12/10/10

NÃO ESTARÃO ELES A MAIS?

O futebol português está totalmente bipolarizado, tanto nos relvados, como nas guerras de bastidores. Existem apenas dois verdadeiros candidatos ao título. Existem dois clubes claramente superiores aos restantes sob todos os pontos de vista (palmarés, dimensão internacional, representatividade, orçamento, poder mediático e institucional, eclectismo, audiências, número de associados etc). Perante esta realidade e nestas circunstâncias, ainda fará algum sentido manter elementos de um terceiro clube nos debates televisivos?
Creio que não.
Compreendo que isto não seja consensual, que a medida seja difícil de aplicar, e dê azo a alguma polémica. As figuras em causa são bons personagens televisivos (polémicos, castiços, por vezes ridículos), e isso também contribui para os manter em antena. Mas a relevância que estes espaços tomam hoje no futebol português, e a importância dos temas que, perante o país, ali se discutem, já não se compadece com outras presenças que não as representantes das suas duas principais forças.
É verdade que todos os clubes têm direito ao seu espaço. Mas se o Sp.Braga, o V.Guimarães e o Marítimo (por exemplo) não estão representados neste tipo de debates, porque motivo há de estar o Sporting? Alguém imagina o Atlético de Madrid ou o Espanyol intrometido num espaço de discussão entre Real Madrid e Barcelona?
É que a presença leonina, além de fazer desperdiçar tempo de emissão, traz também um total enviesamento ao equilíbrio que se pretende. Tomando sistematicamente as dores e as posições do FC Porto, torna o debate numa espécie de “dois” contra “um”, sendo que o “um” é, paradoxalmente, representativo da esmagadora maioria dos adeptos do futebol.

24 Comments:

Anonymous brytto said...

ehehehe, desta vez foste mesmo mauzinho!!!!!!

12.10.10  
Anonymous Anónimo said...

É por posts como estes que se justifica a máxima, em cada lampião há um cabrão.

Sporting Sempre

12.10.10  
Anonymous Anónimo said...

O q lhe incomoda mesmo, é os SCP's não tomarem as dores do seu clube na tentativa de menosprezar os feitos do FCP. Não entrarem na demagogia, na vossa conversa da treta, nos vossos teatros de diversão para atirar areia para os olhos dos sócios descontentes, por resultados desportivos miseráveis depois de tanta pompa!
Pressionam, chantageiam, manipulam, infiltram, e fazem de tudo para se desresponsabilizarem dos seus fracassos. E ainda vêm falar em verdade desportiva. Desportiva? Sabem lá o q isso é! Só sabem de verdade desportiva quando estão na mó de cima. Aí, nessas alturas, tudo é límpido e transparente. Seja futebol, seja hoquéi, seja andebol, seja basket, seja carica ou berlinde! Quando o vento não corre de feição, quando o tiro sai pela culatra, aí estão todos de armas e bagagens pela verdade!
O desespero está a tomar conta do club do regime e à medida que vêm o título fugir tentam arranjar motivos que desviem as atenções: reúne em jantares, jornalistas e paineleiros para lhes encomendar o sermão e pede aos adeptos que não assistam aos jogos; promove comunicados ridículos atrás de comunicados estúpidos; queixa-se dos árbitros, faz queixinhas aos Ministros que o recebem com toda a pompa; desdobra-se em entrevistas, mete-se, provoca e insulta toda a gente. Agora é o autocarro. Parece mesmo q está a pedir para q seja vandalizado. A tenda está armada para o FCP - SLB. É isto q anda semear. É confusão q procura. Mas desta vez, estamos atentos. Nós, e todos q já lhes conhecem o género!

12.10.10  
Blogger JDF said...

2 contra 1? E os moderadores?

12.10.10  
Blogger Óscar Eduardo said...

Na minha opinião, a manter os "analistas" da Sucursal Clube do Porto, deve-se acrescentar então alguém do Braga.
Assim sim, fazia sentido. Os candidatos ao título mais aqueles que um dia... talvez... se tudo correr bem...

12.10.10  
Anonymous Vitória do Benfica said...

Eu não estou de acordo consigo. Acho que o tirar o Sporting do espaço de antena ainda os tornava mais anti-Benfica. Temos é sim como ainda ontem Rui Gomes da Silva propunha pedir ao Sporting mais Sporting Dias da Cunha e menos Rui Oliveira e Costa, acho que esse sim é o pior de todos os adeptos sportinguintas e ainda por cima parece-me um tipo que tem interesses pessoais no FCP talvez ao nível de sondagens. Os clubes têm de perceber que não podem ser amigos da actual Direcção do FCP.

