19/11/10

FALSAS QUESTÕES, FALSAS INTENÇÕES

Kardec marca um golo, e é criticado numa estação de rádio por não comemorar efusivamente.
No mesmo jogo, Nuno Gomes marca um golo, que aproveita para dedicar ao falecido pai, e mesmo assim estala a polémica pela forma efusiva como comemorou.
Em que ficamos?
Quando se pretende atingir a estabilidade de uma equipa, vale tudo. Desde a sobrancelha de Jorge Jesus, ao abraço entre dois ou três jogadores. Até parece anedota.
A verdade é que, desde há vários anos, não existe um único problema no balneário benfiquista. E se existe, é resolvido lá dentro, sem escapar um cabelo para a praça pública – e aqui reside o maior dos méritos do director-desportivo Rui Costa.
Nuno Gomes é um profissional exemplar, que mesmo remetido para uma menor utilização, nem por um momento expressou publicamente qualquer tipo de descontentamento – a menos que marcar golos, e festejá-los, possa ser entendido como tal.
Jorge Jesus é um técnico que não se perde em privilégios, amiguismos ou emotividades na hora de escolher a equipa, e tal como fez em relação a Mantorras, também não hesita em deixar o capitão de fora se entende que há jogadores em melhor condição física. Ainda bem que assim é.
Qual o problema então?
É simples: trata-se de aproveitar a ressaca da goleada do Dragão, para tentar minar o ambiente da Luz com insinuações rasteiras. Apenas isso.

6 Comments:

Anonymous Peter said...

Estou de acordo mas se o Nuno Gomes jogasse com mais frequência e não digo como titular porque é óbvio que tem melhores jogadores á sua frente tb não se perdia nada pq o Nuno é extremamente inteligente.

19.11.10  
Anonymous Vitória do Benfica said...

Luis;
Completamente de acordo, se antes tudo se sabia agora nada se sabe, não é só mérito de Rui Costa esse trata de forma humana os problemas do balneário, mas também dessa iminência que embora parda é outra grande figura da comunicação do Benfica : João Gabriel. Quanto ao resto, Jesus tb tem um pouco a mania que o Benfica sem ele não é nada. O Benfica não é de um treinador Jesus supõe que está no Benfica de outra era, que quando o treinador saía tudo desaparecia. Quando ele se for embora a estrutura do Benfica não se desmorona, disso tenho, hoje, a certeza

PS: Linda a fotografia onde se vê Coentrão a pegar ao colo de Nuno Gomes.

20.11.10  
Anonymous Vitória do Benfica said...

Luis;
Completamente de acordo, se antes tudo se sabia agora nada se sabe, não é só mérito de Rui Costa esse trata de forma humana os problemas do balneário, mas também dessa iminência que embora parda é outra grande figura da comunicação do Benfica : João Gabriel. Quanto ao resto, Jesus tb tem um pouco a mania que o Benfica sem ele não é nada. O Benfica não é de um treinador Jesus supõe que está no Benfica de outra era, que quando o treinador saía tudo desaparecia. Quando ele se for embora a estrutura do Benfica não se desmorona, disso tenho, hoje, a certeza

PS: Linda a fotografia onde se vê Coentrão a pegar ao colo de Nuno Gomes.

20.11.10  
Anonymous iBenfiquista said...

Totalmente de acordo.

Quanto ao Nuno Gomes, temos de ser realistas e o melhor já passou. É, foi, um grande jogador. Mas já é muito lento e fraco fisicamente. Eu tenho pouca pachorra para nostalgias. Isso é bom é para os fadistas. Que eu não sou nem gosto.

Existem actualmente jogadores novos com fantásticas perspectivas de futuro e que estão tapados pelo Nuno. Na minha opinião, já devia de ter deixado de jogar o ano passado. No entanto, devido à baixa média de idades do grupo entendo, e não critico, a sua continuação este ano.

A aposta tem de ser no futuro, e penso que o JJ pensa, e bem, da mesma maneira.

20.11.10  
Anonymous Nós Sébio said...

Serão, talvez, os mesmos que não comentam o facto de o Ronaldo nunca comemorar colectivamente golos da selecção marcados pelos colegas.

E ainda estou para perceber onde querem chegar alguns opinadores que desde a segunda jornada afirmam, num uníssono estranho, que "Jesus já não é o mesmo do ano passado", que "já não vive o jogo com a mesma intensidade" e etc...

20.11.10  
Anonymous Anónimo said...

Vários anos? Ah pois, 2 são vários.

20.11.10  

Enviar um comentário

<< Home