06/02/09

RIGOR MÁXIMO; MEDO MÍNIMO

O F.C.Porto-Benfica do próximo domingo não é decisivo mas… quase.
Terminar esta jornada na liderança da tabela com dois pontos de avanço é, como diria La Palisse, totalmente diferente do que concluí-la a quatro de distância (na prática cinco) do primeiro lugar. Mas se tomarmos em consideração que no domingo à noite ficarão a faltar apenas treze jogos para o fim da Liga, que o F.C.Porto já se deslocou à Luz, a Alvalade, a Braga e à Choupana, e avaliarmos tudo o que uma vitória num jogo desta natureza envolve, particularmente no aspecto anímico, teremos a rodear este clássico um grau de importância que vai muito para além dos três pontos em disputa.
Se me desafiarem a apontar favoritismo, pelo facto de jogar em casa, de ser campeão, de estar em primeiro, e de ser uma equipa com um processo de maturação mais desenvolvido, terei de apostar no F.C.Porto. Mas se me perguntam se acredito numa vitória do Benfica, respondo convicta e afirmativamente que sim.
A equipa de Quique Flores tem-se definido pela irregularidade. Ora faz exibições promissoras, ora desencanta tudo e todos, ainda que, globalmente, os resultados não sejam, para já, negativos. Nessa instabilidade competitiva conseguimos todavia identificar um padrão a que as prestações benfiquistas raramente têm fugido ao longo do que já lá vai de temporada: bons jogos contra equipas tecnicamente evoluídas, ofensivas e abertas, grandes dificuldades contra adversários mais pequenos, mais fechados e pressionantes - a excepção terá sido a derrota de Atenas.
O jogo do Dragão parece pois, no plano meramente técnico-táctico, corresponder à tipologia que mais confortável se tem revelado para os encarnados. Um adversário tecnicamente forte, a jogar em casa, a dar velocidade ao jogo e a querer atacar, deixando certamente alguns espaços na sua retaguarda, nos quais jogadores como Aimar, Reyes e, sobretudo, Suazo, se sentem como peixe na água.
Mas esta partida tem, como grande parte dos clássicos, muito mais conteúdo do que a simples análise táctica às equipas em presença. É jogada num ambiente extremamente hostil, onde o Benfica tem sentido grandes dificuldades nos últimos anos para sequer conseguir pontuar - para o F.C.Porto este jogo representa normalmente muito mais do que uma simples partida de futebol, e a agressividade competitiva que é posta em campo revela-se quase sempre muito difícil de contrariar.
Um jogo como este é pois, antes de tudo o mais, um desafio à coragem dos jogadores, à sua força mental e sua capacidade de superação, condimentos que, afinal de contas, costumam temperar os campeões É justamente neste particular que os jogadores do Benfica terão de mostrar o que valem. Será por aqui que o Benfica pode mostrar neste domingo se tem ou não condições para merecer o título nacional, se tem ou não aquilo a que se costuma chamar “estofo”.
Com um onze recheado de experientes internacionais habituados a todos os palcos – de Luisão a Katsouranis, de Aimar a Reyes – os encarnados podem, devem, e têm de saber resistir ao ambiente, fazendo-o reverter a favor da sua força anímica, da sua concentração competitiva, e da sua vontade de vencer. Têm sobretudo que acreditar em si próprios, convencer-se que podem ser melhores, que as bancadas não marcam golos, e que a vitória está ao seu alcance. Creio que a equipa do Benfica, esta equipa do Benfica, já estará em condições de o poder fazer - se assim for, pode muito bem sair desta partida embalada rumo ao título.
É claro que o factor sorte pesa muito neste tipo de jogos, cuja decisão se prende por vezes num simples detalhe. Mas com uma atitude de grande coragem e total concentração, o Benfica tornará bastante mais difícil um desfecho negativo, ou não fosse a sorte proteger habitualmente os audazes.
Quando falo em coragem, não me refiro necessariamente a uma equipa com quatro avançados. Penso que o Benfica deve primeiro que tudo fechar a sua baliza, e esperar pelo adversário. A coragem exige-se é a cada jogador no exercício das suas funções dentro do campo – sem hesitações, sem medos, sem desconcentrações, com confiança, eu diria mesmo, com a arrogância de quem sabe ter argumentos para poder ser melhor.
Creio ser esta a chave para um bom resultado. E um bom resultado será uma vitória, na qual francamente acredito.
Força Benfica!