12.10.10  
Anonymous Anónimo said...

Já sei que quando pretender "justiça" contra alguem, deverei recorrer a este blog ou então a uma instituição como o SLB pois os tribunais civis não devem servir para esse efeito mas sim para jogar "futebol".
A JUSTIÇA deve ser cega, e não analisar os factos com uma ou outra cor conforme as conveniencias...

12.10.10  
Blogger LF said...

Vitória,

Esperar por um Sporting mais "Dias da Cunha" e menos "Oliveira e Costa" é quase como esperar que crescam dentes a uma galinha.

Um Sporting assim nunca agradaria aos sportinguistas, e por isso não acredito que se mantivesse de pé por muito tempo.
A prova foi que Dias da Cunha não "sobreviveu" mais de um ano após o manifesto que assinou com Vieira.

Como sabe, a maior parte de nós (benfiquistas) pouco ou nada ligamos ao Sporting e à sua batalha pela subsistência enquanto grande clube, e até, se tal fosse possível, gostariamos de os ter como aliados.
Mas para 99% dos sportinguistas, o Benfica é, claramente, o alvo a abater.
E continuará a ser. É algo que faz parte do ADN de um clube que nasceu, e viveu, alimentando-se dessa rivalidade.

Há adeptos do Sporting (e destaco desde já o Zé Diogo Quintela), que têm outra postura, e vêm o seu clube num plano superior. Mas a esmagadora maioria vive exclusivamente na pequenez paroquiana da rivalidade da 2ª circular, não percebendo que esse é um combate perdido, e que, com ele, se afastam do protagonismo nacional (sem falar no internacional, que nunca tiveram).
Resta-lhes as alegrias das derrotas do Benfica, o que acentua o carácter negativista do clube e dos seus adeptos.

Não tenho pois qualquer esperança de que o Sporting sirva para alguma coisa. Não ao Benfica (não tinha obviamente que servir), mas ao próprio futebol português.
É um peso morto, que apenas atrapalha.

Já pensei o contrário, mas agora julgo ser um erro o Benfica e o seu presidente continuarem a tratar o Sporting nas palmas das mãos.
Se não querem ser aliados, nem conseguem ser rivais, a estratégia certa será ignorá-los, deixando-os definhar no meio de todos os seus equívocos.
É pena, mas é assim.

12.10.10  
Anonymous Manuel António Silva said...

è curiosa as palavras dos portistas neste e noutros blogues. E de tão semelhante aos argumentos da PIDE antes do 25 de Abril que até confrange. Os PIDES também eram absolvidos no tribunal e os outros como ainda bem recentemente se pode ver na película o Segredo dos Teus Olhos os bufos eram ilibados. È engraçado os Portistas não conseguem reprovar outros não conseguem sequer ouvir. Porque na realidade ganharam muitos campeonatos como se vê hoje, por métodos invios

12.10.10  
Blogger No.Worries said...

Excelente.
De facto não faz sentido nenhum manter esses paineleiros, a não ser para dar um toque "apalhaçado" ou de submissão aos corruptos aos ditos programas.
Mas na realidade o que devia acabar mesmo eram esses programas, pois ter lá representantes do clube corrupto é péssimo para a imagem do futebol nacional.
Que mensagem querem passar? Que os corruptos no desporto português passam impunes? Que as suas vitorias valem tanto como as dos outros?? Que os corruptos merecem o mesmo tratamento do que os não-corruptos???

12.10.10  
Anonymous Anónimo said...

É assim, para o programa refletir mais realisticamente o panorama futebolistico nacional

12.10.10  
Anonymous Anónimo said...

"O q lhe incomoda mesmo, é os SCP's não tomarem as dores do seu clube na tentativa de menosprezar os feitos do FCP. Não entrarem na demagogia, na vossa conversa da treta, nos vossos teatros de diversão para atirar areia para os olhos dos sócios descontentes, por resultados desportivos miseráveis depois de tanta pompa!"

Meu caro, o que nos incomoda, não é a SCP não tomar as dores do SLb, mas sim aliar-se constantemente ao FCP, num luta contra o SLB, quando com isso os mais prejudicados são mesmo vocês, isto porque, o Benfica graças à massa associativa ainda vai conseguindo de lês a lês contrariar o "sistema" e lá consegue ganhar qualquer coisa, já SCP, vê-se envolto numa rede de onde não tem poder para sair.

Não arranjem outro Dias da Cunha que quando se aperceberem do caminho que estão a seguir, será tarde de mais... se já não for!

