfica repudia e condena essas atitudes com constantes apelos à calma, a direcção do Porto, não só pactua, como incentiva e exalta os ânimos com as consequências que estão à vista e que qualquer dia provoca mortes e aí meu caro, quero ver o sr. secretário do desporto e da juventude, a M.P. e o C.D. da Liga a lavarem as mãos como Pilatos, como se o seu silêncio e inércia perante estes factos não fosse conivência, aí o seu Presidente É bem capaz de chamar uma simulação.

23.3.11  
Anonymous Anónimo said...

matou o futebol em portugal porque voces deixaram de ganhar e começaram a ter quem vos fizesse frente nao é?

23.3.11  
Anonymous Anónimo said...

LF, na final do ano passado, o seu blog ja existia e nao vi nenhm post sobre isso. tambem nao me lembro de os culpados terem ido a tribunal. nao me lembro de ter feito um post sobre a camineta vandalizada. nao me lmebro de ver aqui um post sobre os adeptos d benfica detidos ontem por terem tentado roubar um cachecol a uma criança

23.3.11  
Anonymous Anónimo said...

Parece-me bastante provavel que este escalar de violencia termine num banho de sangue. Não sei se dia 3, se na 2ª mão da taça, se no ano que vem... não sei. Tb não sei quem o derramará (provavelmente, ambas as partes). Sei é que se tal se passar, a responsabilidade vai direitinha para os gangsters andrades e seu mentor espiritual Jorge Nuno Kadhafi.

23.3.11  
Anonymous Anónimo said...

Ora bem...não vou voltar a repetir, pela milésima vez, que condeno todo o tipo de violência...e também não vou repetir pela milésima vez que os culpados têm um nome: "dirigentes desportivos"...sejam de cor forem...


A única coisa interessante nisto, é que a olhar pelas capas dos pasquins desportivos, os ataques à integridade física da comitiva benfiquista são sempre muito mais graves do que quando são feitos à comitiva portista...e tantos exemplos existem..

Ou seja, quando o Presidente do FC Porto é atacado...coloca-se uma notícia do ataque em rodapé, menosprezando...quando o ataque é feito ao Presidente do Benfica coloca-se em primeira página...empolando...

Ou seja, eles não estão preocupados com a violência...eles estão somente preocupados com a violência contra o Benfica...caso contrário, teria sido dado o mesmo destaque e feito as mesmas condenações em casos anteriores onde o FC Porto foi a vítima...

Mas não...agora com estas primeiras páginas querem fazer crer, que há virgens púdicas a serem atacadas por um bando de vândalos(que os são, sem dúvida)...mas eles nunca fizerem coisa igual...os seus adeptos nunca praticaram semelhante coisa...por isso mesmo, é que nunca se ouviu de boca de qualquer dirigente benfiquista a condenar ataques anteriores ao FC Porto...são todos uns santinhos...os outros é que são cobardes...lembrei-me dos jagunços a mando do Vieira a agredir o empresário no aeroporto...realmente de cobarde não tem nada...


Mas por outro lado, esta intoxicação dos media com a violência, também serve como uma luva para branquear a desgraça desportiva...o descalabro dos 13 pontos...o descalabro da Liga dos Campeões...nada como arranjar uma distracção...

E, no fundo, é isso mesmo que eles querem...

Já não há paciência...nem para a violência, nem para a não condenação por parte dos dirigentes destes actos, nem para o aproveitamento que a corja que pulula nos jornais desportivos faz disto...

23.3.11  
Anonymous Anónimo said...

Esta é a história de um criminoso que encontrou no futebol o lugar perfeito para enriquecer e cometer crimes.

Um criminoso que anda impunemente pelo País há 30 anos, que incita ao ódio, ao divisionismo norte-sul, à xenofobia com mouros para cá e para lá, que quer ver Lisboa a arder, que é mandante de várias agressões (uma delas pode ser ouvida nas escutas do youtube),etc.

Estas práticas terroristas começam a ser normais, num País cuja Justiça aceita a corrupção como uma grande vitória da "estrutura" e do "profissionalismo".

Este PC lidera um grupo criminoso que envolve juízes, polícias, procuradores e tem o braço armado de individuos que agridem e ameaçam árbitros, dirigentes, políticos,etc. Regressado de Espanha, para onde teve de fugir e depois de saber o que lhe iam perguntar, veio acompanhado da fina flor do crime organizado, com Pidás e companhia.