Estádio do Dragão, domingo, 19.45 h (Sport Tv)
Árbitro: Pedro Proença
Equipas:
F.C.PORTO – Helton, Fucile, Rolando, Bruno Alves, Cissoko, Fernando, Raul Meireles, Lucho, Lisandro, Hulk e Rodriguez
BENFICA – Moreira, Maxi Pereira, Luisão, Sidnei, David Luíz, Katsouranis, Yebda, Ruben Amorim, Reyes, Aimar e Suazo.

16 Comments:

Anonymous Peter said...

Com confiança lá estarei no domingo
a apoiar o Benfica.Com ambientes destes os jogadores tem é que se sentir ainda mais motivados para depois os silenciarem.

6.2.09  
Blogger Aurélio Estorninho said...

estou com um pressentimento que será um jogo mal jogado com o benfas com o autocarro estacionado em frente da baliza de moreira e o FC POrto não terá a arte nem o engenho para marcar e o arbitro ira ajudar o benfica anulando 6 golos limpos á equipa do Porto.
a meia hora do fim o FC POrto estará apenas a jogar com 9 jogadores devido a expulsão do hulk e do rodriguez por estarem a jogar de uma forma rapida demais, o lisandro não irá puder atravessar a linha de meio campo para não compremeter nem envergonhar a equipa que visita o Dragão.
por tudo isto, para mim o resultado será zero-zero!

6.2.09  
Anonymous mário said...

Força Benfica, rumo ao título!!!!!

6.2.09  
Blogger angelodias said...

Realmente concordo em parte com o post, mas tirando os jogos com o Nápoles e o Sporting não vi uma grande exibição do Benfica.
Espero isso sim que seja um grande jogo e que obviamente vença o FCPorto.

Agora uma questão: Já repararam na foto do adepto benfiquista no meio dos adeptos do Porto? Para quem diz que os portistas são uns arruaceiros e uns mal formados, até parece que não se portaram nada mal. Gostaria de saber se ao contrário seria assim. Acredito que o tratamento fosse igual mas não sou eu que digo que os benfiquistas são todos uns mal formados e malcriados.

6.2.09  
Blogger M said...

lá estarei...

viagem cedo, belo almoço com amigos portuenses e portistas (uma bela francesinha de forno de lenha, uma bela caneca de superbock), disfrutar (espero) de um bom solinho na Foz, disfrutar de um bom jogo (espero) e segura viagem de volta a Lisboa


quando um gajo realmente quer, o futebol é mesmo o maior espectáculo do mundo....

carrega Benfica!!!!

6.2.09  
Blogger LF said...

Além de Sporting e Nápoles, o Benfica também fez boas exibições no Funchal e em Guimarães, talvez os teoricamente mais difíceis jogos fora de casa que teve.


Infelizmente não vou poder ir.
O facto de o jogo ser domingo à noite impede-me de estar no Dragão.
Mas tenho a certeza que a equipa vai estar bem acompanhada.

6.2.09  
Blogger angelodias said...

Caro M,
Neste momento fiquei com uma certa inveja do teu Domingo. Ai que saudades de uma bela francesinha :)


Bom jogo e bom fim-de-semana para todos.

