17/10/07

VEDETA DO JOGO

MAKUKULA: Desde os sub-21 que sempre apostei nele como uma das grandes esperanças para um dia preencher uma posição no ataque nacional. A apurado sentido de oportunidade e capacidade de remate, juntava uma compleição atlética fora do comum nos jogadores portugueses, e mesmo em todo o futebol latino. Infelizmente, as lesões condicionaram o desenvolvimento da sua carreira, acabando por não ser feliz no Sevilla. Volta agora pela mão de Scolari (e do Marítimo) ao protagonismo, e deixa desde já a sua marca nesta campanha de apuramento, com um golo cuja importância só o futuro próximo permitirá aquilatar. Em boa hora apareceu.