26/01/11

UM INEVITÁVEL ADEUS

Apesar de me irritar frequentemente com a displicência com que aborda certos lances, David Luíz é um jogador com o qual, obviamente, e como qualquer benfiquista, simpatizo bastante.
Veio para o Benfica muito jovem, fez-se por cá. Hoje é um titular da selecção brasileira, e um dos mais promissores centrais do mundo. Os adeptos adoram-no, e ele merece essa admiração.
Fez uma época 2009-10 verdadeiramente espantosa, ao longo da qual foi espalhando talento, raça e ambição. A especulação em torno da sua saída prejudicou-o na entrada da nova temporada, não conseguindo mostrar o mesmo rendimento nos últimos meses.
Provavelmente deveria ter sido vendido ao Manchester City pelos tais 35 milhões. Na altura recordo-me bem de defender a transferência. Mas, tratando-se de um defesa, e no contexto económico actual, duvido que uma oferta como essa se venha a repetir.
A proposta de 25 milhões que está sobre a mesa não será a óptima, mas é, ainda assim, muito boa. E desconfio que o risco de não a aceitar pode ser maior do que o de avançar para o negócio. Luís Filipe Vieira sabe disso, e estou seguro de que a sua estratégia visa apenas levar a valorização do jogador ao limite.
David Luíz acabará pois por sair. Vai deixar saudades, mas também os cofres cheios. Com a sua venda (somando às de Di Maria e Ramires), e pelas minhas contas, o Benfica recupera a totalidade do investimento feito no futebol nos últimos quatro anos. E creio que mantém uma grande equipa.

7 Comments:

Blogger Ricardo said...

Discordo. O momento da venda, a acontecer, é péssimo. Em Junho, David Luiz terá o mesmo mercado que tem hoje, não há necessidade de apressarmos a sua saída. E, claro, desportivamente será letal. Nenhum dos centrais suplentes está suficientemente maduro para entrar com segurança e competência na equipa princial, sem que tenhamos falhas graves de organização. Sidnei tem disso sido prova e os outros, Roderick e Jardel, não têm qualquer tipo de entrosamento com Luisão.

Com esta venda, pomos em causa vários dos objectivos da equipa para a época. E isso, na minha opinião, é indesculpável.

26.1.11  
Anonymous Anónimo said...

Eusébio fez anos, festa na TV Pública paga por todos os contribuites, e siga à rusga. Afinal, a protecção jornalística aos do regime é «cultural», como diz o miúdo.
E o aniversário da morte do Feher? Já passou à história esse coitado. Tb não tem culpa de ter falecido com aquela camisola vestida.

26.1.11  
Anonymous Vitória do Benfica said...

Também eu tenho saudades de David Luis. Recordo a primeira vez que o vi em campo na luz contra o Paris Saint Germain a alegria ao colo de Quim presumo(?) depois de o Benfica ter passado a eliminatória. David Luis para além de optimo central é também um tipo bacano sempre bem disposto e a puxar a torcida e os adeptos em geral. Para além de tudo o que disse no seu pOst de referir ainda a lesão e o tratamento que o Benfica deu à sua lesão. Não sei se não é melhor ir para o Chelsea do que para o Mancheter city, eu julgo que em termos de credibilidade de mercado parece-me que não se compara. Também é aqui que o benfica está muito melhor. Há quantos anos não vendia jogadores para as grandes potencias do futebol mundial. O próximo ou muito me engano ou será Gaitan

26.1.11  
Anonymous Anónimo said...

Concordo em absoluto com a venda de David Luiz. Só isso explica a compra de Jardel. Caso contrário, no final da época haveria Miguel Vitor para tapar a vaga em aberto. Relembro que quando David Luiz chegou tinha 19 anos e foram-lhe dadas oportunidades reais de jogar. O mesmo se passou com Sidnei. Porque raio é que Miguel Vitor foi emprestado? E porque é que não são dadas oportunidades reais a Roderick? Vejo chegar jovens valores de todo o lado ao Benfica. Apostar num só jogador vindo das camadas jovens é que parece ser impossível. Se assim é, enquanto sócio, exijo que o investimento nas camadas jovens se resuma a escolinhas, iniciados e juvenis. Tudo amador e a baixo custo. O presidente e director desportivo devem admitir a falência da formação do clube.

26.1.11  
Anonymous Peter said...

Ó anónimo desculpa lá mas quer queiras quer não o Eusébio é o melhor português de todos os tempos e o reconhecimento da sua genialidade vai para além do enorme universo Benfiquista como ontem ficou demonstrado na festa com as intervenções ao vivo e gravadas do Baía (tão cedo não o deixam entrar no dragão de certeza), do CR7 , Mourinho, joseph blatter, Di Stéfano e o Joaquim Agostinho.Por muito que te custe ele fez carreira no Benfica mas ele é um símbolo de Portugal e quem não reconhece isto ou é burro ou é fanático. Quanto á questão cultural da imprensa é no mínimo hilariante o que miúdo mimado diz, a RTP apesar da festa de ontem tem servido o fcp e de que maneira aliás basta ver o jornal da uma, a RTPN etc.Para não falar da Sportv que toda a gente sabe do comportamento e dualidade de critérios existentes entre as transmissões do fcp e do Benfica, e toda a gente sabe quem é o patrão da Sportv e qual é o seu clube.A imprensa e a Televisão precisam do Benfica para vender pq o Benfica é que vende mas isso não quer dizer que seja Benfiquista.

26.1.11  
Blogger BT26 said...

anónimo, duas coisas:

Quando se trata dos dinheiros dos contribuintes para pagar o teu centro de estagio já não falas né?

Foi uma festa da tv pública com dinheiro pago por todos os contribuintes (60% Benfiquistas) a um jogador que levou a selecção português até a sua melhor qualificação de sempre num mundial (e acho que o único a conseguir ser o melhor marcador da prova), por isso qual é o problema em a tv pública fazer então esta festa?

Benfica sempre.

27.1.11  
Anonymous Peter said...

Melhor jogador português de toddos os tempos.Sorry

27.1.11  

Enviar um comentário

<< Home