Ps: Os adeptos do meu clube que apelidam o SLB clube de bem, poupem-me de tanta hipocrisia e parvoíce, nós também temos problemas bem graves, começando pela desordem e criminalidade presente na nossa maior "claque" que já há muito devia estar legalizada, bem ainda como outros problemas conhecidos por todos...

Compreendo e obviamente admito que, o nível de terror que esta exerce sobre outros adeptos de clubes diferentes, não é em nada comparável à dos animais dos super-dragões.

12.10.10  
Anonymous Anónimo said...

Desculpe mas não estou de acordo. Retirar o elemento afecto ao Sporting desses debates televisivos seria como ir ao circo e não ter palhaços!!

12.10.10  
Blogger Edgar said...

Em termos de militância clubística, o que me irrita menos destes três ainda é o Eduardo Barroso.
Do pouco que o vi, conseguiu mostrar revolta contra arbitragens enviesadas e até em relação às escutas!

Os outros têm um grande complexo de inferioridade no lugar do cérebro. O Dias Ferreira, então vê perseguição em tudo e passa metade do tempo a fazer propaganda política!

13.10.10  
Anonymous Pedro said...

Concordo plenamente. Excelente post. Não faz sentido nenhum manter um clube como o Sporting entre Benfica e Porto. Ou se remove o representante do Sporting ou se coloca um representante do Braga também. Aquilo que vemos nos debates acaba por ser o Sporting a tomar sempre o partido do Porto contra o Benfica, visto que, de há uns anos para cá, o clube adoptou a máxima "não os podes vencer, junta-te a eles" e uniu-se ao Porto. Adicionando um representante do Braga, equipa mais ao nível do Sporting, talvez o comentador sportinguista não se sentisse tão inferiorizado e já não precisasse de tomar partido de um dos dois grandes de Portugal, assumindo assim uma posição diferente. Agora este esquema para além de injusto para o representante do Benfica (tem sempre 2 pessoas a unirem-se contra ele), para o Braga (é tão ou mais candidato ao título que o Sporting), beneficia o Porto e acaba por ridicularizar o Sporting, que depois de já ter perdido o estatuto de "grande" e estar a anos-luz de Benfica e Porto quer a nível de palmarés ou adeptos, julgo que não precisa de ser ainda mais ridicularizado nos meios de comunicação social.

13.10.10  
Blogger Homem da Luz said...

Percebo e compreendo o raciocínio, mas não concordo.
Creio que o que nos desagrada é a total previsibilidade de todas as opiniões dos comentadores (pseudo)leoninos. Já sabemos que estão sempre a fazer tabelinha entre a fruta e o café.
É isso que não compreendo e sobretudo não aceito como válido. É demasiado incoerente e pobre moralmente, defender um clube comprovadamente corrupto e depois vir para a rua falar em diferença, educação e desportivismo.
A par do Benfica, o Sporting foi o clube mais prejudicado pelas arbitragens nos últimos 20 anos, e agora fazem-se cúmplices de quem os robou.
Não sei se é de tótó, mas que é de tolinho, lá isso é.

13.10.10  
Anonymous Anónimo said...

Ao Anonimo sportinguista.
Tendo em conta os factos historicos, algo que para si deve ser complicado de perceber, clube do regime era a sua merda de clube.
Conversa da treta e demagogia é pensar e acreditar que o scp é um grande clube nos dias de hoje. ponham
os olhos no braga...
Diminuir o Benfica à luz de um anti benfiquismo primário cego é um exercicio de desonestidade gritante, a que todos os sportinguistas se prestam nos dias que correm, porque se não fosse isso, o que haveria de mais para dizer sobre um clube que em 50 anos ganhou quatro ou cinco miseros titulos nacionais...
Por isso como diz o deus do futebol... que la chupen e sigan chupando!!!!!!

