24/01/11

UM RECITAL QUE TERMINOU ANTES DO TEMPO

Como noutras ocasiões desta temporada, o jogo frente ao Nacional mostrou um Benfica com facetas distintas, e até, nalguns aspectos, contraditórias.
Os primeiros minutos foram absolutamente extraordinários. Viu-se então um futebol fluído, acutilante, versátil e espectacular, que rendeu dois golos como poderia ter rendido quatro. Com a armada argentina em plano de destaque, a equipa de Jesus ameaçava nesse período repetir os números da temporada passada, quando havia vergado este conjunto madeirense (então orientado por Manuel Machado) a uma goleada de 6-1.
Pelo contrário, a fase final do jogo, sobretudo entre o primeiro golo do Nacional e o quarto do Benfica, trouxe à memória os momentos mais problemáticos desta época, revelando uma equipa pouco pressionante e desconfiada de si própria.
Como disse o técnico encarnado, sofrer golos também faz parte do futebol. Acrescentaria eu que o adversário que o Benfica tinha por diante é das equipas mais interessantes do campeonato, tendo já dado provas de não se render facilmente. Mas de uma equipa que se encontra a ganhar por 3-0 a vinte minutos do fim exige-se uma gestão mais segura do jogo, e não se espera o sofrimento que chegou a inundar as já de si geladas bancadas do Estádio da Luz.
Se olharmos globalmente para os noventa minutos, prevalece no entanto a ideia de uma vitória justíssima, e a memória de um jogo muito competitivo com alguns momentos de belíssimo futebol. Em termos individuais destacaria os argentinos, todos eles com desempenhos bastante positivos. Em sentido oposto, Carlos Martins entrou muito mal no jogo, realizando uma das exibições mais pobres que lhe vi com a camisola do Benfica.
O árbitro Rui Costa não teve muito trabalho, mas ainda assim deixou passar um lance de aparente grande penalidade, cuja sequência acabou por originar o primeiro golo do Benfica.
Após mais esta, o Benfica leva doze vitórias nos últimos treze jogos do campeonato, e em provas nacionais soma onze triunfos consecutivos, tendo até agora um 2011 cem por cento vitorioso. Números de campeão, que só as ocorrências das primeiras jornadas injustamente ensombram.

17 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Não se condena a violência? ou as paletas não deixaram ver?

24.1.11  
Blogger LF said...

Não sei o que se passou.
Aliás, ninguém sabe, senão os protagonistas.

24.1.11  
Anonymous Anónimo said...

Tipico do Português de hoje em dia. Assobia e olha para o lado.

24.1.11  
Blogger Sry Lanka said...

Ninguém sabe...é como o túnel...ninguém sabe...mas o outro levou 3 meses em vez de 3 jogos...ninguém até hoje soube...ou soube?

24.1.11  
Anonymous Vitórias do Benfica said...

È engraçado que os Portistas ou os Sportinguistas venham para aqui falarem, tal como faz o robot oficial do serviço. A Bola só revelou a resposta de Jorge de Jesus não o que esteve na origem. Mas nada que se compare à bota de Deco a Paraty ou o rasgão de camisola de Rui Jorge feita por Mourinho. Quanto ao jogo, julgo quem esteve pior foram de facto Carlos Martins e Cardozo, um porque não segurava bolas outro porque nada fez em campo, é Cardozo é confrangedor. O que fazer é comprar um central que esteja para a defesa como Salvio está para o ataque. E no segundo golo, Roberto podia ter feito melhor. Mas aquele ataque é de facto uma coisa do outro mundo, em minha opinião alguns passos são de pura magia, muito melhor do que o ano passado.

24.1.11  
Anonymous Anónimo said...

Nao tem televisao LF? eu nao vi o jogo mas ja vi as imagens muitas vezes. Ou vai dizer que o Jorge Jesus não agrediu? Se fosse o FCP aposto que já tinha no mínimo 20 resumos

24.1.11  
Blogger LF said...

O Jesus disse que afastou o jogador, o jogador disse que foi empurrado, o árbitro nem sequer relevou o assunto. Sinceramente não me parece nada do outro mundo. Só o anti-benfiquismo de alguns, e a avidez de alguma comunicação social por casos polémicos, podem pretender transformar isto numa coisa grave que, manifestamente, não é.

24.1.11  
Anonymous Peter said...

O Benfica jogou bem e as substituições é que quebraram o jogo da equipa.Quanto ao JJ acho que devia ser castigado, mas sejamos objectivos este incidente está a camuflar mais um roubo de que o fcp beneficia que é o penalty contra o beira-mar, e não sou só eu que oenso assim, até o comentador bruno prata um portista ferrenho disse que o andré marques antes de tocar no hulk o brasileiro já estava em queda. 3 vitórias por 1-0 do fcp esta época todas de penalty´s que não existiam, contra a naval,v.setúbal e agora o beira-mar.Este sim é o grande facto do fim de semana futebolístico.

