03/04/07

CULPADOS, ELES ?

No meio da absurda troca de acusações entre Benfica e PSP, onde estão os verdadeiros culpados dos incidentes da Luz ?
Para quando banir este grupo de criminosos e delinquentes, que até ao seu próprio clube arranjam problemas, dos estádios de todo o país ?
É que até parece que foram a direcção da SAD benfiquista ou os agentes da PSP no local que atacaram cobarde e criminosamente adeptos que pacificamente assistiam a um espectáculo desportivo. Só falta acusar também as pessoas que, "irresponsavelmente" se foram sentar naquelas bancadas....
A propósito das actividades deste bando, espanta-me também como é que o ministério público ainda não deu qualquer atenção ao livro publicado pelo seu lider, onde é manifestamente confessada a prática de vários crimes por todo o país e estrangeiro.

6 Comments:

Anonymous Brytto said...

Está mais que na hora de colocar na ordem estes grupos de arruaceiros, a que chamamos claques. Não se percebe este clima de impunidade que esta gente goza nos estádios de futebol, esta realidade, infelizmente não é só portuguesa, vide o que aconteceu na Grécia... em Itália, etc. Ou então o melhor é acabar definitivamente com estes grupos, apesar de eu em tese não ser favorável a esta medida, no entanto, urge estudar verdadeiras medidas, que em pleno sec. XXI com os meios audiovisuais existentes,não me parecem de dificil aplicação, que identifiquem os criminosos e os punam exemplarmente. Veja-se o caso inglês, em que os adeptos que invadiram o campo no jogo do tottenam x Chelsea e que foram banidos dos estádios para sempre, não há dúvida que pode ser um bom exemplo...
Em relação à problemática, é evidente que é ridicula. Partir do principio que esta gente é inimputável, é abrir a porta para a sua desculpabilização, o que não deixa de ser extremamente garve...É claro, ontem foram os SD, amnhã serão outros, aqui não pode haver clubite tipo "os nossos são melhores que os vossos", são todos muito dignos uns dos outros...

3.4.07  
Blogger LF said...

Não pode haver clubite, mas há claques e claques.
Claques como os Diabos Vermelhos, o Colectivo ou a Torcida Verde, nada têm que ver com os No Name ou os Super Dragões.

Mesmo entre estes grupos mais radicais temos de dizer que nos últimos 10 anos não há registo de qualquer incidente grave com qualquer outra claque que não sejam os Super Dragões.

Portanto, mesmo deixando a clubite de lado, não podemos ser cegos e meter tudo no mesmo saco.

Já assisti a muitos jogos do Benfica entre os Diabos Vermelhos, e a alguns entre os No Name (um deles em Alvalade).
Já estive por diversas vezes na sede de uns e outros, inclusivamente aquando do lançamento do VEDETA DA BOLA.

Ainda no último Setúbal-Sporting, assisti ao jogo ao lado da Juve Leo (já estive na sede deles também)
Até já me imiscui uma vez entre os Super Dragões, no estádio do Restelo, de modo a conhecer um melhor o fenómeno, o qual aliás cheguei a pensar utilizar como tese de mestrado, antes de me decidir por outro tema.

Sei do que estou a falar.

3.4.07  
Anonymous catn said...

Brytto e LF

A SAD do Benfica, não esteve bem neste aspecto, pois seria de esperar uma situação destas, porque como era conhecido de todos, esta claque é muito problemática e é formada na sua maioria por bandidos e delinquentes, que só estão na claque para poderem fazer mal

A SAD do Benfica, pôs em perigo os adeptos do proprio Benfica, pois já sabia que estes bandidos iriam arremesar, tudo o que fosse possivel para cima dos nossos adeptos, não é necessario ser-se muito esperto para perceber isto

O lugar das claques adversárias é atrás das balizas, no piso O, onde pouco podem fazer senão arremesar cadeiras ou garrafas para o relvado

Na minha opinião a SAD do Benfica foi responsável por esta situação, embora não retirando a culpa da claque, pois foram eles os que praticaram os actos, mas o benfica deveria percaver estas situações, pois conhecia muito bem esta claque de BANDIDOS, que são os Super Dragões

4.4.07  
Blogger LF said...

Sem dúvida Catn,

Logo na crónica do jogo referi isso.
Aliás, logo no estádio estranhei a colocação dos SD, e temi que pudesse haver problemas do género dos que houve, felizmente sem as dramáticas consequências que poderiam ter ocorrido.

