25/01/11

CLASSIFICAÇÃO REAL

Este campeonato já está definitivamente manchado por erros graves de arbitragem. Alguns deles claros e assumidos até por Vítor Pereira, outros mais discutíveis.
Há muitos lances polémicos que nem a televisão esclarece. Mas também nesses, as decisões vão sempre no mesmo sentido, no sentido de favorecer o FC Porto e prejudicar o Benfica.

BEIRA MAR-FC PORTO
O penálti de Aveiro não é, nem deixa de ser. Na verdade a televisão não mostra se Hulk é rasteirado por André Marques, ou se, pelo contrário, mergulha para cima das canelas do seu opositor forçando o contacto. A decisão do árbitro foi a que se esperava: na dúvida, escolhe-se o FC Porto.
Como aqui a dúvida é mesmo …dúvida, darei o respectivo benefício ao juiz, mesmo que ele possa eventualmente não o merecer.
Resultado Real: 0-1

BENFICA-NACIONAL
Se o remate de Gaitán não tem entrado na baliza, estaríamos agora a discutir, e com razão, o penálti claro que Rui Costa deixou passar no lance imediatamente precedente. Salvio é rasteirado no interior da área, e sabe-se que não existe lei da vantagem nos casos de grande penalidade. Mais um penálti por marcar a favor dos encarnados.
De resto todos os golos são legais, embora dois deles no limite do fora-de-jogo (Saviola justamente nesse primeiro golo, e um jogador madeirense no lance do segundo golo do Nacional).
Resultado Real: 4-2

MARÍTIMO-SPORTING
Um penálti por assinalar sobre Djalma não compromete, sobremaneira, a verdade de um jogo que finalizou com um resultado tão expressivo.
Resultado Real: 1-3

CLASSIFICAÇÃO REAL
BENFICA 46
FC Porto 41
Sporting 26

O top-erro também segue sem alterações:
1º SPORTING-V.GUIMARÃES (11ª jornada) Golo fantasma concedido pelo árbitro auxiliar, num lance em que a bola bate apenas na trave, e em que o guarda-redes vimaranense é empurrado, ele sim, para dentro da baliza. Resultado na altura: 1-0 Resultado final: 2-3
2º RIO-AVE-FC PORTO (3ª jornada) Rasteira clara de Álvaro Pereira a um avançado do Rio Ave dentro da área, a que Jorge Sousa fez vista grossa. Resultado na altura: 0-1 Resultado final: 0-2
3º FC PORTO-V.SETÚBAL (13ª jornada) Falcão mergulha para a relva no interior da área, e o diligente Elmano Santos aponta para a marca de penálti, a um minuto do intervalo. Resultado na altura: 0-0 Resultado final: 1-0

Etiquetas:

6 Comments:

Anonymous Peter said...

O LF que me perdoe mas o quando 1 próprio reputado comentador portista o bruno prata diz que não é penalty, para mim está tudo dito,e este assumir de um erro por parte de um portista em seu benefício, é uma coisa tão rara que temos que aproveitar.

25.1.11  
Blogger marley said...

O Jorge Coroado,assumido ANTI-BENFIQUISTA, tb. diz não ser penalty e diz mais, diz que o Givanildo deveria ter levado cartão amarelo por simulação.

26.1.11  
Anonymous Vitória do Benfica said...

O que fazer? Continuar de corpo e alma a Ser Benfiquista. Apesar do seu romantismo foi bonito ontem ver Gaspar Ramos no BenficaTV como se depreende o futebol está manchado de Pintos da Costa alike, people. Infelizmente também foi esta uma das Portas que Abril abriu.

26.1.11  
Blogger No.Worries said...

Bem, desta vez tenho que discordar.
O penalty em Aveiro não me deixa dúvidas nenhuma que é tão falso como esta liderança do campeonato!
E como tal a "classificação real" teria que ser ajustada...

26.1.11  
Anonymous Brytto said...

É evidente que não há pénalti, mas o árbitro mt dificilmente poderia ter visto...Para mim é um lance relativamente parecido com o pénalti assinalado a favor do Paços contra o Sporting...Nos dois casos há efectivamente contacto mas já com os jogadores em plena simulação (queda)

Logo, não percebi esta apreciação do LF!!!!!!!!!!

26.1.11  
Anonymous Anónimo said...

Já agora, e aquele lance em q o jogador do Beira Mar corta a bola com o braço num canto? Ng viu pois não?

27.1.11  

Enviar um comentário

<< Home