25/04/06

A LUTA CONTINUA

Se no aproveitar é que está o ganho, bem se pode dizer que os dois rivais da segunda circular deram neste domingo mostras de como desaproveitar ao máximo.
O Benfica deixou fugir uma vitória importante no último minuto de um desafio que tinha completamente controlado, perante um adversário para quem perder ou empatar era rigorosamente a mesma coisa, e que dava mostras de estar absolutamente acomodado ao resultado. Quase de seguida, o Sporting, não querendo ficar atrás, perdeu soberana ocasião de resolver em definitivo a questão do segundo lugar, cedendo um empate em casa perante o modesto Naval, e completando um negro período de quase trezentos minutos sem marcar qualquer golo (Liedson, desde que renovou o contrato, apenas marcou dois golos em doze jogos).
Quase se poderia dizer que, com tanta cerimónia, a maior justiça seria se nenhum deles se qualificasse directamente para a Liga dos Campeões.
O Benfica jogou mal. Na primeira parte jogou mesmo muito mal. Com o golo obtido logo a abrir o segundo tempo, num momento em que não o havia justificado, conseguiu algum ascendente, acabando por chegar aos minutos finais com absoluto controlo da bola e do jogo, mais por inércia do adversário que por méritos próprios. Num pontapé de canto, mesmo ao cair do pano, deitou tudo a perder, sofrendo um golo que ainda pode vir a custar bem caro.
Só Miccoli, Moretto e Beto não mereciam o empate, mas segundo Koeman, a culpa desta vez terá sido do pobre do Manduca, que falhou um cabeceamento à boca da baliza num momento em podia fazer o 0-2. Já estamos habituados. Todos são sempre culpados, ora Quim, ora Mantorras, ora Luisão, ora o árbitro, ora a chuva. Todos menos um: ele próprio, o sobranceiro técnico holandês.
Na recolha de opinião promovida pelo VEDETA aqui mesmo ao lado, no momento em que escrevo estas linhas, dá-se um absoluto empate entre os que desejam a continuidade de Koeman no Benfica, e aqueles que o querem ver rapidamente pelas costas. Seria curioso averiguar quais as cores clubistas dos participantes que optaram por uma e outra hipótese...
Se no Benfica os culpados dos pontos perdidos vão variando de conferência de imprensa para conferência de imprensa, já em Alvalade nunca ninguém tem dúvidas. A culpa é sempre do árbitro.
Chega a ser incrível a forma como, mais do que os próprios adeptos (nisso todos são iguais), os dirigentes e técnicos do Sporting pressionam e procuram condicionar a arbitragem, fabricando “escândalos” quase todas as semanas, ou pelo menos naquelas em que não ganham. Já não é desta época, e a verdade é que, olhando a nossa classificação “real”, parecem dar-se bem com a estratégia.
Em Alvalade houve alguns lances polémicos, e terá ficado por assinalar uma grande penalidade contra a Naval em lance no qual Fernando ajeitou a bola com a mão. Não é um lance claro, pelo menos não tão claro como aquele em que Léo foi derrubado na área da mesma equipa, a oito minutos do final de um jogo disputado há semanas atrás na Luz e que também terminou a zero. Quem ouvir apenas as declarações do final do jogo não ficará seguramente com essa ideia.
Mas seja como for, a verdade é que esta luta vai continuar a animar o campeonato até final. O Sporting continua a ser favorito, pois até pode perder mais dois pontos. Mas neste momento o calendário passou a favorecer o Benfica, que nesta jornada tinha o jogo teoricamente mais difícil, enquanto o Sporting ao invés teria o mais fácil enfrentamento das três jornadas que faltavam. O Rio Ave-Sporting da próxima semana será crucial para esta disputa.
É curioso observar que o Sporting perde pontos devido ao excesso de ansiedade, enquanto o Benfica os desperdiça dada a confrangedora indolência que parece atingir todo o plantel desde o jogo de Nou Camp. Venha um cházinho de camomila para os leões, e um bom café em dose dupla para os encarnados...

