19/06/09

ESFUMOU-SE...

Quando vi José Eduardo Moniz de ar sorridente e gravata vermelha, iniciando uma conferência de imprensa convocada especificamente para o efeito, pensei que o anúncio da sua candidatura seria um facto daí a breves instantes.
Já imaginava a Prisa a manter-lhe o principesco salário que aufere na TVI, de modo a que, mais tarde, a negociação dos direitos televisivos do Benfica pudesse favorecer o grupo espanhol, que assim recuperaria o investimento. Enfim, ideias que me vêm à cabeça…
Após um discurso extremamente crítico, após uma afirmação de um benfiquismo que poucos lhe conheciam (diz-se que deixou de pagar quotas durante um tempo, recuperando depois o número fruto de alguma benevolência administrativa), o director da TVI acabou no entanto, de forma algo surpreendente, por recuar, deixando o “Movimento Vencer, Vencer” (do qual, aliás, pareceu procurar distanciar-se) totalmente esvaziado.
O que pretendeu Moniz com este número? Não sei. Talvez posicionar-se para 2012, talvez outra coisa qualquer. O que me parece é que para recusar a hipótese de candidatura bastaria um simples comunicado. E não precisava de enunciar ameaças, que são certamente actos isolados, que até eu já sofri, e cujo significado não pode se valorizado.
Da noite de ontem resulta que a oposição a Luís Filipe Vieira irá ficar, muito provavelmente, entregue a Bruno Carvalho. Se este não desistir entretanto…

PS1: A retirada de Manuel Vilarinho dos órgãos sociais do Benfica era algo que se impunha depois da sua fantasmagórica prestação televisiva. Com Luís Nazaré o Benfica terá um presidente da Assembleia-Geral seguramente capaz de saber interpretar o sentimento da maioria dos sócios.
PS2: A saída de Braz Frade (desconhecendo eu os motivos) também me satisfaz, pois independentemente das suas qualidades profissionais, foi ao lado de João Vale e Azevedo que o vi pela primeira vez.

10 Comments:

Blogger Miguel Oliveira said...

José Eduardo Moniz é um aglutinador por excelência, por onde passa deixa um rasto de sucesso!
Mas gerir um clube não é a mesma coisa que gerir uma empresa, ou seja, sem os tão afamados resultados desportivos não há milagres!
Uma coisa é "roubar" audiências à sic com programas populistas, outra é impor-se no futebol!
Não será com populismo que lá se chega!
E Moniz que não se deixa levar por implusos afectivos percebeu que sem o tempo necessário nunca conseguiria colocar as suas ideias em prática! Veremos no futuro.

http://pelofutebol.blogspot.com

19.6.09  
Anonymous cj said...

Mas abriu uma porta...

19.6.09  
Anonymous Ricardo F said...

Nao tendo particular apreço pelo perfil pessoal e percurso profissional da personagem Moniz (e estou a ser simpático), creio que as declarações foram equilibradas, e as criticas justificadas. A entrevista ao Diga La Excelencia que o Publico amanha vai publicar podera confirma-lo, nem que seja pela frontalidade de admitir que não é claro que Rui Costa esteja no cargo certo e na altura certa. Mais importante, há sinais contraditorios sobre a situação financeira...

Vamos ser claros: o Benfica precisa de oposição vigilante. Mesmo que nao seja a do Movimento Vencer, com os seus clientelismos inerentes pelos parasitas de sempre.

É que há muitos, muitos passos em falso na vertente desportiva. E entristece-me ver que o autor deste blog, que sempre li com respeito, tem um discurso cada vez mais enviesado.

Um abraço benfiquista.

19.6.09  
Anonymous Brytto said...

Finalmente é bom saber que afinal num futuro relativamente próximo o Benfica tem gente capaz que se interessa pelo seu futuro.

19.6.09  
Anonymous Vitoria do Benfica said...

Isto para mim revela um coisa
Que queria um homem que toda a vida trabalhou em televisao fazer num clube?? Que ainda por cima vai renogociar durante este mandato os direito televisivos.

Fica para mim tambem claro uma cois. Quer um Benfica campeao todos os benfiquistas querem mas dazer um Benfica campeaoo so poucos sao capazes.