Zé João

13.10.10  
Anonymous the_passenger said...

LF, costumo concordar consigo em muitas opiniões, mas nesta não concordo. E até digo isto apesar de achar que estes programas não servem absolutamente para nada, ao contrário daquilo que diz acerca da 'relevância que estes espaços tomam hoje no futebol português', embora reconheça também a importância dos temas que ali se discutem perante o país. Mas que diferença faz que estes sejam discutidos ali? Acha que esse facto muda alguma coisa? O que é importante é o assunto que discutem, não as consequências de tal discussão, que é absolutamente nenhuma. Esses programas não são mais que palhaçada para entreter 'carneirada' enquanto não chega a próxima jornada. Ali pouco ou nada se aprende de futebol e eu já desliguei-me à muito desse tipo de programas, comigo não contem para engrossar audiências. Costumo dizer que gosto mais do futebol jogado do que do falado. Mas voltando à questão em concreto, a grandeza de um clube mede-se no seu historial e na falange de adeptos que possui e não no particular momento que possui, e nesse aspecto faz todo o sentido manter o Sporting a par de Benfica e Porto pelas duas razões citadas. Nem sequer acredito que o Porto tenha actualmente mais adeptos que o Sporting, mesmo tendo em conta os actuais sucessos desportivos das equipas. Para além disso, porquê convidar o Braga para participar no programa? Só porque tem tido bons resultados desportivos nos últimos 3 anos? E porque não convidar alguém do Beleneneses, Boavista, ou até V. Guimarães, tudo clubes que têm maior palmarés que o Braga? Acha que faz sentido? O Braga ainda tem um longo caminho a percorrer até chegar ao estatuto do Sporting, do Porto ou do Benfica, embora seja o contrário aquilo que a comunicação social tenta impingir constantemente com tanta empolamento desta equipa como sendo ‘o 4.º grande’. A ver vamos se não estamos perante mais um caso de ascensão meteórica com a consequente queda nas divisões inferiores como aconteceu com outras equipas no passado (caso mais recente o Boavista, que até ganhou um campeonato…).

13.10.10  
Anonymous the_passenger said...

Concordo consigo que ao Sporting falta muitas vezes presença forte nas questões importantes, bem como independência, andando muitas vezes a reboque de quem lhe dá mais. Mas como pedir isso a um adepto sportinguista, quando é a própria direcção que se afirma como ‘anti-lampiões’ e se promovem aos saltinhos enquanto gritam ‘e quem não salta é lampião’? E o que dizer de adeptos sportinguistas, e falo com conhecimento porque já presenciei isto mais que uma vez, que dizem que preferem ver o Sporting perder do que ver o Benfica ganhar? Pessoas que se afirmam sportinguistas porque são anti-Benfica, faz algum sentido? No dia em que um dirigente do Benfica tenha atitudes destas, seja contra o Sporting, seja contra o Porto, é sinal de que está lá a mais, porque o importante é o Benfica e não os outros. No dia em que prefira uma vitória do Sporting, mesmo que isso signifique uma derrota do Benfica, é o dia em que posso afirmar que enlouqueci. Mas nem todos os adeptos do Sporting são assim, felizmente, e também conheço exemplos disso. E até lhe digo que os verdadeiros sportinguistas estão cada vez mais descontentes com a actual direcção do seu clube e da forma como esta está a afundar o Sporting aos poucos, pois nem todos cegam com o ódio ao Benfica.
Também como Benfiquista digo-lhe que não queria ver o Sporting aliado ao Benfica, como nalguns comentários aqui já alguns trataram de vomitar. O Benfica não precisa de aliados, nunca precisou. A força do Benfica deve-se aos seus sócios e adeptos. Nada me daria mais nojo do que ver o Benfica de ‘braço dado’ com o Sporting ou com o Porto. O que os adeptos sportinguistas se estão a esquecer é que também têm sido prejudicados pela corrupção como ficou patente nas últimas escutas publicadas. Para o bem do futebol português, é bom que o Sporting intervenha e marque a sua posição, em vez de se alhear da questão como tem feito. Se o Sporting continuar alheado, é sinal que está alheado de tentar ganhar seja o que for, correndo o sério risco de vir a lutar pela manutenção ou na melhor das hipóteses por um lugar na Europa num futuro não muito longínquo. Não se trata de uma guerra contra o Porto, nunca o foi. Claro, convém aos dirigentes do Porto transformar esta questão numa cruzada Benfiquista contra o Porto porque toda a credibilidade que tinham foi ao ar, e no dia em que deixem de ganhar seja o que for, podem ter a certeza que a contestação interna no clube vai subir de tom.

13.10.10  
Anonymous the_passenger said...

Concordo consigo que ao Sporting falta muitas vezes presença forte nas questões importantes, bem como independência, andando muitas vezes a reboque de quem lhe dá mais. Mas como pedir isso a um adepto sportinguista, quando é a própria direcção que se afirma como ‘anti-lampiões’ e se promovem aos saltinhos enquanto gritam ‘e quem não salta é lampião’? E o que dizer de adeptos sportinguistas, e falo com conhecimento porque já presenciei isto mais que uma vez, que dizem que preferem ver o Sporting perder do que ver o Benfica ganhar? Pessoas que se afirmam sportinguistas porque são anti-Benfica, faz algum sentido? No dia em que um dirigente do Benfica tenha atitudes destas, seja contra o Sporting, seja contra o Porto, é sinal de que está lá a mais, porque o importante é o Benfica e não os outros. No dia em que prefira uma vitória do Sporting, mesmo que isso signifique uma derrota do Benfica, é o dia em que posso afirmar que enlouqueci. Mas nem todos os adeptos do Sporting são assim, felizmente, e também conheço exemplos disso. E até lhe digo que os verdadeiros sportinguistas estão cada vez mais descontentes com a actual direcção do seu clube e da forma como esta está a afundar o Sporting aos poucos, pois nem todos cegam com o ódio ao Benfica.