Os que praticam estes actos fora da região dominada pela Máfia são obviamente punidos mais tarde ou mais cedo.

Outros há que se dão ao luxo de publicar os crimes cometidos num livro e continuar a assaltar estações de serviço que nada lhes acontece.

Os portugueses não podem deixar que o País fique entregue ao crime organizado. Um País com a nossa história chegar a este ponto, mostra Lusitanos fracos e derrotados.

Isto é o espelho de Portugal actualmente. Falido moralmente e na bancarrota. O que se passa aqui é digno de um País de 3º mundo.

23.3.11  
Anonymous Anónimo said...

A única coisa interessante nisto, é que a olhar pelas capas dos pasquins desportivos, os ataques à integridade física da comitiva benfiquista são sempre muito mais graves do que quando são feitos à comitiva portista...e tantos exemplos existem..


Ou seja, quando o Presidente do FC Porto é atacado...coloca-se uma notícia do ataque em rodapé, menosprezando...quando o ataque é feito ao Presidente do Benfica coloca-se em primeira página...empolando...


Ou seja, eles não estão preocupados com a violência...eles estão somente preocupados com a violência contra o Benfica...caso contrário, teria sido dado o mesmo destaque e feito as mesmas condenações em casos anteriores onde o FC Porto foi a vítima...


Mas não...agora com estas primeiras páginas querem fazer crer, que há virgens púdicas a serem atacadas por um bando de vândalos(que os são, sem dúvida)...mas eles nunca fizerem coisa igual...os seus adeptos nunca praticaram semelhante coisa...por isso mesmo, é que nunca se ouviu de boca de qualquer dirigente benfiquista a condenar ataques anteriores ao FC Porto...são todos uns santinhos...os outros é que são cobardes...lembrei-me dos jagunços a mando do Vieira a agredir o empresário no aeroporto...realmente de cobarde não tem nada...




Mas por outro lado, esta intoxicação dos media com a violência, também serve como uma luva para branquear a desgraça desportiva...o descalabro dos 13 pontos...o descalabro da Liga dos Campeões...nada como arranjar uma distracção...


E, no fundo, é isso mesmo que eles querem...

23.3.11  
Anonymous Anónimo said...

Caro jotas,

compreendo o seu ponto de vista.mas agora vejamos.

vendo o que se ve em blogues como os blogues antis ( anti tripa, anti lampiao ) acha que os apelos a calma resolvem alguma coisa?

voce diz que o presidente do fcp na apela a calma. eu nunca ouvi o presidente do futeb ol clube do porto a dizer publicamente, ataquem os benfiquistas, etc etc. ja ouviu?

a direção do benfica bem pode dizer que nao a violencia publicamente, mas o que lhe garante que LFV e RGS nao falam em privado com alguns dos tasi criminosos que voce diz, e bem, que todos os clubes têm? Assim como, o ataque a rui gomes da silva, parece um bocado encenado pois ja se ouviu tres versoes diferentes da historia. Temos de admitir que como disse o ultimo anonmo a culpa é de TODOS os dirigentes desportivos e nao so alguns. Isso é que muita gente nao quer entender.

por exemplo. eu nao entendo porque que os benfiquistas se queixam da comunicação social, quando é demais obvio, que a mairo parte enaltece tudo de bom o que o benfica faz, nomeadamente o jornal que supostamente deveria ser imparcial, de seu nome A BOLA.é isso que alguns benfiquistas tem de mal, sao eles, eles, eles e depois eles, e nunca pensam nos outros ( nao estou a dizer que seja o seu caso, atenção) e com a mania que os benfiquistas sao santos ( ainda bem que pelo menos voce admite que o benfica tambem tem criminosos) e que nunca fazem nada de mal, o que nao é verdade.

todos fazem, ninguem é santo e enquanto nao houver penas duras para todos , continuaremos a ser um pais de terceiro mundo

23.3.11  
Blogger Manuel said...

Para todos os andrades, todos corajosamente escondidos atrás do "anónimo", que parece, apena parece, desconhecerem oq ue realmente se passa. De um jornalista sportinguista:

