01/02/09

O REGRESSO DO SALVADOR, NUMA NOITE DE TEMPESTADE

Foram precisos apenas quatro minutos para que Mantorras fizesse aquilo que nem Suazo, nem Cardozo, nem Nuno Gomes, nem Reyes, nem Di Maria, nem Aimar haviam feito nos últimos dois meses de campeonato: meter uma bola dentro de uma baliza.
O angolano é assim: decide! E a tristeza que fica é a de imaginar o que poderia ter sido este jogador sem os problemas físicos que lhe condicionaram a carreira.
O golo de Mantorras foi a nota de destaque de um jogo disputado em condições extremamente adversas. Em cerca de uma centena de jogos a que assisti no novo Estádio da Luz, não me recordo de alguma vez ter visto o relvado no estado em que ontem se encontrava – ensopado em água, sem permitir uma troca de bola minimamente consequente, apelando à luta e ao pontapé para a frente, aspecto em que, naturalmente, o último classificado da Liga poderia neutralizar os encarnados. Esta foi, também por isso, uma vitória importante para o Benfica. Uma vitória alicerçada na entrega dos seus jogadores a um combate para o qual a maioria deles não foram manifestamente moldados.
Durante a primeira parte o Rio Ave pareceu adaptar-se melhor ao relvado e obrigou o Benfica a 40 minutos de alguma atrapalhação. Só na ponta final do primeiro tempo a equipa de Quique se soltou, conseguindo então construir três ocasiões de golo quase sucessivas.

No segundo período sucedeu quase o oposto. O Benfica jogou bem – entenda-se de forma prática e de acordo com o terreno – até aos minutos finais, marcou um golo, poderia ter marcado mais, mas acabou a partida em grande e incompreensível sofrimento, parecendo não acreditar na sua superioridade, perante um rival empertigado e decidido a fazer estragos. Temeu-se o pior, mas desta vez o filme de outras ocasiões não se repetiu, e o último apito do árbitro soou como um alívio para os corajosos 22 mil espectadores, que numa noite diluviana se decidiram a apoiar o seu clube.
O destaque individual vai naturalmente para Mantorras (um caso singular na história recente do futebol português), mas Cardozo, pelo que trabalhou, também merecia ter marcado, algo que apenas a infelicidade não deixou acontecer.Pela negativa sublinhe-se mais uma actuação medíocre de Di Maria. É certo que o relvado não estava para malabarismos, mas as perdas de bola, os passes errados e, sobretudo, aquela perdida perto do intervalo com o guarda-redes já no chão, não se admitem a alguém com ambições a jogar no Chelsea ou no Real Madrid.
O árbitro equivocou-se algumas vezes, mas não esteve tão mal como se temia. O estado do relvado também não o ajudou, pelo que os erros cometidos são do tolerar.

18 Comments:

Blogger Gloriosasfera WebTV said...

Os blogues Benfiquistas são muito mais que artigos e opiniões de Benfiquistas.

São a Mística viva do Glorioso Benfica.

A Gloriosasfera WebTV transmite 24 horas por dia vídeos feitos por Benfiquistas com todo a emoção, fervor e amor pelo Benfica.

Fica o convite para enviar um vídeo sobre este Glorioso blogue para a Gloriosasfera WebTV.

Os bloggers que não tenham disponibilidade ou meios para fazer o vídeo sobre o seu blogue podem contactar a Gloriosasfera WebTV para que o vídeo seja feito.

Saudações Gloriosas
Gloriosasfera WebTV
http://gloriosasferatv.blogspot.com

1.2.09  
Anonymous Peter said...

Realmente o Mantorras é isto pena é que o seu estado físico não lhe permita atingir o patamar que o seu potencial demonstra.Mas tb se assim o fosse há muito que estaria a espalhar o seu perfume futebolístico noutras paragens.Quanto ao jogo em si o Benfica lutou e bem (já como o tinha feito no restelo só que não marcou), mereceu vencer e mais uma vez ficou provado que o Cardozo (apesar de não ter marcado) é 1 excelente jogador e merece ser titular.Facto que eu já aqui referi vezes sem conta.E ao contrário do que o Quique disse a semana passada este terreno favorece as suas características.