Viva Luis Felipe Vieira, mas tambem Manuel Vilarinho, que por motivos pessoais da broncas em televisao, mas nao ficou com rancores essesas sao as diferencas

19.6.09  
Anonymous Slbgloslb said...

Qt a J.E Moniz n m pronuncio s teria ou n competência pra ser Presidente, mas a partir do momento em que surgia como rosto, pra n dizer testa d ferro, d determinado grupo d gente, q mt mal já fez ao SLB, e n falo d Veiga (n tho duvidas q passariamos a ganhar mt mais vezes, o problema era forma como ganhava-mos...n obrigado!) perdeu logo á nascença qualquer tipo d credibilidade.

Talvez o n ter aceito m faça dar o beneficio da duvida, mas os argumentos n m convençem, cheirou-m unica e exclusivamente a posionamento futuro!

Qt á outra figura, dizer q, a duvida d ir ou n a votos, n passará pla sua desistência, pura e simplesmente n o vão deixar (e bem) candidatar-s!!!

FORÇA SLB!!!

19.6.09  
Anonymous Jorge Pereira said...

Meu caro LF a mencao ao recuperar o numero fruto de alguma benevolencia administrativa é de todo escusada e despropositada uma vez que até é de algum modo incentivada pelo proprio clube (aconteceu no meu caso). Nao é com remoques destes que defende LFV. Nao sei entao o que é pior, se a recuperacao do numero original de sócio ou se ser sócio de um clube rival mesmo nao sabendo quem paga as quotas!
Um abraco de gloriosa amizade do Jorge Pereira

19.6.09  
Anonymous Nuno Figo said...

Caro LF,

Volto a ter que discordar consigo - coisa rara no longo tempo em que tenho seguido este blog.

Esclareça-se: o LF tem todo o direito do mundo de ter a sua opinião, a sua preferência e de o comunicar aqui - no SEU blog.

Mas penso que não tem sido justo nestes últimos posts.
Neste em particular, fica clara a sua antipatia pela possível candidatura de José Eduardo Moniz. E também a mesma antipatia como JEM geriu o discurso de "não candidatura".

Preferia que não houvessem juízos antecipados.
Lembro que, se vamos pôr em causa "benfiquismos", actos mais ou menos populistas e outros mais ou menos eticamente reprováveis... então teremos que fazer o mesmo com Luis Filipe Vieira. Apesar de LF ter passado "levemente" sobre o assunto da antecipação de eleições, penso que o mesmo não foi aceitável. Não nos esqueçamos que houve "uma queda" dos Orgãos Sociais! Uma leitura mais correcta ou literal disto significaria que o Benfica está actualmente a ser gerido por uma "junta de salvação".

19.6.09  
Blogger jfk said...

Quem é este senhor para estar aqui e agora a botar postas de pescada sobre o Benfica?

Foi convidado para a lista ter de imediato o apoio de um canal televisivo (o que muitas vezes dita o vencedor de uma eleição).

Bando de oportunistas que querem tomar de assalto o SLB.

E ficámos a saber, pelo discurso, que a partir daqui, a nada isenta TVI (em termos de critérios jornalisticos) vai malhar em Vieira durante todo o mandato.

É tão Benfiquista e o canal que preside é mais um dos que bajula o Porto? Mais um em que os comentadores desportivos têm uma completa dualidade de critérios quando analisam jogos, lances, jogadores e circunstancias do Porto e do Benfica, que não têm coragem para dizer por palavras o que estão a ver!

Se é Benfiquista e quer fazer algo pelo clube comece pela própria casa (TVI) e dedique-se a contribuir para acabar com a pouca vergonha que a se assiste todas as semanas de futebol em Portugal.

Faça o seu trabalho com isençao e critério e depois venha reclamar créditos como Benfiquista.

Até lá não passa de um OPORTUNISTA VAIDOSO, como os outros, que vêm no benfica uma oportunidade de auto-promoção e de fazerem uns largos milhões.

Ninguém se esqueça da credibilização e obra que Vieira fez no clube.

E quando for altura de sair, sairá.

Mas ainda não é.

Com o meu voto não se safam curandeiros ou milagreiros.

20.6.09  
Anonymous ele há coisas said...

Caro JFK

A mim tem-me parecido o contrário. Apesar de tudo, a TVI tem-me parecido o canal mais equilibrado no tratamento do desporto. A RTP está tomada de portistas que, por exemplo, dão maior destaque ao 8º título consecutivo do FCP em hóquei do que ao 1º título do SLB em basket depois de 14 anos. A SIC é o que se sabe: mentiras, imagens sonegadas, deturpação e um óbvio pendor lagarto. No meio disto, sempre me pareceu que era a TVI a mais equilibrada e isenta.

22.6.09  

Enviar um comentário

<< Home