"Na ressaca da noite de Viena, após a mítica conquista para o futebol português por parte do Futebol Clube do Porto, em plena pré-época 1987/1988, começou a levantar-se entre os meios ligados ao futebol - entre os jornalistas, especialmente - uma onda de boatos sobre a anormal (excelente) condição física dos portistas. Começou por ser o que parecia apenas uma brincadeira, uma desculpa esfarrapada dos nossos colegas alemães a fim de justificarem a derrota que o poderoso Bayern tinha sofrido uns meses antes para rapidamente se tornar um alvo de investigação que acabou, na perspectiva dos jornalistas alemães, em conclusivas certezas.
Estávamos em meados de Agosto de 1987 quando, deparados com essa suspeita por parte de colegas estrangeiros, eu e mais três jornalistas portugueses decidimos, um pouco incrédulos, averiguar se havia algo de verdadeiro nas suspeitas levantadas. Não seria fácil, como é evidente, descobrir a verdade, se ela existisse. Por isso reunimos um dia num café na baixa portuense com o intuito de elaborarmos um plano de pesquisa que, no limite, nos permitisse chegar próximo de alguma informação, caso se verificassem como verdadeiras as suspeitas que os colegas estrangeiros haviam levantado. Em traços gerais, o plano era este: contactar vários antigos jogadores que teriam passado pelas mãos do médico do clube na altura, o Dr. Domingos Gomes; informarmo-nos de forma substancial sobre a capacidade efectiva de poder haver uma "mezinha" que realmente melhorasse a performance desportiva (lembro, a este propósito, que há 24 anos as questões do doping eram ainda muito dúbias e pouco esclarecedoras) e procurarmos, junto de pessoas ligadas aos vários jogadores que compunham o plantel portista dessa época, de uma forma natural (para que não fosse suspeito), saber que tipo de atletas eram esses mesmos jogadores 2, 3, 5 anos antes."

(continua)

23.3.11  
Blogger Manuel said...

(Continuação)

"A matéria de investigação surtiu alguns efeitos interessantes - entre os quais termos descoberto que, de facto, houve, em sintonia com um tal Póvoas (hoje, um cidadão muito respeitado mas que, na época, não passava de um sujeito com reputação bastante duvidosa, envolvido em trafulhices relacionadas com propaganda médica), um conjunto de atletas que melhoraram substancialmente o seu desempenho atlético, alguns de forma quase sobrenatural, para aquelas que eram as suas características naturais. Como é óbvio, isto não chegava para fazermos um diagnóstico totalmente efectivo e muito menos para avançarmos a informação para o exterior. Nesse sentido, decidimos deixar um de nós, que vivia em Gaia, mais virado para esse assunto, enquanto os outros, que vivíamos em Lisboa, íamos acompanhando de longe e pontualmente a investigação. Entretanto esse meu colega continuava o seu normal trabalho de jornalista, acompanhando várias vezes o Porto no Estádio das Antas.
Numa delas, num Porto-Portimonense, já no final da partida, após a reportagem para uma rádio nacional, o meu colega, que estava no relvado junto à saída (o famoso túnel), foi interceptado por 3 indivíduos que faziam parte do chamado "Corpo de Segurança Privado", que mais não era do que um grupo de jagunços comandados pelo famoso Guarda Abel, e forçado a largar o seu material de trabalho, para que tivessem uma "conversinha". A conversinha foi, em termos básicos, darem-lhe uma chapada e obrigarem-no a nunca mais fazer perguntas a familiares e amigos dos jogadores, sob pena de poder vir a "acabar mal". O meu colega deu conta deste episódio à sua entidade patronal (que lhe respondeu, clara e simplesmente, que abdicasse do assunto), persistiu ainda uns tempos na investigação até que viu uma das filhas agredidas numa escola em Gaia onde era estudante, avisada a dizer ao Pai que da próxima ia parar ao cemitério.
Como é evidente, a partir desse dia dedicou-se a outras investigações mais, digamos, singelas.

É também assim, pela ameaça, pela violência, pela falta de escrúpulos, que o sistema sobrevive e evita que haja uma real investigação jornalística neste país. É também por isto, mas por muitas outras coisas, que nunca se criaram condições para que a verdade viesse ao de cima. O clima intimidatório, bélico e ameaçador, juntamente com a indiferença/submissão das autoridades locais foi e é uma das formas que o polvo encontrou para se perpetuar impunemente."

