18/05/09

A VINGANÇA DE QUIQUE

Mesmo no caso de ter saído derrotado de Braga, ao Benfica bastaria uma vitória ante o Belenenses na próxima semana para garantir o terceiro lugar, e evitar assim mais uma eliminatória da nova Liga Europa. Por isso, a importância deste jogo era relativa, e foi apenas apimentada pelas notícias acerca da dança de treinadores no clube da Luz – com a possível saída de Quique e a possível entrada de Jesus.
Nesta medida, há que dizer que foi o espanhol o último a rir, pois além da vitória, conseguiu fazer do opositor uma equipa pouco mais que vulgar, e durante largos minutos ameaçada pelo espectro de uma escandalosa goleada.
É verdade que os dois golos em apenas quinze minutos condicionaram todo o jogo. É também verdade que os mesmos resultaram de erros primários da defesa minhota. Mas, não só isso são elementos também eles integráveis na análise ao próprio jogo (que começa quando o árbitro apita e cujos golos são normalmente precedidos de erros contrários), como tudo o que se seguiu foi uma exibição autoritária do Benfica, que se viu ainda assim, já na segunda parte, injustamente reduzido a dez unidades, fruto (também) de um erro, neste caso, do árbitro Soares Dias.
Esta terá sido mesmo uma das melhores exibições encarnadas na Liga, como que a dizer que as coisas até poderiam ter sido diferentes. Mas este foi também o tipo de jogo em que o Benfica, ao longo da época, menos dificuldades sentiu – dispôs de espaços para o contra-ataque, teve pela frente um adversário aberto e pouco pressionante, para além de generoso nos brindes que concedeu. Afinal de contas a equipa de Quique empatou no Dragão, venceu categoricamente em Guimarães e em Coimbra, goleou nos Barreiros. Foi com os quatro clubes que disputam neste momento da permanência (Belenenses, Trofense, V.Setúbal e Rio Ave) que o Benfica perdeu os pontos (onze) que o impedem de estar ainda na luta pelo título.
O destaque individual vai novamente para Óscar Cardozo, que termina a temporada na sua melhor forma desde que chegou à Luz. Não fossem as jornadas que passou no banco e estaria no comando da lista dos marcadores (bastariam para isso os dois penáltis que então Reyes marcou e aquele que Suazo falhou). Também Di Maria esteve bem - deixando, também ele, a ideia de ter sido mal aproveitado ao longo da época -, tal como Urreta, que com apenas dezanove anos mostra um talento impar, que o Benfica tem de saber aproveitar da melhor forma.
A arbitragem foi má, e prejudicou o Benfica.
No próximo domingo, diante de um aflito Belenenses, o Benfica poderá terminar tranquilamente a época. É um jogo para levar a família, e passar uma tarde descansada. Espera-se apenas que o speaker do estádio da Luz não peça salvas de palmas para mais ninguém que não elementos do próprio clube.

9 Comments:

Blogger joao.santo said...

Ó LP então se a culpa da má época é o Sporting ser super beneficiado pelas arbitragens para quê todos os Posts a criticar desalmadamente o Benfica (falta de mística, profissionalismo da estrutura, etc., etc.)?

Para vcs serem campeões basta comprar o campeonato como fizeram em 2005 com o Trappa e tudo flui num mar de rosas...

18.5.09  
Blogger L. Rodrigues said...

A exibição do Benfica (e sobretudo das suas unidades mais em destaque) deixa um sabor a oportunidade perdida, e falo da época toda. E a verdade é que ela foi perdida por Quique.

Este defeso deve ver uma sangria (quanto mais não seja por razões puramente financeiras) de um plantel que deu sempre mostras de estar subaproveitado. Pelas razões que apontou ou por outras.

Agora, DiMaria deve ansiar por outros palcos, Katsouranis deve estar saturado, Luisão deve ser um jogador com mercado, Reyes sai para tentar de novo brilhar em espanha...

Se Quique ficasse (ficar?) seria capaz de fazer melhor com menos? Só se for (fosse) mesmo capaz de aprender com os erros.

