28/05/09

RESPOSTA EXPRESSIVA !

Se dúvidas havia, elas ficaram esta noite totalmente desfeitas: o Barcelona é, de facto, a melhor equipa do mundo da actualidade. Provou-o de forma clara e esmagadora, dominando completamente o seu adversário, que a partir dos dez minutos de jogo (altura em que Eto’o abriu o marcador) praticamente não existiu no relvado do Olímpico de Roma.
O Manchester United até entrou bem, fez vários remates à baliza nesses primeiros momentos, e parecia caminhar para uma noite imparável. O Barcelona teve então a sorte que protege os campeões, marcando contra a corrente do jogo, praticamente no primeiro lance de ataque que conseguiu construir.
Esperava-se reacção inglesa, mas foram os catalães que embalaram então para uma exibição de grande classe. Sem a eloquência que se viu no Santiago Bernabeu (2-6) há umas semanas atrás, é certo, mas de enorme segurança nas trocas de bola, de grande eficácia no anular dos pontos fortes do adversário, e de muita imaginação a criar espaços junto da área de Van der Sar, sobretudo na segunda parte, e à medida que o Manchester ia desesperando e arriscando em busca do golo do empate. O Barcelona soube sempre o que fazer da bola e do jogo, ao passo que o Manchester United, manietado pelo adversário, quase nunca conseguiu deixar a mesma ideia.
Messi marcou, com naturalidade, o segundo golo, e daí até final esteve sempre mais perto o terceiro golo do Barcelona do que a redução de distâncias por parte dos ingleses, sobretudo depois de Valdés ter negado o golo a Ronaldo no lance imediatamente a seguir ao 2-0 – momento esse que poderia ter reaberto a discussão do jogo.
É de lamentar que esta equipa do Barcelona – das melhores do futebol internacional dos últimos anos, e que pode inclusivamente marcar, no futuro próximo, uma importante etapa na história do desporto-rei – acabe por ter o seu trajecto ensombrado por aquela meia-final em Stanford Bridge. A magia de Messi, Iniesta, Xavi e companhia não merecia ter passado por aquilo. É caso para dizer que, com este título, se escreveu direito por linhas tortas.
No duelo das estrelas, o argentino saiu duplamente a ganhar - levou a taça e marcou um golo. Mas é justo dizer que Cristiano Ronaldo foi o melhor da sua equipa.

15 Comments:

Blogger pjsimoes said...

Temos de ser honestos e apesar de eu adorar o futebol do Barcelona tenho de lhes chamar Campeões Europeus da Treta... O Chelsea foi vitima do maior roubo jamais visto numa prova da UEFA...

28.5.09  
Anonymous Anónimo said...

Caro LF, este ano, é só desilusões!!:D

28.5.09  
Anonymous Vitória do Benfica said...

Da treta só o Porto, porque este ganharam a lIga dos campeões Europeua, possuem o melhor jogador do mundo queira-se ou não, o campeonato e a taça não foram ganhos com vitórias roubadas ao Real Madrid, arbitros a não assinalarem cartões vermelho.

Neste futebol eu acredito, no de Portugal eu não acredito.

Quero ainda refeir que anda a correr uma campanha na net para destituir António Pedro Vasconcelos do tro de Ataque com esta palavtra de ordem

APV RUA QUE A MASSA ASSOCIATIVA NÂO È TUA.

Esta campanha parte de um grupo de sócios que se vê ofendido pelas palavras do APV no último programa trio de ataque. Chamar esquizofrénicos aos adeptos do Benfica que apoiam Quuique Flores é um insulto que nem Pinto da Costa se atreve a chamar em público

28.5.09  
Blogger LF said...

Com desilusões destas posso eu bem. Se é que lhes posso chamar desilusões.
Preferia a vitória do Manchester, mas durmo perfeitamente bem com a do Barcelona, que indiscutivelmente foi a melhor equipa e mereceu vencer.

Fiquei ontem bastante satisfeito foi com a vitória do Benfica no Basquete.

28.5.09  
Blogger LF said...

Vitória,

Já sabia da petição contra o APV.

Embora eu ache que ele se perde muitas vezes em opiniões demasiado definitivas e radicais (que fazem audiências e favorecem o programa enquanto programa), tenho-o como uma figura simpática e não tenho dúvidas de se tratar de um grande benfiquista.
E sei que é um leitor deste blogue.