Penso que depois disto não podem dizer que não sabiam.

Procurar desculpas dos seus próprios actos em actos alheios é de cobardes.

23.3.11  
Blogger Manuel said...

Para os andrades anónimos que vêem pastar aqui, vai um testemunho directo, feito noutro blogue, de uma das vítimas dos "benfiquistas" que este andrades dizem que eram, que estavam a tentar tirar um cachecol a um miúdo. Todos vestidos de negro. Seriam adeptos do Paços? Muito provavelmente. Se fossem do Benfica teriam de certeza símbolos do clube, como é hábito. E não se vestem de negro.

"É com imensa tristeza que eu como socio do meu e nosso GLORIOSO venho dizer que me sinto revoltado com o que vivi junto ao Estadio do Paços de Ferreira. Estando eu a conversar com um amigo e colega da minha profissao animadamente ao qual tambem se encontrava o filho deste com o cachecol do Paços, apareceu nao sei dizendo donde 5 ou 6 BESTAS QUADRADAS tentando a força tirar o cachecol do rapaz...O meu colega alto disse " ei é o meu filho"...O Homem levou ali um enxerto de porrada , ainda tentei deitar a mao ao meu colega , so que ele no chao a levar pontapes dum grupo de rapazolas selvagens quenao merecem respirar este ar. Eu pessoalmente ainda dei um soco num mas nao foi o suficiente o Homem teve que receber tratamento Hospitalar dos pontapes que levou na cara...Essas BESTAS estavam todos eles vestidos de preto, nao vi, repito nao vi qualquer simbolo do GLORIOSO com eles, foram presos e o meu colega apresentou queixa..."

23.3.11  
Anonymous Gaspar Esteves said...

Para o anónimo tão preocupado com o quecse tinha passado o ano passado, com o carro do capone e o autocarro da sua equipa. As pedradas que vocês receberam foram a resposta á bergonha que se pasoou na final da taça da liga e no jogo no estádio do LADRÃO.E a impunidade é o tema que procuoa LF neste poste não só os actos.Recordo que desde que a direcçaõ do SLB foi apresentar as suas preocupações ao ministro da administração interna, os autocarros do ENORME já foram apedrejados 4 vezes, e a resposta das autoridades é, como sempre frouxa e lacónica.
Recordo que quer com as claques, quer o adepto do very light, foram identificados, presos , julgados e condenados. Na claque dos GORILAS(que me desculpem os Gorilas)até se dão ao luxo de escrever livros sobre as "edificantes" proezas, um autentico manual do crime.
Quanto ao facto de nos quererem fazer frente, esta expressão até dá vontade de rir, porque quem defende práticas criminosas, vangloria-se delas, aplaudindo e enaltecendo os seus autores, NÃO È NEM NUNCA SERÁ O SLB. Podemos perder todos os jogos, todas as taças, tacinhas e campionatos, mas nunca jogamos com catorze, nem com um exército de corrutos mamões para o que der e vier.
Não são as vitórias que vos fazem grandes, porque mesmo vencendo não nos chegam as calcanhares, só as jogadas sujas e trafulhices vos mantêm nessa esperança de serem como nós, mas tantas nódoas e mau cheiro esses títulos são como bostas.A impunidade dos vossos dirigentes CORRUPTOS é que vos mantêm á vista.

23.3.11  
Anonymous Gaspar Esteves said...

A resposta da nossa direcção foi, como seria de esperar, séria, sóbria e responsável. No entanto os adeptos estão fartos de palavras e boa educação para combater as pedras. Como desde a nossa visita ao MAI nada mudou, eu acho que para acalmar os adeptos a direção deveria tomar medidas. A primeira deveria se a responsabilização de que tem a obrigação de zelar pela segurança e, mesmo depois dos avisos, não o fez.
QUEIXA CONTRA O ESTADO PORTUGUÊS JÁ.

23.3.11  
Anonymous Anónimo said...

http://opolvodospapalvos.blogspot.com/

23.3.11  
Anonymous Anónimo said...

Agradeço que faça um post sobre isto http://www.record.xl.pt/Futebol/Nacional/1a_liga/Porto/interior.aspx?content_id=689519 mas neste caso vai ter de escolher um chefe diferente...