Agora, também me parece é que ele deve estar bem fartinho dos nosso árbitros... e desejoso de ver a liga portuguesa pelas costas.

18.5.09  
Anonymous Peter said...

O Quique deve ficar e o Benfica já devia ter comunicado e resolvido este assunto há muito tempo. Gostei da exibição da equipa, e em especial do Cardozo (apesar de ter defendido sempre o Quique sempre disse que o Cardozo tinha que ser titular), o Dí Maria e o Urreta (grande jogo,já contra o trofense tinha estado bem).Embora não considere que o Dí maria tivesse mal aproveitado, até porque oportunidades para mostrar o seu valor teve e muitas ao contrário do Urreta.A arbitragem foi vergonhosa, a quantidade de amarelos aos jogadores do Benfica foi impressionante, recordo aqui um lance do luiz aguiar que arrumou o Katsouranis e o Ruben Amorim é que levou o amarelo (curiosamente este mesmo árbitro nos barreiros tb já tinha dado um amarelo ao Ruben num lance em que ele nem sequer tocou no jogador do marítimo). Caro LF já reparou que em todos os jogos que neste seu post refere o Benfica foi prejudicado em todos eles, excepto em Coímbra?

P.S.- Gostei da atitude do Quique no banco e na conferência de imprensa, ele bem tentou não falar de arbitragens e dar uma postura de cavalheiro sobre o assunto(ao longo da época), mas já se apercebeu que ser treinador do Benfica é isto, é ter que jogar contra 15 em quase todos os jogos.

18.5.09  
Blogger Jotas said...

Vitória justa, a provar o valor de jovens que apenas carecem de oportunidades, caso concreto o de Urreta (afinal o tal extremo direito, está no plantel).
O Benfica não precisa de vedetas que não se queiram esforçar, como Aimar, que nada tem feito para justificar o estatuto de titular
Arbitragem ao nível do habitual em jogos do Benfica.

18.5.09  
Anonymous Vitória do Benfica said...

Eu continuo a pensar que o problema de quique é só ~um a sobranceria com que olha o futebol das equipaS menores.

Esteve bem quando substituiu Moreira opor Quim, esteve mal toda a época quando optava pela gazela em vez de Tacuara, fez mal muito mal e Tacuara respondeu como se deve responder quando se tem razão, com inteligência e classe.

Quique não sei se sai se fica, mas que há outro nome de quem se fala que não perdeu dinheiro no BPP é de João Alves, que grande treinador que tem passadso ao lado.

Meu querido Benfica, tantos têm sido os abutres e a precipitação que não se vê um grande treinador João Alves

19.5.09  
Blogger mc said...

Atrevo-me a dizer que esta seria a altura certa para Rui Costa falar e dizer que Quique cumprirá o segundo ano de contrato. E tenho dito.

19.5.09  
Anonymous Anónimo said...

A jogar com 2 treinadores é mais facil. Ng acha estranhos os golos que o Eduardo sofreu? Ng acha estranha a opçao de J Jesus para trinco? Quantos jogadores do Braga já têem guia de marcha, com o treinador, para a Luz? Pois é... É a coerencia e verdade desportiva...

19.5.09  
Blogger LF said...

Não acredito que qualquer jogador do Braga vá para o Benfica.

19.5.09  
Anonymous nuno said...

Agora o LF não acredita que nenhum jogador do Braga vá para o SLB! mas quando é foi o Filipe Lopes a cometer aquele penalty na Choupana no jogo como os campeões caiu o carmo e a trindade!!!!

já agora, uma pergunta: as leis do futebol mudaram? ou só mudaram para os jogadores do benfica: é que o Cardozo (no jogo anterior)e o Di Maria neste levantaram as camisolas e tinham uma mensagem debaixo da mesma e não levaram cartão! Eu, ainda acho, que isso é motivo para amarelo....
ah... pois já sei são do benfica e nada lhes acontece!!!

21.5.09  

Enviar um comentário

<< Home