1.2.09  
Anonymous Vitória do Benfica said...

Boa Tarde LF

Continuo a pensar depois de ter assistido ontem ao desafio no estádio da Luz, que o Benfica não precisa de vedetas, o Benfica precisa de operários. Operários como Mantorras, Cardozo e porque não Luisão e Moreira, mas que saudades tenho da garra de Petit.

Continuo a achar Di Maria uma criança a par de Reyes. E gosto muio mesmo muito de Quique. O Benfica precisa de gente com a força mental de Quique.

Saudações Benfiquistas

1.2.09  
Blogger LF said...

E´verdade que o Mantorras, não fossem as lesões, teria provavelmente saído há muito do Benfica. Mas certamente o clube teria ganho muito dinheiro com ele.


Quanto aos operários não tenho dúvidas.
Foram eles que começaram a escrever a história gloriosa do Benfica. O primeiro título europeu foi sem Eusébio nem Simões, e a força da equipa era a sua humildade.
Maxi Pereira também é um bom exemplo.

2.2.09  
Anonymous Silva Barqueiro said...

mais uma vez o LF criticou o árbitro por antecipação, o que se revelou errado... aliás, se houve razões de queixa foi por parte do Rio Ave, com uma mão por assinalar...
mas já estamos habituados à constante vitimização dos benfiquistas, mesmo sem razões, como foi o caso...

2.2.09  
Anonymous Anónimo said...

o mantorras tem uma clausula de 90milhões de euros... segundo o vieira dos pneus.

2.2.09  
Anonymous N said...

O árbitro não esteve tão mal como se previa! Porque raio é que os adeptos do nosso futebol dizem isto? Não é só o LF mas outros também. é uma crítica para ti, e acho que não fica bem dizer isso, mas enfim!

Eu não tive oportunidade de ver o jogo, porque nesse momento estava a ver o concerto dos Kaiser Chiefs no Coliseu, por isso não sei se o árbitro esteve bem ou não. Fico contente pelo Mantorras, grande profissional!

PS: a mim parecem-me as declarações do adjunto do Quique um pouco despropositadas (sabíamos que o Mantorras poderia decidir)! Será que se houvesse Suazo ele jogava? Se sabem disso porque não o colocam a jogar mais vezes quando os jogos estão complicados (e não são assim tão poucos)?

2.2.09  
Anonymous N said...

LF:

uma pergunta: a mão do D.Luiz aos 90min não é penalty?? O teu título do post antes do jogo, não devia ser "PARA VENCER O RIO AVE...E O ÁRBITRO " mas sim:

"PARA VENCER O RIO AVE...COM O ÁRBITRO"

ou agora aquilo não é mão! ai se o defesa vestisse de verde ou azul! o que irias dizer! ou então se fosse na área do Ri Ave! com a tua parcialidade, tá-se mesmo a ver oq ue vais dizer! enfim!

2.2.09  
Anonymous Silva Barqueiro said...

LF,

Gostaria de ouvir a sua opinião acerca do mais recente caso da Taça da Liga, não tanto relativamente ao problema do adversário do benfica, mas principalmente relativamente ao facto de apenas o jogo do benfica não se realizar...
Não concorda que deveriam ser ambos os jogos suspensos?
Perante isso, o que pensa da posição do Porto em não comparecer em Alvalade?

Gostava sinceramente de poder ouvir a sua opinião relativamente a este tema...

2.2.09  
Anonymous Peter said...

Ao contrário do que diz caro silva barqueiro o que nós estamos verdadeiramente habituados e especialmente nesta época é a ser roubados, quando isso acontece até achamos estranho daí o LF ter feito a crítica que fez.Giro giro é ouvir as declarações do jesualdo todas as semanas a falar de arbitragens e com a maior cara de pau esta semana dizer que "nós fcp" não falamos de arbitragens,mais cómico que isto meu caro no futebol português não há,nem mesmo o p.bento com a sua "tranquilidade" me faz rir tanto como o jesualdo.

