16/02/11

A ANGÚSTIA DE CARDOZO NO MOMENTO DO PENÁLTI

Contrariando Peter Handke, quem parece sentir alguma angústia no momento dos penáltis a favor do Benfica é o avançado, neste caso, Óscar Cardozo.
Depois de duas épocas de eficácia total, o paraguaio desatou a falhar grandes penalidades, algumas das quais com sérios danos em termos de resultado final – como por exemplo a do último minuto de um jogo no Bonfim, ou a da partida da sua selecção no Mundial frente à Espanha.
Com cinco penalidades falhadas nas últimas onze, os benfiquistas não podem deixar de revelar alguma apreensão nas poucas ocasiões em que os árbitros têm apontado para a marca dos onze metros. Aquilo que, antes com Simão Sabrosa, e depois, durante dois anos, já com Cardozo, era quase golo cantado, agora tornou-se num enorme ponto de interrogação.
Os números globais das últimas quatro temporadas são, ainda assim, bastante positivos: em 32 penalidades máximas, Tacuára converteu 24, o que talvez seja suficiente para Jorge Jesus lhe continuar a conceder total confiança. Aliás, só o técnico e o próprio jogador poderão conhecer os mecanismos psicológicos que estão na base destes últimos desperdícios, pelo que só eles poderão interpretar a situação de modo apropriado.
Eu, pela minha parte, e apesar da profunda admiração que tenho pelo jogador, confesso que não deixarei de sentir um arrepio na espinha se um destes dias, em situação decisiva, Cardozo for novamente chamado a converter um penálti.
Vejamos então o histórico do ponta-de-lança benfiquista quanto a grandes penalidades:

3 Comments:

Blogger benfica até debaixo d'água said...

O caso do cardozo falhar penaltys, não me deixa qualquer dúvida que advenha do factor psicológico.

Cabe a JJ gerir esta situação e a meu ver, ponderar na escolha de outro marcador de penaltys.

16.2.11  
Blogger Jotas said...

LF, Cardozo como sabemos é apenas e só um goleador, dos mais concretizadores que tivemos e os números falam por si.
Desde que tá no nosso clube, foi sempre o seu melhor marcador e da parte que me toca, irei sempre apoiá-lo ao máximo, porque simplesmente merece.

16.2.11  
Blogger Pedro said...

Foi a partir do falhanço contra o Setubal que Cardozo mudou a forma de marcar as grandes penalidades e o resultado não tem sido o melhor.

16.2.11  

Enviar um comentário

<< Home