A Polícia também tem muitas culpas, e quem esteve na Luz sabe que passaram toda a primeira parte numa passividade incrível perante o que estava a acontecer, quando os riscos eram mais que óbvios e estavam à vista de todos, mesmo os que, como eu, tinham a felicidade de estar longe do local.

A sub comissária que tem aparecido na televisão já eu vi uma vez prender uma pessoa no Pavilhão da Luz, num jogo de Hóquei em Patins, apenas por ter um cartaz com umas palavras pouco simpáticas para Pinto da Costa, perante a indignação e o espanto generalizado.

Aliás o Hóquei em Patins é um bom ponto de referência face ao que se tem passado.
Na Luz, se alguém se aproximar do banco do F.C.Porto para mandar umas bocas, é logo severamente impedido pelas forças de "segurança". No pavilhão de Fânzeres, onde o Porto jogo e os Super Dragões enchem normalmente uma das bancadas, até já chegou a cair um petardo em cima de um jogador do Benfica (Pedro Afonso, que esteve meses afastado da competição por causa disso), sem que tenha havido qualquer reacção da polícia, nem depois da Federação.

As forças policiais do Porto têm medo dos Super Dragões e de Pinto da Costa. Não actuam contra os da casa deixando-os construir um clima intimidatório.
Veja-se também o que aconteceu na Avenida dos Aliados quando o Benfica foi campeão e os seus adeptos agredidos sem que a polícia praticamente os tivesse protegido.


Dou outro exemplo de como as forças de segurança funcionam mal.
Uma vez levei o meu filho, então com 4 anos, a um Benfica-Marítimo. Foram ao estádio nesse dia umas 20/25 mil pessoas. Levava um iogurte liquido para ele beber no intervalo. Á entrada, obrigaram-me a abrir o iogurte, e tive de lho dar de imediato a beber para não o deitar todo fora. Ridículo.
O mais escandaloso é que neste Benfica-F.C.Porto (assim como em alguns dos jogos da Champions por exemplo) ninguém me revistou minimamente.
São incompreensíveis estes critérios.

Mas o que ficou marcadamente em questão neste lamentável episódio é que a impunidade dos Super Dragões tem de acabar.
Se o Ministério Público averiguar o modo como é possível os seus lideres conduzirem vistosos Porsches sem lhes ser conhecida qualquer profissão, terá muito que apurar, e talvez se acabe de vez com este cancro.

4.4.07  
Anonymous catn said...

LF

Eete é o espelho do nosso país, os que fazem mal são libertados ou nem são presos

Em relação á Policia, julgo que deviam ter feito mais, pois a claque deveria ter sido revistada, não pelos Stuarts, mas pela Policia

Recordo-me de um jogo que fui ver ao antigo Estádio da Luz, acho que foi um Benfica-Juventus, onde os adeptos da Juve, que estavam no 2º anel atrás da baliza, começaram a deitar garrafas e outras coisas sobre os adeptos do Benfica, a policia não esteve com meias medidas, evacuou todo o sector onde estavam os adeptos da Juve e a situação ficou resolvida, deveriam ter feito o mesmo com os SD

Mas continuo a pensar que a SAD do Benfica deveria ter pensado nos problemas, que poderiam advir depois da colocação desta claque num piso 3, eles como a policia estão a ser pagos para pervenir estes actos de violência e não fizeram o seu papel, julgo que o LFV não deveria tirar a água do capote, pois também tiveram muita culpa

4.4.07  
Anonymous LF said...

Concordo.
Uma claque rival num piso superior não lembra ao diabo.
Logo que entrei no estádio fiquei surpreendido com a situação e pensei que pudesse dar mau resultado.

Os adeptos adversários devem estar rente à relva, com um espaço de segurança assegurado pela polícia de ambos os lados e por cima.
Mas o melhor mesmo era nem terem bilhetes...

5.4.07  

Enviar um comentário

<< Home