20/11/07

CUMPRIR UMA FORMALIDADE OU ESCREVER HISTÓRIA

Se Portugal se classificar para o Euro 2008, fá-lo-á pela quarta vez em todo o seu historial (para o Euro 2004 classificou-se de forma automática). Quer isto dizer que, em onze fases de qualificação disputadas, Portugal apenas foi bem sucedido em três, e em todas elas apenas alcançou o objectivo na última jornada, tendo, curiosamente, sempre a antiga Luz como palco. Em 1983 derrotando a União Soviética por 1-0, em 1995 vencendo a Irlanda por 3-0, e em 1999 triunfando sobre a Hungria também por 3-0.
Tudo isto vale por dizer que, caso amanhã consiga selar o apuramento, estar-se-á a escrever história, e não a cumprir uma mera formalidade como alguns parecem fazer crer. E não adianta falar de Cristiano Ronaldo, Simão ou Quaresma, pois o próprio Eusebio nunca jogou uma só fase final de um Europeu.
A história serve precisamente para estabelecer hierarquias: relativizar algumas coisas, dando o devido valor a outras. Quem tenha a memória curta, ou seja simplesmente mais jovem, terá tendência a entender como uma fatalidade a selecção nacional estar presente em todas as provas internacionais, e como uma imperiosa obrigação estar na fase final do próximo verão. Quem, como eu, se lembra de inúmeras qualificações frustradas, sabe que as coisas não são assim tão simples.
Ontem, num programa televisivo, um inquérito dava conta de um enorme grau de insatisfação face à carreira da selecção nacional. Fiquei pasmado. Bem à portuguesa, e ao nosso tradicional "oito ou oitentismo", por não esmagarmos a Arménia, já somos os piores do mundo, mesmo estando à beira de um - é importante realça-lo - feito histórico.
Por mim, digo-o com franqueza, um empate no jogo do Dragão deixar-me-á extremamente feliz.
Depois, em Junho, se verá realmente até que ponto teremos condições para sonhar mais alto ou não.

4 Comments:

Anonymous Indelicado said...

O problema das tuas conclusões é que carecem de explicações, senão vejamos:
Nos primeiros Europeus só 4 equipas eram apuradas, logo era ´maís complicado ir a uma fase final de um Europeu do que a um Mundial...
Depois passaram a ir 8 equipes, ou seja se este critério se mantivesse Portugal teria falhado as fases finais de 2000 e 2008...
Finalmente passaram a ir 18 equipes e Portugal tem marcado presença em 96, 2000 e 2008.
É preciso cuidado com esse endeusamento, se este critério vigorasse antes, provavelmente, Portugal teria ido a mais Europeus e assim o eusébio teria brilhado ainda mais....
Apresentar como um feito histórico os apuramentos recentes é....complicado.

22.11.07  
Blogger LF said...

Podemos sempre relativizar tudo.
Por exemplo, seguindo o mesmo raciocinio, o 3ª lugar de 1966, num mundial com apenas 16 países, e onde se passava directamente do grupo para os quartos-de-final, também teria muito menos valor que o 4º obtido na Alemanha.
Se compararmos o Europeu de França em 1984, onde com uma só vitória chegámos à meias finais, com o Euro 2004, também haveria que ponderar tudo.
Enfim, vale para os dois lados.
Sobram os factos, os números, os títulos e as presenças. Só isso é verdadeiramente objectivo, e só isso escreve verdadeiramente a história.
Ganhar uma guerra na idade média também seria diferente...

22.11.07  
Anonymous indelicado said...

É verdade que tudo é relativizável, agora parece-me relativamente certo que se o Euro tivesse tido sempre 16 qualificados a selecção teria ido lá mais vezes.
Quanto ao resto há aí uma confusão entre valor e dificuldade, ou seja:
Um terdceiro lugar vale mais do que um quarto, e vale sempre, agora se o 4.º de 2006 foi mais difícil que o de 66, isso pode discutir-se. eu acho que não, até porque apesar de ter tido menos jogos, Portugal em 66 teve mais vitórias - 5 - do que em 2006 - 3.
Por outro lado e sobre o euro 2004, já que estamos nesta onda, foi o europeu em que Portugal teve mais derrotas, em 84 perdemos um jogo, em 96 idem, em 2000 nenhum nos 90 minutos.
São factos, números e....falta de titulos.

23.11.07  
Blogger carol estrelinha*-* said...

apagar 18:08 (1 hora atrás)
Fatima:
Posso desaparecer:
*por um minuto...
*por uma hora...
*por um dia...
*por um mês...

Mas estarei sempre por perto!!!
*Posso até não te dizer:
*bom-dia...
*boa-tarde...
*boa-noite...

Mas não direi ADEUS!!!

Sabes porquê???

Porque os verdadeiros amigos nunca se esquecem...



Manda a todos os teus amigos (as)...

P.S.Não te esqueças de nenhum porque eu também não me esqueci de ti!!!
Só os teus verdadeiros amigos te devolverão esta mensagem!
Responder

8.9.08  

Enviar um comentário

<< Home