6.2.09  
Blogger M said...

caro angelo dias....

n sei se o senhor da foto foi ou nao importunado...algo desagradável ouviu de certeza, ha sempre alguem que, pelo menos, tem de mandar a sua "boca"...

adepto arruaceiros e mal formados existem em todos os campos, com animos sempre mais quentinhos em dias de jogos destes.

acredite no que quiser e se quiser...se quiser acreditar no que lhe digo, é consigo...ja no actual estadio da luz, sempre consegui observar, perto do meu lugar cativo, adeptos do FCPorto com seus cachecois...nao vi ninguem a ser importunado (presumo que as tais "bocas" devem ter ouvido)

se foram perturbados, insultados ou agredidos fora do estadio, nao o posso saber, nunca vi. mas o meu cativo fica por cima dos NN, portas de saida estao lado a lado...nao é aconselhavel sair de cachecol azul e branco por essa porta,assim como nao seria sair de cachecol vermelho perto da porta dos SD, nao concorda?

votos de bom jogo,saudaçoes benfiquistas

6.2.09  
Anonymous Silva Barqueiro said...

Pois é... Quem vive no Porto (ou em Gaia, como é o meu caso...) nem sempre consegue aperceber-se dos verdadeiros encantos da cidade, o que é normal em quase tudo na vida.
E quando mais conseguimos apreciar a beleza da cidade é quando estamos longe algum tempo e regressámos, aí sim, o cais de Gaia e principalmente a Ribeira(tal como Massarelos, Miragaia e toda aquela zona ribeirinha vista de Gaia) ganham outro encanto...
Caro M, tenho a certeza que será bem recebido e espero que a francesinha e saiba bem..

Cumpimentos desportivos.

6.2.09  
Blogger M said...

Caro Silva Barqueiro

Serei sim...sempre fui bem recebido no Porto, assim como sempre recebi muito bem quem da Invicta comigo veio ter...

votos de bom jogo

6.2.09  
Blogger Pato Afonso said...

Há uma diferença muito grande entre desejar que algo aconteça e esse algo acontecer de facto. Como benfiquista, desejo muito naturalmente que a vitória nos sorria no próximo Domingo. Contudo, não posso dizer que acredito muito em tal hipótese. Senão vejamos: O FCP joga em casa, tem indiscutivelmente alguns jogadores de grande valor, tem uma equipa e um modelo de jogo há muito devidamente estruturados e está, muito provavelmente, no actual momento, mais confiante. Por contra, o Benfica ainda anda à procura de um modelo de jogo nesta altura da época (!!!!) e também não se pode considerar que já tenha definido por completo a sua equipa base. Para além de tudo isto, há a tradicional pressão do estádio do FCP em jogos com o SLB, que faz com que adversários e, muito especialmente, árbitros não consigam na maior parte dos casos estar à altura do que é devido.

Mas, claro, sempre alimento alguma esperança...

6.2.09  
Anonymous Anónimo said...

tu es mas e um burro desforrado ate agora so disseste uma conversa certa,que o queiroz e mais fraco que o scolari ho escaroladinho malvado boca maldita feicha esta retraite metes o bedelho em tudo deves ser mas e um grande paneleirao

6.2.09  
Anonymous Anónimo said...

Acho muita graça aos receios "postados" acerca do grau de maturação da equipa do Porto, querendo fazer esquecer que o equilíbrio surgiu apenas há dois ou três meses; são os mesmos (a)"postadores" que há quatro ou cinco meses punham as "mãos no fogo" pela solidez e estrutura assente que tinha, diziam então, o Benfica;

7.2.09  
Blogger Aurélio Estorninho said...

caros colegas comentadores de blog:

se precisarem de apoio logistico aqui no Porto para guardarem as armas as facas e a droga que vocês trazem de lisboa eu posso fornecer um armazem na casa do benfica de espinho!!!

7.2.09  
Anonymous Anónimo said...

pro aurelio burrinho,porque deslocar o armamento e a droga para espinho junta-se ao teu que tens la em casa ta mais seguro,se queres o predio bem guardado da a chave ao ladrao neste caso es tu, ja agora o cara que costuma a te abastecer vai estar no porto portanto alvaiade nao vai te faltar,tu falas bem quando estas calado, saudacoes da ilha e deste teu coleginha padre frederico que te ama,manda vezitas

7.2.09  
Blogger Diogo Sousa said...

para mim é decisivo! Benfica!

7.2.09  

Enviar um comentário

<< Home