13.10.10  
Anonymous the_passenger said...

Também como Benfiquista digo-lhe que não queria ver o Sporting aliado ao Benfica, como nalguns comentários aqui já alguns trataram de vomitar. O Benfica não precisa de aliados, nunca precisou. A força do Benfica deve-se aos seus sócios e adeptos. Nada me daria mais nojo do que ver o Benfica de ‘braço dado’ com o Sporting ou com o Porto. O que os adeptos sportinguistas se estão a esquecer é que também têm sido prejudicados pela corrupção como ficou patente nas últimas escutas publicadas. Para o bem do futebol português, é bom que o Sporting intervenha e marque a sua posição, em vez de se alhear da questão como tem feito. Se o Sporting continuar alheado, é sinal que está alheado de tentar ganhar seja o que for, correndo o sério risco de vir a lutar pela manutenção ou na melhor das hipóteses por um lugar na Europa num futuro não muito longínquo. Não se trata de uma guerra contra o Porto, nunca o foi. Claro, convém aos dirigentes do Porto transformar esta questão numa cruzada Benfiquista contra o Porto porque toda a credibilidade que tinham foi ao ar, e no dia em que deixem de ganhar seja o que for, podem ter a certeza que a contestação interna no clube vai subir de tom.

13.10.10  
Anonymous Anónimo said...

Ahahah só rir. Tomara o slb chegar aos calcanhares do maior clube de Portugal. o Grande Sporting!

13.10.10  
Anonymous Anónimo said...

Caro Inteligente LF,

A resposta à sua questão é dada por si no mesmo texto.

"Existem dois clubes claramente superiores aos restantes sob todos os pontos de vista (palmarés, dimensão internacional, representatividade, orçamento, poder mediático e institucional, eclectismo, audiências, número de associados etc)."

Valerá a pena aos restante jogar? Talvez só para ver quem vai à UEFA e quem desce...
O Sr. é um benfiquista ferrenho, não é desportista, e quer o Benfica a ganhar, não importa como. Ir aos outros estádios é uma maçada, jogar é uma maçada, o que importa é GANHAR!

Pode falar de títulos de futebol, e o Porto e Benfica têm mais, mas menorizar o ecletismo do Sporting não é discussão, é doença... e grave.

Viva el'Chile!
EM

PS: Agora a sério... mesmo, mesmo queria era só os Benfiquistas no programa, certo? Ceeeerrrttooo...

13.10.10  
Anonymous Nós Sébio said...

percebo a provocação mas:

o braga até podia ganhar 2 ou 3 campeonatos seguidos e isso não o faria aproximar-se do sporting em títulos ou adeptos.

além disso, eu desconfiaria muito dessa ideia (que tem vindo a ser insuflada nos últimos tempos - MST, por exemplo) de que o fcp tem mais adeptos do que o scp. a julgar pela minha amostra, em cada 5 adeptos, 4 são do Glorioso, 1.5 são do scp (sendo que esta porção se divide depois entre sportinguistas e antis) e o resto é para os pardais.

quando há uns dias o sporting deu 4 ou 5 a uns desgraçados quaisquer na UEFA, ouvi vários carros a apitar na minha rua (e guardei os ovos para outra ocasião). mas quando o fcp ganhou as suas trapaças europeias, os únicos que ouvi eram imigrantes (sem querer deslustrá-los, mas sei por experiência que os imigrantes trocam facilmente de clube)

ou seja, embora o fcp possa (não sei se é o caso) ter ultrapassado o scp em títulos de bola, fica ainda muitíssimo atrás no que toca ao número de adeptos.

é esta, de resto, uma das muitas anomalias do fcp: um clube com palmarés internacional mas com a expressão demográfica de clube de bairro (passe o exagero). nem no norte, a julgar pelo que tenho visto, o fcp se impõe (Minho e Trás-os-Montes, do que tenho podido perceber, são quase tão vermelhos como o Colombo em Domingo de bola).

portanto, e percebendo algumas das razões desta provocação, eu diria que o scp continua a merecer maior destaque nesses programas do que o fcp, malgrado a triste figura que atletas, representantes e adeptos verdes têm vindo a fazer nos últimos anos.

14.10.10  

Enviar um comentário

<< Home