23.3.11  
Anonymous Anónimo said...

Antes de mais quero dizer que a emboscada, o ataque, a esperinha, a cilada, a investida bárbara de que foi alvo o autocarro do segundo-classificado-a-13 pontos foi um acto cobarde e é preciso identificar e levar à justiça os perpetradores desse acto condenável. Desde já estão ilibados os adeptos do FC Porto uma vez que não há notícias de bolas de golfe envolvidas do ataque. Pedras não é o nosso modus operandi. Há quem assegure que os responsáveis são os próprios adeptos do Benfica, furiosos com o maneira como Jorge Jesus geriu o campeonato, de modo a assistir, em pleno Estádio da Luz, à consagração do novo campeão. Também não acho. Não estou a ver os benfiquistas a recorrer ao calhau. Eles é mais artefactos piroténicos e bastões.
A coisa aconteceu, pelo que já li, no único viaduto que não estava controlado pela GNR, o que levanta desde já a suspeita sobre o envolvimento de André Villas-Boas no caso (isto se ele tiver um primo que é GNR em Paços de Ferreira), avisando os malfeitores de que aquele biaduto estava libre.
As primeiras notícias deram conta de ferimentos de Luis Filipe Vieira numa mão, provocados pelos estilhaços, tendo sido assistido prontamente pela equipa médica do clube. É sempre bom ter médicos à mão quando nos acontece alguma coisa. Rui Gomes da Silva não teve tanta sorte naquele ataque que o desfigurou por completo (ou ele é mesmo assim?).
Voltando a LFV, as imagens dos danos no carro não mostram quaisquer estilhaços, uma vez que o vidro, apesar de danificado, não se partiu em bocadinhos. A confusão foi ainda maior quando se noticiou que o alvo era o autocarro do Benfica, mas depois já era o presidente do clube, mas depois já as pedras tinham batido no tejadilho do autocarro e resvalado para o carro onde ia o presidente. É bem feito. Se não tivesse transgredido o código da estrada, teria guardado a distância de segurança para o veículo da frente e passaria por cima das pedras. Que não se repita para a próxima.

o xôr lf pública?

23.3.11  
Anonymous Anónimo said...

Manuel, eu comentando anonimo e voce manuel, vai dar tudo precisamente ao mesmo, mas pronto.

segundo , nunca aqui chamei lampioes, enm chamei corrupto a ninguem, por isso a partir do momento em que me trata por andrade ( que por acaso foi o nome de um jogador do benfica ha uns anos, será que era portista?) deixa de ter a minha resposta a tudo aquilo que escreveu. fala da cena da criança; meu caro, queria o que? que eles fossem identifcados? que ate levassem o nome e numero do cartao de cidadao a mostra? por favor

Gaspar esteves:

Como já disse, noutro post repudio totalmente a violencia. Claro que ha limites para tudo e que as pessoas nao sao santas. O carro do PC foi apedrejado em resposta, tudo bem. Mas, o que eu queria dar a entender era que nao sao so uns que fazem coisas mas e outros coisas boas. a unica coisa que quis mstrar foi que toda a gente, todos os clubes, tem adeptos bons e adeptos maus. OU acha que no benfica nao ha pessoas mal intencionadas? acha que é so nno fcp? se acha, entao penso que esta mal, pois deve saber tao bem quanto eu que todos os clubes causam disturbios. nao digo que se reveja nesse tipo de adeptos, apenas digo que o slb tambem os tem.

cumprimentos

23.3.11  
Anonymous Dylan said...

A recente cobarde agressão ao vice-presidente do Benfica, na cidade do Porto, e o novo apedrejamento da comitiva encarnada perto de Paços de Ferreira, vem demonstrar aquilo que já se sabia: o futebol é uma espécie de rede de arrasto do que de pior existe nas sociedades, um abjecto refugo. Já Hermínio Loureiro tinha apontado a dedo quem lhe "ameaçou fazer a vida negra" - os pirómanos do futebol disfarçados de anjos regionalistas. As frustrações descarregadas em jornalistas (Rui Santos, Carlos Pinhão, Marinho Neves, João Pedro Silva), em dirigentes políticos (Rui Rio, Ricardo Bexiga), em treinadores (Co Adriaanse), em atletas (Adriano, Paulo Assunção) e dirigentes desportivos (João Santos e Dias Ferreira), que consubstanciam crimes que ficarão impunes. As labaredas do ódio incendeiam camionetas, os líderes das claques são elevados à condição de escritores-insurrectos, ao mesmo tempo que escoltam o presidente do clube à porta dos Tribunais. Até quando?