24.1.11  
Anonymous Anónimo said...

O LF n vê TV. Ou melhor acredita mais no JJ do q nos proprios olhos! Rebanho...

25.1.11  
Blogger No.Worries said...

Excelente análise, mais uma vez.
A verdade é que este mês de Janeiro está repleto de jogos, e compreende-se que Jesus tenha tirado Aimar e Cardozo tão cedo. Este facto aliado à quebra fisica de Sálvio e Gaitan, quanto a mim justificam o "regresso ao jogo" do nacional, coisa que (penso eu) não passou pela cabeça de ninguém.

Fico agora a aguardar a análise a mais uma vitoria forjada do futebol corrupto do porto, outra vez com um penalty inexistente. Portanto ou inventam penalties a favor do clube corrupto, ou perdoam penalties flagrantes ao clube corrupto (ou não perdoam mas mandam repetir até o marcador falhar...), ou permitem golos irregulares... deve ser um recorde mundial uma equipa precisar tanto dos àrbitros para conseguir pontos...

25.1.11  
Anonymous Anónimo said...

"O Jesus disse que afastou o jogador, o jogador disse que foi empurrado, o árbitro nem sequer relevou o assunto."*

Incrivel! COmo é possivel? Já sabia q o LF n tinha espinha dorsal, mas este branqueamento lava mais branco q o Omo!
Que pouca vergonha!
Então o JJ dá um soco/estalo ao jogador do Nacional, o jogador do Nacional diz mesmo q se sentiu agredido e o LF vem dizer q "no pasa nada"! Aqui está a ética e a verdade desportiva em acção! O ano passado, com o Hulk e o Vandinho o LF já via melhor! Engraçado q é sempre o mesmo clube q está na berlinda!

25.1.11  
Blogger marley said...

É verdade Peter o grande facto da semana é mesmo esse o penalty que não foi e mais 3 pontos para o FCP.Isto do JJ serviu na perfeição para escamotear a vergonha que se passa no futebol portugês.Este é mesmo "o campeonato do penalty".
Saudações benfiquistas

25.1.11  
Anonymous Anónimo said...

lf, veja as imagens, ponha as palas de lado e depois diga alguma coisa. Porque imparcial nao me parece que seja algo que conste no seu dicionario. seja coerente e nao tenha medo de escrever. tenho a certeza que pode continuar a escrever no jornal do benfica e ir a benfica tv se disser que o Jorge Jesus agrediu o jogador.

Mas se quiser ir por ditos, o hulk e o sapunaru tambem disseram que foram insultados e agredidos primeiro. Se calhar isso assim ja nao lhe interessa.

Dona vitoria, a si nem lhe respondo, tamanhas sao as suas palas e falta de visao de futebol.

25.1.11  
Anonymous Anónimo said...

http://www.youtube.com/watch?v=ULUXTMF071k&feature=related

Lf, tire as palinhas vermelhinhas que tem nos olhos e comente isto e diga-me se foi so um empurrao. Ja que ainda nao tinha visto nada ( se calhar porque nao deu jeito ver ) tem aqui a oportunidade.

Nao se esqueça de colocar aqui a sua classificação pseudo real a dizer que nao é penalti para o hulk para eu me rir um bocadinho

25.1.11  
Anonymous Anónimo said...

É que só engrandecia o teu benfiquismo se assumisses as agressões e condenasses a violência. Mas não, as palas não deixam ver mais nada!!

25.1.11  
Anonymous Peter said...

Ó Anónimo eu vejo que o JJ agride o luiz alberto, mas o facto é que para haver castigo tem que haver queixa por parte do jogador do nacional, coisa que até agora não sucedeu.E agora fazendo uma analogia, nas escutas do apito dourado tb se comprova claramente que o pinto da costa é um corrupto assim como grande parte da estrutura directiva do fcp, no entanto as escutas são consideradas ilegais (que conveniente) e o pintinho e o resto da camorra andam a solta, para quem considera que o não castigo ao JJ é injusto deve ter a coerência de dizer que tb perante os factos das escutas é injusto o pinto da costa e a camorra não estarem presos.Saudações Bernfiquistas Marley.

25.1.11  
Anonymous Anónimo said...

Nao é preciso haver queixa peter. as imagens servem perfeitamente

26.1.11  

Enviar um comentário

<< Home