20/01/09

UMA PROPOSTA SIMPLES

Por estes dias, muito se tem discutido o formato da Taça da Liga, e como a integrar num calendário competitivo já de si apertado e sem grandes folgas.
Creio que não é tão difícil como isso encontrar um modelo, senão óptimo, pelo menos melhor que o deste ano, até porque, quando as coisas parecem difíceis, o caminho é normalmente inventar o menos possível.
Porque não, por exemplo, seguir à risca o modelo da Champions League, competição de grande sucesso, e em cujo formato Hermínio Loureiro dizia inspirar-se quando pensou a nova prova do calendário português ? Nada mais simples: Uma fase de oito grupos em duas voltas, 16 equipas apuradas, oitavos, quartos e meias-finais a duas mãos, e por fim a grande final.
Poderá à primeira vista pensar-se que o calendário civil não permite tamanha ambição (13 jogos para os finalistas), mas é tudo uma questão de arranjo. Aproveitando a pré-época e o mês de Janeiro, partindo a Liga em duas, é até possível manter umas férias natalícias de 14 dias, e levar a bom porto todas as provas. Seria também necessário que a Taça de Portugal voltasse ao antigo formato - com meias-finais a uma só mão, e equipas da primeira divisão a disputarem apenas quatro eliminatórias até à final -, isto para que, de Setembro a Maio, apenas o mês de Janeiro tivesse jogos nacionais a meio da semana.
Este modelo tinha também a virtude de fazer coincidir a reabertura de mercado de Janeiro com uma pausa entre a primeira e a segunda volta do campeonato. As taças nessa altura disputados teriam honras mediáticas maiores, e permitiriam, tal como na pré-época, integrar reforços e preparar a prova principal.
Vejamos então como ficaria o quadro das principais competições nacionais:

NOTA: As datas em itálico correspondem a quartas-feiras

13 Comments:

Anonymous sérgio_alj said...

Excelente proposta!

20.1.09  
Anonymous Anónimo said...

viva os ingleses se for preciso jogam todos os dias terra de malandros alias a terra ate e boa o povo e que deixa a desejar

20.1.09  
Anonymous Peter said...

Para mim era o modelo inglês 2as mãos e sempre a eliminar.

20.1.09  
Blogger angelodias said...

goal-average: golos marcados a dividir pelos golos sofridos. Quem deveria passar era o Belenenses. Bela taça esta. Não percas tanto tempo com coisas banais Lf. Para isso já temos a taça intercalar :)

20.1.09  
Anonymous Anónimo said...

Boa proposta, que tornaria o futebol nacional mais competitivo e menos complexo.
Cumprimentos e boa semana.

Ricardo S

20.1.09  
Blogger Aurélio Estorninho said...

Caro LF:

a SUA Proposta nem é má:

mas leia isto:

A hipótese de o Belenenses ocupar o lugar do Vitória de Guimarães nas meias-finais da Taça da Liga tem sido levantada nas últimas horas em alguns blogues ligados ao futebol e baseia-se numa interpretação diferente dos regulamentos desta competição.

De acordo com o ponto sete do anexo III (página 55), o critério de desempate é o seguinte: «Na 2.ª fase e 3.ª fase da Competição caso se venha a verificar um empate de pontuação entre os Clubes, o apuramento
para a fase seguinte é efectuado por aplicação dos seguintes critérios:
1.º Melhor goal average;
2.º Maior número de golos marcados;
3.º Média etária mais baixa dos jogadores utilizados durante a respectiva fase.»

Vitória e Belenenses terminaram com os mesmos pontos. Os de Guimarães com 3-2 em golos, os do Restelo com 2-1. Assim, o goal-average do Vitória seria 1,5, enquanto o do Belenenses seria 2,0. Ou seja, passaria a equipa de Jaime Pacheco e não a de Manuel Cajuda.

