22/03/11

CLASSIFICAÇÃO REAL

Só o respeito pelos leitores, e o desejo de manter o arquivo para memória futura, me obriga a ainda falar de arbitragens num campeonato que já está há muito decidido por elas.
Nada do que se possa passar daqui em diante vai alterar aquilo que foram os desempenhos de Cosme Machado, Pedro Proença, Jorge Sousa e Olegário Benquerença nas primeiras jornadas, e que permitiram ao FC Porto ganhar um avanço pontual e uma força moral que não mais perdeu. Foi aí que o campeonato ficou decidido. Poderia ter sido decidido no mesmo sentido, sem essas influências externas? Nunca o saberemos. E, pela minha parte, gostaria de o ter sabido.

SPORTING-U.LEIRIA
Tanto quanto pude ver, foi um jogo sem casos, sem golos, e sem… futebol.
Resultado Real: 0-0 (a condizer)

FC PORTO-ACADÉMICA
O lance de Rolando, logo aos 2 minutos, é dos penáltis mais claros da temporada. Como aqui já disse, foi o sexto penálti por assinalar contra o FC Porto neste campeonato. Não sei que mais palavras utilizar.
Como seria o jogo com esse eventual golo? Nunca o saberemos. E, pela minha parte, gostaria de o ter sabido.
Resultado Real: 3-2

PAÇOS-BENFICA
O primeiro erro do árbitro foi a tolerância que teve para com Cohene no lance do penálti. Uma agressão sem bola justificava expulsão, e o jogador ainda ficou mais de meia-hora em campo.
O segundo foi a marcação da falta de onde resulta o golo pacense, a qual não existiu.
Resultado Real: 0-5

CLASSIFICAÇÃO REAL
BENFICA 63
FC Porto 62
Sporting 30

O top-erro também segue sem alterações:
1º SPORTING-V.GUIMARÃES (11ª jornada) Golo fantasma concedido pelo árbitro auxiliar, num lance em que a bola bate apenas na trave, e em que o guarda-redes vimaranense é empurrado, ele sim, para dentro da baliza. Resultado na altura: 1-0 Resultado final: 2-3
2º RIO-AVE-FC PORTO (3ª jornada) Rasteira clara de Álvaro Pereira a um avançado do Rio Ave dentro da área, a que Jorge Sousa fez vista grossa. Resultado na altura: 0-1 Resultado final: 0-2
3º FC PORTO-V.SETÚBAL (13ª jornada) Falcão mergulha para a relva no interior da área, e o diligente Elmano Santos aponta para a marca de penálti, a um minuto do intervalo. Resultado na altura: 0-0 Resultado final: 1-0

Etiquetas:

3 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Amigo, está mal. Faltam aí os jogos do SLB com Académica, Nacional, Guimarães e Braga (penalties roubados, golos mal anulados, expulsões inventadas e livres que deram golo)... 12 pontos, e os corruptos faltam os jogos com Rio Ave (penalty no dragão), Naval (penalty inventado), Braga (penalty perdoado no dragão e outro em Braga, ainda com 0-0), Guimarães (penalty em Guimarães ainda com 0-0), Nacional da Madeira (penalty por mão de rolando), Beira-Mar (penalty inventado em Aveiro), Académica (mão de rolando e penalty por marcar) e outros que já nem me lembro...

22.3.11  
Blogger No.Worries said...

Eu acho que se deve continuar a falar da arbitragem, não só porque foi ela que decidiu este campeonato, mas também para que ninguém se esqueça que estamos perante um dos campeonatos mais adulterados de sempre.
Para branquear a vergonha que tem sido esta liga já bastam os jornaleiros amestrados...

22.3.11  
Anonymous Peter said...

Em relação a esta jornada falta só expor a expulsão perdoada ao maicon que agrediu o Jara.

22.3.11  

Enviar um comentário

<< Home