2.2.09  
Anonymous Pedro said...

Penaltizinho de David Luiz aka Side show bob, não conta?

2.2.09  
Blogger LF said...

Para mim não há penálti nenhum.
Aliás, no estádio nem me apercebi do lance.


Quanto à Taça da Liga acho que o adiamento de um jogo nada tem a ver com o outro.O calendário estava feito antes de toda esta confusão.
Mas por mim prefiro que haja jogo em Alvalade e na Luz.

Mas se o Porto não comparecer não irei certamente perder o sono por causa disso. Uma final com o Sporting será muito mais bonita.

2.2.09  
Anonymous Peter said...

Lapso:O que queria dizer era é "quando não acontece achamos estranho".

2.2.09  
Blogger Aurélio Estorninho said...

Eu acho piada ao nosso ilustre fundador de blog, o Luis Fialho:

quando a conversa não lhe agrada ele diz que nem se apercebeu...
é uma mão clarissima do david luiz que devia ver pelo menos um amarelo e penaltie devia ser marcado, depois se o rio ave iria ou não marcar o penaltie, a conversa seria outra.
fazendo jus ao titulo do LF o benfas ganhou com ajuda do arbitro.

2.2.09  
Anonymous Anónimo said...

Obviamente no "canal lf benfica" ninguem viu o penalty do david luiz traulitada.

Carrega Baptista!

2.2.09  
Anonymous Anónimo said...

Quero ver agora a coerencia do senhor LF! Num jogo em Lisboa, entre o FCP e o Belenenses, foi seleccionado um arbitro de... Lisboa, que n deixou de entregar um cartao amarelo previamente encomendado numa jogada risivel a um jogador do FCP. Para quem dizia cobras e lagartos de situaçoes de arbitros da AFP a arbitrar o Benfica, certamente o sr LF n vai calar o seu grito de revolta perante esta situaçao escandalosa.
Cumprimentos.

2.2.09  
Anonymous Anónimo said...

Caro LF,

Para que não haja dúvidas, sou benfiquista. E também é a primeira vez que teço um comentário no seu blog. E sendo esta a primeira vez, e como benfiquista, não posso começar sem dar-lhe os meus parabéns pelo seu blog, por tudo aquilo que ele contém. Escrito com paixão pelo BENFICA, longe do sectarismo primário, junto ao bom senso. O que nos dias de hoje é raro: Amar o Benfica sem perder a cabeça.

Serve o meu post para dizer que o Mantorras é um exemplo de coragem, mostrando-se imenso na forma como luta pelo BENFICA, depois de tudo o que o clube fez dele. Aliás, para mim, ele luta não luta apenas por ele, mas pelos adeptos. Como é que ele continua a agradecer aos adeptos, quando são os adeptos que têm tanto a agradecer-lhe?
Não precisamos de craques insolentes; precisamos de jogadores honrados, humildes e esforçados.

Para quem não sabe o que é a mística benfiquista, nem a sentem, ponham os olhos em MANTORRAS. Ele personifica-a. Para mim a mística do FCP é construída por aqueles que são capazes de transmitir agressividade, arrogância, quezília, atemorização: Veja-se o exemplo do Bruno Alves, João Pinto, Jorge Costa - Os homens do presidente. A do Sporting, por jogadores capazes de fazer habilidades e malabarismos. A mística do BENFICA é construída por aqueles que através do sacrifício e da coragem se transcedem e se elevam, como o Mantorras. Aliás, a mística benfiquista é uma metáfora sobre a própria vida: quem é insolente e agressivo não é respeitado, é temido. Quem faz umas habilidades, entretem. Quem luta e é humilde, marca e não é esquecido.

Obrigado Mantorras! Os benfiquistas não esquecem os seus heróis.

Bruno

2.2.09  
Anonymous Anónimo said...

se o senhor aurelio nao gosta do blog e do lf nao custa nada nao entres alias isto e a tua porta de saida aqui descarregas as tuas frustracoes morre acabou-se

4.2.09  

Enviar um comentário

<< Home