9 Comments:

Blogger cj said...

o sporting costuma jogar melhor em jogos mais difíceis.
a propósito da votação: eu sou do sporting e votei na continuidade do koeman ;)

25.4.06  
Anonymous LF said...

Pois.........

26.4.06  
Anonymous Pedro said...

Qual o tamanho das palas que usa?

26.4.06  
Anonymous Pedro said...

"Chega a ser incrível a forma como"... o seu clube é levado ao colo sistematicamente, e alguns como o Sr. tentam mandar areia aos olhos dos outros, e tapar o sol com a peneira...

A sua classificacao "ideal" é estrondosa... É do melhor que há pra rir...

26.4.06  
Anonymous LF said...

Caro Pedro. Cada um tem a sua opinião.
A minha é a que está expressa na classificação. Todos os leitores podem semanalmente fazer a sua, e colocá-la em resposta precisamente neste espaço.
Continuo a achar que nada de muito escandaloso se passou em Alvalade pois os erros, se os houve, foram naturais e em lances tremendamente duvidosos mesmo depois de ver várias repetições na tv.
Continuo também a achar que, esta época, o Sporting tem sido dos três grandes o mais bafejado pela sorte dos erros de arbitragem, o que torna inaceitável e ridículo todo o ruído que se ouve constantemente a partir de Alvalade.
Alguma vez se ouviu Co Adriaanse a falar dos árbitros ?
E Koeman (de quem sou crítico como se pode perceber) ? Quantas vezes falou ? duas ? três ?
Porque é que Paulo Bento fala todas as semanas, e num tom tão exagerado, como se quem está a ouvir fosse estúpido ou não tivesse qualquer memória da totalidade da liga ?
Na minha opinião, é por ele saber que em Portugal os árbitros são sensíveis a este tipo de pressão, através da comunicação social, e que pode beneficiar em termos pontuais com isso, fazendo-o estratégicamente.
Por outro lado, começa a ser parte integrante da cultura do Sportinguismo, falar constantemente de arbitragens, desde o tempo do célebre luto, até à teoria do colo etc.
Talvez por um maior facciosismo dos seus adeptos (Miguel Sousa Tavares, dizia na passada semana que Alvalade é o pior sítio para assistir a um jogo de futebol por causa disso mesmo), que só conseguem ver alguns erros (sobretudo os que favorecem o seu figadal "inimigo" do lado oposto da rua) e nunca aqueles de que beneficiam; ou talvez por mera mania de perseguição.
O que é certo é que muitas vezes isso tem afastado os sportinguistas de uma auto-reflexão que fosse capaz de entender porque razão não ganham qualquer competição há 4 anos, e porque estão já no segundo maior jejum de toda a sua centenária história.

26.4.06  
Anonymous Pedro said...

Lindo, caricato mesmo.
Os seus textos, caro LF são dignos de um (ou mais) episódios do Gato Fedorento.

Esta análise, vinde de quem é adepto de uma equipa que ganha 4 jogos consecutivos a ROUBAR DESCARADAMENTE é no mínimo hilariante.

Quanto ao seu comentário do nosso jejum dos 4 anos... RIDICULO uma vez mais. Se não compram o titulo do ano passado em quantos anos iria o vosso jejum?

Mas tb há que dar mérito... apesar de comprado, tb vos sai do bolso.

27.4.06  
Anonymous LF said...

Já agora convém recordar que além do título 2004-2005, o Benfica ganhou a taça de 2003-2004 e a supertaça de 2005-2006, além de uma brilhante presença europeia na Liga dos Campeões (o que valha a verdade, também o seu clube conseguiu na Uefa).

27.4.06  
Anonymous Pedro said...

Sim, e não nos esquecamos como QUASE ganharam a taça do ano passado tb... Com 3 (TRES) penaltys do B Paixao para passarem a Oliveirense, e o belo jogo da luz para passarem o Sporting.

Foi tb uma bela prestação, tenho q admitir

27.4.06  
Anonymous LF said...

A taça do ano passado foi ganha pelo V.Setúbal.

2.5.06  

Enviar um comentário

<< Home