Ser contra este ou aquele treinador é um direito dele (embirrava com Scolari e Trappatoni, dois dos melhores treinadores que passaram por Portugal, segundo o meu ponto de vista), ainda que, volto a dizer, por vezes exagere.

Na questão do apito dourado defendeu sempre os interesses do clube de forma acérrima, como mais nenhum comentador fez.

O que ele tem de ponderar é que, de certa forma, representa o clube naquele espaço, e que há sócios e adeptos que têm opiniões diferentes das suas.
Ele está lá para dar as dele, mas não pode deixar de ter em conta a responsabilidade que tem perante o universo benfiquista, por exemplo quando pede sumariamente, e sem todos os dados, a demissão de alguém ou arrasa este ou aquele treinador, jogador ou dirigente perante as câmaras.

Mas não assino coisa nenhuma contra ele.

28.5.09  
Anonymous Anónimo said...

O barça tem muitos mais casos no seu historial, quer caseiro, quer internacional que o do chelsea...

Aliá a empatia dos corruptos com aquele club deve-se às grandes semelhanças de métodos e situações que há entre eles e só tenho pena que não se encontrem todos os anos (a eliminar) assim pelo menos 1 mafioso regional ia-se embora...

28.5.09  
Anonymous Nuno Figo said...

Desculpe LF, não é do teor do post, mas não podia deixar de assinalar:

ALELUIA!
http://web3.cmvm.pt/sdi2004/emitentes/docs/FR24077.pdf

SLB irá de imediato agir judicialmente contra o Record.

É ENTRAR COM TUDO! Indemnização e queixa na ERC. Suspensão do jornal. O que for. Estão a brincar com muitos milhões de pessoas e euros.

BASTA! Seriedade, exige-se!
Portugal não é uma República das Bananas! Não se pode mentir impunemente. Não se pode aceitar esta "imprensa" e todo este chavascal de falsidades.


Irra que estou furioso!
Mas onde é que estão os No Name quando é preciso?! Toca a fazer cerco às instalações do Record (sem porrada, por favor).

28.5.09  
Anonymous Kilas said...

Discordo de que o Barcelona pratique um futebol maravilhoso.
É uma equipa que apanhando-se a ganhar, limita-se a trocar a bola, naquele "carrossel" interminável e chato. Ninguém lhes tira a bola, é verdade, e o MU não existiu. Mas também porque o Barcelona demora a 20 minutos a montar uma jogada de ataque.

Foi mais uma final da LC muito, muito chata.

28.5.09  
Anonymous Kilas said...

Caro Nuno Figo

Fico feliz de ver a SAD a agir, finalmente.

O Record tem feito o que quer do Benfica nesta e noutras questões.

Depois do primeiro comunicado à CMVM, o Record teve a lata de dizer que era apenas para "desgastar Quique" (dir-se-ia que estavam a falar das 100 manchetes que lhe dedicaram desde Abril).

Hoje foi a gota de água, porque a CMVM SUSPENDEU as acções do SLB em resultado das notícias desse jornaleco.

Quique vai ficar.
O RECORD não vai perdoar que a Direcção não lhe tenha dado ouvidos. O Record nunca vai pedir desculpa aos leitores por andar a vender jornais com notícias falsas. O Record vai continuar a atacar Quique, podem ter a certeza, ao longo da próxima época: ao primeiro empate, lá virão as "notícias" de tensões, lenços brancos, etc...


O Benfica devia cortar relações com esse jornal, ponto final.

28.5.09  
Anonymous Anónimo said...

"A Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD, em cumprimento do disposto no artigo 248.º do Código dos Valores Mobiliários, informa que são falsas as notícias hoje veiculadas por um jornal relativamente a contratação de Jorge Jesus para treinador principal desta Sociedade.

Em face da gravidade das referidas notícias a Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD irá de imediato agir judicialmente contra o identificado órgão de comunicação social.

O Conselho de Administração"

28.5.09  
Anonymous Afonsus said...

LF,
Antes de tudo, obrigado pela visita ao aguia do mundo e pelas palavras simpaticas. Este barcelona teima em contrariar a sua visão actual de um futebol aguerrido e musculado, a excepção é o puyol.. é impressionante ver xavi, iniesta e messi a fazer correr a bola, parece que são espectadores deles próprios, musculos para quê.. mas eu percebo-o, aquele futebol, em portugal, não resultava, mas como eles equipam de azul.. um abraço.