23.3.11  
Anonymous Dylan said...

A recente cobarde agressão ao vice-presidente do Benfica, na cidade do Porto, e o novo apedrejamento da comitiva encarnada perto de Paços de Ferreira, vem demonstrar aquilo que já se sabia: o futebol é uma espécie de rede de arrasto do que de pior existe nas sociedades, um abjecto refugo. Já Hermínio Loureiro tinha apontado a dedo quem lhe "ameaçou fazer a vida negra" - os pirómanos do futebol disfarçados de anjos regionalistas. As frustrações descarregadas em jornalistas (Rui Santos, Carlos Pinhão, Marinho Neves, João Pedro Silva), em dirigentes políticos (Rui Rio, Ricardo Bexiga), em treinadores (Co Adriaanse), em atletas (Adriano, Paulo Assunção) e dirigentes desportivos (João Santos e Dias Ferreira), que consubstanciam crimes que ficarão impunes. As labaredas do ódio incendeiam camionetas, os líderes das claques são elevados à condição de escritores-insurrectos, ao mesmo tempo que escoltam o presidente do clube à porta dos Tribunais. Até quando?

23.3.11  
Anonymous Anónimo said...

entao senhor lf, veja isto e agora fale de vandalismo

http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=253913

23.3.11  
Anonymous Anónimo said...

LF, COMO PODE VER, O fcporto tambem repudia ataques, nao é so o slb

http://www.fcporto.pt/Noticias/Clube/noticiaclube_clubecomunicado_220311_60060.asp

para nao dizerem que so os benfiquistas é que sao bons e nao sei quê

23.3.11  
Anonymous Anónimo said...

Você não é mais benfiquista do que eu. Garanto-lho.
Não gosta menos de pc e das suas artimanhas, trafulhices e esquemas do que eu. Garanto-lho também.

Mas daí a colocar o 'Norte' como culpado do que quer que seja, ou a 'justiça do norte'...
Demagogia.

O sul, Lisboa, está cheio de exemplos de gente igual ou pior e de justiça igual ou pior.

23.3.11  
Blogger Pedro said...

Uma coisa é certa, a senhora da foice tarda mas não falha. Qd o corrupto mor for desta para melhor vai ser tão lindo ver a descida aos infernos daquele clubeco de merda corrupto. Os podres virão todos ao de cima, os ratos vão todos fugir, e o clube vai definhar atéa tingir a sua real dimensão: pequenino, pequenino, pequenido.

Podem comprar árbitros, dirigentes, jogadores, policias e juizes mas não compram a senhora da foice!!!!!!!

23.3.11  
Anonymous Gaspar Esteves said...

Aos anónimos:
Leiam o post anterior do LF, os mal intencionados estão em todos os lados. Mas como eu escrevi, os autores de casos graves do SLB feram punidos( o diabo de gaia foi a dois jogos porque, como devem saber, as sentenças só são válidas após transitarem em julgado), e os GORILAS do LADRÃO continuam impunes.
Quanto ao mandos operandi (as Pedras), foram só as bolas de golfe que deixaram o autocarro do benfica todo partido em 2010 e 2011, no ninho da corrupção?...

23.3.11  
Anonymous Pedro said...

Muito bem dito. Só acho é que há diferenças entre a "Mafia" propriamente dita e este criminoso a que o post se refere. A Mafia existiu durante anos sem haver provas concretas da sua existência, graças aos códigos e leis pelos quais os mafiosos se regiam. Quando finalmente apareceram provas contra eles, o FBI começou a persegui-los. Pinto da Costa é o oposto. Há muitos anos que se sabe o que ele faz e como o faz, existem provas concretas que o incriminam, mas ninguém faz nada. A Mafia ao menos agia com inteligência e sabia-se proteger. Pinto da Costa age com burrice e comete crimes à vista de toda a gente, mas infelizmente vivemos num país de cobardes e submissos e enquanto assim for, o crime vai compensar.

24.3.11  

Enviar um comentário

<< Home