A Liga informou após a jornada de domingo que as equipas apuradas eram Benfica, Sporting, F.C. Porto e V. Guimarães. No entanto, à luz deste ponto do regulamento o Belenenses poderá acabar no lugar até agora atribuído aos vimaranenses. Esta é para já apenas uma hipótese, a ser esclarecida nas próximas horas.

No regulamento da Liga Sagres e da Liga Vitalis o critério de desempate é a diferença de golos, não o goal-average. De resto, esta expressão caiu em desuso nos regulamentos internacionais.

Maisfutebol tentou contactar a Liga, mas sem sucesso. O sorteio será esta terça-feira, pelas 12:30. Até lá a dúvida estará resolvida.



eles nem sabem quem são os clubes...

20.1.09  
Anonymous Pedro Monteiro said...

Lf,
Excelente proposta, mas a meu entender, a época de Natal deveria ser explorada, por muito que nos 1ºs anos a coisa não corresse muito bem. Cabe a Liga explorar como deverá vender o "produto".
Tudo o resto apenas colocaria pelo menos a meia final da taça em Março, para criar um pouco mais de interesse a prova.
Mas nunca o foclore que esta época em especial tem sido. Tem sido um campeonato estupido de tantas paragens absurdas que já teve.

20.1.09  
Blogger Aurélio Estorninho said...

mas esta proposta funciona bem para clubes como o benfas que são eliminados precocemente das competições europeias!
e o Porto? teria de abdicar da taça da liga?

20.1.09  
Anonymous Pedro Monteiro said...

Aurélio Estorninho disse...
mas esta proposta funciona bem para clubes como o benfas que são eliminados precocemente das competições europeias!
e o Porto? teria de abdicar da taça da liga?

20.1.09

....

Caro Aurélio, julgo que o seu clube não seria prejudicado em nada, pois durante o mês de Janeiro não existem competições Europeias, e conforme o LF escreveu era uma forma excelente de integrar possíveis novos reforços, ou até mesmo dar ritmo a jogadores menos utilizados, que numa fase decisiva da Liga podem ser importantes.
Julgo mesmo até que o modelo actual penaliza bem mais as principais equipas, pois devido a competições Europeias e Selecções, tem quebras de calendário parvas e algumas perfeitamente ridículas (mês de Dezembro), nas quais os jogadores, que têm salários bem acima da média Nacional, poderiam perfeitamente estar a competir.

20.1.09  
Blogger Aurélio Estorninho said...

sendo assim Pedro, acho que iria trazer muitas mais valias para o futebol Portugues.
mas lembrem-se que dezembro é mês de champions e decisivo.

20.1.09  
Anonymous Tiago said...

por mim era à taça uefa antiga.. duas mãos a eliminar

alias o sacana do platini quer transformar isto tudo

tenho saudades desse futebol antigo.. duas mãos, a pressão dos golos sofridos em casa e a ambição de os marcar fora..

20.1.09  
Anonymous Pedro Monteiro said...

Aurélio Estorninho disse...
sendo assim Pedro, acho que iria trazer muitas mais valias para o futebol Portugues.
mas lembrem-se que dezembro é mês de champions e decisivo.

20.1.09

...
Quando me refiro a Dezembro, falo concretamente da paragem absurda durante o Natal e o Ano Novo, onde na grande maioria dos anos poderiam ser realizados 3 jornadas,ou até 4 (estilo Inglês), que deveriam ser rentabilizadas para a Taça da Liga e de Portugal.
Daria para o restante campeonato a continuidade necessária, repare este ano, não me recordo se já conseguimos ter 4 jornadas seguidas de Liga sem interrupções, por isto ou por aquilo, e isso sim deveria ser rectificado.

21.1.09  
Anonymous Anónimo said...

Acho é que se está a esquecer a pré-eliminatória da champions. Mas fora isso, até acho boa ideia. Até porque acho que o maior benefício disso, seria o facto de já nao ser sinal de desmotivação para os jogadores jogarem nas taças, pois jogariam tanto os titulares como os suplentes, dando uma hipótese de rodar toda a gente

21.1.09  

Enviar um comentário

<< Home