28.5.09  
Anonymous Kilas said...

VEJAM-SE AS DIFERENÇAS ENTRE O FACTO E A NOTÍCIA E RETIREM-SE AS CONCLUSÕES:

Comunicado SLB (FACTO):
A Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD, em cumprimento do disposto no artigo 248.º do Código dos Valores Mobiliários, informa que são falsas as notícias hoje veiculadas pelo jornal “Record” relativamente a contratação do Sr. Jorge Jesus
para treinador principal desta Sociedade.

Em face da gravidade das referidas notícias a Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD irá de imediato agir judicialmente contra o identificado órgão de comunicação social.

Versão Record (Notícia):

A Benfica SAD enviou esta 5.ª feira um comunicado à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) no qual nega ter contratado Jorge Jesus para treinador da equipa principal de futebol.

A CMVM tinha pedido a suspensão das ações da sociedade encarnada, "até à divulgação de informação relevante sobre o emitente".



TUDO DITO? DEVÍAMOS FAZER UMA CAMPANHA SOLICITANDO AOS BENFIQUISTAS QUE BOICOTASSEM ESSE JORNAL... O RECORD ABRIA FALÊNCIA NUM MÊS...

28.5.09  
Anonymous Nuno Figo said...

Kilas, conte comigo para o boicote ao Record.

Vou até mais longe e - contra o que é um hábito meu - proponho o boicote também na internet. Nem mais um hit para esta gente!

Record, Correio da Manhã, O Jogo... é acabar com eles!
Este "jornalismo" miserável tem de ser arrasado. Este sistemático atropelo ao código deontológico da classe tem de ser denunciado!

Ora... atestem:
http://www.jornalistas.online.pt/noticia.asp?id=24&idselect=369&idCanal=369&p=368

Transcrevo:
1.O jornalista deve relatar os factos com rigor e exactidão e interpretá-los com honestidade. Os factos devem ser comprovados, ouvindo as partes com interesses atendíveis no caso. A distinção entre notícia e opinião deve ficar bem clara aos olhos do público.
2.O jornalista deve combater a censura e o sensacionalismo e considerar a acusação sem provas e o plágio como graves faltas profissionais.
(...)
5.O jornalista deve assumir a responsabilidade por todos os seus trabalhos e actos profissionais, assim como promover a pronta rectificação das informações que se revelem inexactas ou falsas. O jornalista deve também recusar actos que violentem a sua consciência.
6.O jornalista deve usar como critério fundamental a identificação das fontes. O jornalista não deve revelar, mesmo em juízo, as suas fontes confidenciais de informação, nem desrespeitar os compromissos assumidos, excepto se o tentarem usar para canalizar informações falsas. As opiniões devem ser sempre atribuídas.
(...)
10.O jornalista deve recusar funções, tarefas e benefícios susceptíveis de comprometer o seu estatuto de independência e a sua integridade profissional. O jornalista não deve valer-se da sua condição profissional para noticiar assuntos em que tenha interesses.

(lamento a extensão do post)

29.5.09  
Anonymous Tiago Pereira said...

"embirrava com Scolari e Trappatoni, dois dos melhores treinadores que passaram por Portugal..."
Trappatoni até pode ser, agora dizer que Scolari foi dos melhores treinadores que já passaram por Portugal é quase anedótico.

29.5.09  
Anonymous Peter said...

Acho que o barcelona é uma grandíssima equipa de futebol no entanto teve a sorte do jogo no primeiro ataque que fez marcou, ao contrário do manchester que teve 2 ou 3 através do cristiano e que não marcou.Claro que marcando 1º o barcelona geriu o jogo, congelando-o através de uma grande posse de bola ao contrário de muita gente que diz que o barça é uma máquina de futebol ofensivo.O ferguson equivocou-se claramente na equipa que apresentou, schooles e tevez deveriam ter sido 1ª opção em detrimento de anderson e giggs,porque apanhando-se a perder o manchester poucas vezes furou o bloqueio do barça.Para quem dizia que esta final era a que o mundo desejava e que ia ser espectacular equivocou-se porque foi mais uma final muito táctica como todas são, portanto o roubo que o chelsea foi alvo nas meias não foi plenamente justificado pelo futebol espectaculo que diziam que ia acontecer.

30.5.09  

Enviar um comentário

<< Home