31/10/07

JUVENTUDE RUMO AO FUTURO

As últimas jornadas não têm corrido de feição ao Juventude de Évora na 2ª divisão, mas nem por isso o clube deixa de construir o seu futuro. Está em marcha o projecto de construção do novo estádio, que poderá representar a alavanca necessária para uma nova fase na sua vida, que se espera de sucesso.
Em breve, conto poder voltar a dar aqui o merecido destaque a esta minha outra paixão futebolística.

4 Comments:

Anonymous catn said...

LF

Será necessario, o Juventude contrair um emprestimo bancario de elevado valor, ( este emprestimo terá de ser pago ) para construir um estádio

O Juventude não aprendeu nada com a situação do Lusitano

O Juventude, tem necessidade de um estádio novo, para receber 1000 adeptos por mês

Na minha opinião, o Juventude necessita de um centro de estágios, nos arredores da cidade, com qualidade para a sua formação e para a sua equipa senior

Este Presidente ( Amadeu Martinho ) sempre teve ideias geniais e depois que venham outros pagar as suas loucuras

O Juventude e o Lusitano, deveriam pressionar a Câmara M. de Évora para construir um Estádio Municipal, como aliás, foi prometido pelo Presidente da Câmara e deixarem-se de grandezas estupidas e despropositadas

Então o Juventude, que tem grandes dificuldades em pagar os salarios dos seus jogadores e equipa técnica, que pouco dinheiro tem para a sua formação e outras modalidades do clube, vai construir um estádio novo

LF, o seu post seguinte, fala das dificuldades dos clubes, o Juventude ou o seu Presidente vive noutro mundo, não há dificuldades para ele, alguem vai pagar de certeza, só espero, que apareça alguem, ouve tempos, não muito longe, que foi uma grande dificuldade em arranjar um Presidente e o Juventude navegou em águas muito agitadas, o naufrágio esteve por pouco

Eu não estou de acordo, com este Estádio novo, penso que o Juventude necessita de novas estruturas para os seus jovens atletas e não de um novo estadio para mostrar a sua grandeza, mas com pés de barro

LF, espero estar enganado, mas conheço o Juventude e os Juventudistas bem demais, para estar enganado, isto é o "lobies" da betão, tal como aconteceu ao Lusitano, promessas e mais promessas, no fim nada, e o clube que se vire

31.10.07  
Blogger LF said...

Caro Catn,
Lamento mas não estou de acordo consigo.
O estádio novo não é uma despesa, mas sim um investimento.
Ao construir o estádio, o Juventude vai seguramente libertar uma importante parcela dos seus terrenos para construção, e se souber negociar, vai conseguir importantes mais valias no deve e haver da venda desses terrenos com os custos da construção do novo recinto.
Além do mais pode aproveitar para criar, através de espaços comerciais e de lazer, fontes de receita que permitam viabilizar o clube no futuro.
É isso que grande parte dos clubes que dispõem de terrenos nos centros das cidades (e a zona do Juventude, apesar de fora das muralhas, actualmente já pode ser considerada centro) tem estado, ou está a tentar fazer. É mesmo a última salvação para muitos deles. Dou-lhe dois exemplos que conheço bem: V.Setúbal e Barreirense.

Penso pois ser uma aposta adequada, e só espero que mereça o apoio devido dos poderes municipais, nomeadamente quanto às necessárias autorizações de construção numa zona que no PDM anterior estaria seguramente considerada como exclusivamente desportiva.

Quanto aos adeptos, quem sabe até se com um estádio novo, e mais confortável (e o projecto é bastante bonito), não aparecerá mais gente.

31.10.07  
Anonymous catn said...

LF

O futuro estádio, irá ser construido nos terrenos do estadio actual, portanto ocupando a totalidade dos terrenos do Juventude

Outro problema, são os campos de treino, com a construção do novo estádio, serão destruidos, agora pergunto eu, onde vão treinar os jovens jogadores do Juventude, onde irá treinar o plantel senior quando chover, o que irá ser feito dos 2 pavilhões, será que os vão destruir também e o Juventude será só futebol

Eu já tinha lido a noticia do novo estádio, no blog do Juventude e neste blog houve um comentário que fala num espaço fora da cidade para as camadas jovens do Juventude

Eu acho, que esta situação não vai passar do papel, é necessario muito dinheiro para estas novas infrastruturas

O LF fala do V. Setúbal e no Barreirense, mas tem de perceber que as cidades são diferentes, a população é muito diferente, o V. de Setúbal é o unico clube da cidade, ou pelo menos o mais importante, o mesmo acontece com o Barreirense, na cidade de Évora, há o Lusitano e as verbas têm de ser repartidas

Depois, temos o aspécto politico, não interessa á C.M.É. financiar grande parte deste projecto e deixar o Lusitano com um mar de dividas, com um campo a vários kilometros da cidade, o que no inicio parecia o "el dourado" e que iria resolver todos os problemas do Lusitano, deu em ter estado muito perto de entregar as chaves do clube á Governadora Civil, e uma situação destas, são menos votos nas eleições, o que não pode ser

Temos de entender, que de inicio é tudo muito bonito, depois lógo se vê

Em Évora só há uma hipotesse, para o desporto, é a C.M.É. construir um complexo desportivo, com estádio com pista de atletismo e campos de treino, os clubes da cidade, venderem os seus terrenos e construir centros de estágios e jogarem no Estádio Municipal

É a minha opinião, enquanto o projecto não passar á discussão publica e perceber como será todo o financiamento, o que pensam os sócios do Juventude, para a formação e para as restantes modalidades do clube

31.10.07  
Blogger LF said...

Essa hipótese do complexo desportivo para os dois seria o ideal.
Mas uma vez que não avançou na altura devida (estágio da selecção), agora parece-me tarde.

6.11.07  

Enviar um comentário

<< Home